Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.

Renan Araujo Moulin , 52º - Auditor Fiscal da Receita Estadual - Auditoria e Fiscalização (SEF-SC 2018)

Já conhece a história de sucesso de Renan Araujo Moulin ? Veja mais depoimentos de alunos do TEC!

Eu me chamo Renan Araujo Moulin, sou formado pela Escola Naval em Ciências Navais com Habilitação em Eletrônica e atualmente tenho 28 anos. Como aprovações relevantes cito o ICMS-SC (52ª colocação entre as 60 vagas) e ICMS-GO (37ª colocação, tendo o concurso 27 vagas imediatas). Tendo ingressado na Marinha em 2008 com meus 15 anos, ao me formar na Escola Naval e passar a fazer parte do quadro de Oficiais do Corpo de Fuzileiros Navais, já no meu primeiro ano de oficial decidi estudar para a área fiscal; o principal motivo para isso foi ter tido contato com oficiais das mais diversas antiguidades e ter percebido que a vida que eu levaria conforme fosse ficando mais antigo não era o que eu queria para meu futuro e de minha família. Sendo assim, em outubro de 2016, tomei a decisão mais acertada de minha vida e comecei a minha preparação para concursos públicos.

Estudei durante aproximadamente dois anos e dois meses, sendo que as horas líquidas estudadas variavam muito conforme a fase em que eu me encontrava nos meus estudos. Em pré-edital estudava em torno de 3 a 5 horas líquidas por dia, enquanto em pós-edital estudava até onde a mente e o corpo aguentavam, chegando a algo em torno de 8 horas por dia, talvez um pouco mais.

A resolução de questões em meus estudos teve sempre uma importância que crescia exponencialmente conforme fosse avançando em meus estudos, pois, a princípio, o foco maior era na leitura dos materiais para construir uma base sólida e resolução de poucas questões; posteriormente, cresceu de importância a resolução de questões e leitura de resumos quando essa base já estava formada; e, finalmente, chegou ao ápice de relevância quando me encontrava em fase de pós-edital, com a resolução de questões tomando grande parte do meu tempo de estudos, sendo o foco voltado para a banca escolhida e matérias específicas do concurso escolhido. O Tec em muito me ajudou ao ter um excelente banco de questões, com filtros que auxiliavam bastante na hora de organizar o caderno e com a opção de salvar questões favoritas em cadernos separados, questões essas essenciais para rápidas revisões em pontos nebulosos da matéria nos dias anteriores ao concurso. 

O único conselho que sempre dou é: se começou a estudar, só pare quando for aprovado. Não caia na armadilha de dar um tempo para descansar, que não aguenta mais, etc. Dê um jeito. 

Claro que na nossa vida muitas coisas fogem do nosso controle, por isso controle o que é controlável: seu estudo. Aconteça o que acontecer, sua cadeira e sua mesa de estudos lá estarão para você buscar um futuro melhor.
 
Dificuldades todo mundo tem, uns mais do que os outros, mas isso não pode atrapalhar a sua luta diária pelo que você almeja: sua aprovação. Com certeza existem pessoas com a vida mais fácil que a sua que não passaram e pessoas com mais dificuldades do que você que passaram, então por que você também não pode passar? 

Seria uma grande mentira da minha parte dizer que foi fácil, porque definitivamente não foi! Vai ser difícil, muita gente não vai entender o motivo de estar fazendo isso, alguns familiares vão dizer que estão preocupados com a sua saúde por estar estudando muito, você pode ter alguns problemas relacionados a estresse, vai ser cansativo, entre outras coisas mais! Mas digo que não precisa nem ser aprovado para já estar valendo a pena: só de ver o desempenho nas questões aumentando gradativamente já dá uma grande sensação de conquista e orgulho, e nos faz ter o sentimento de estar chegando cada vez mais próximos! Comemorem essas pequenas vitórias sempre e nunca percam de vista o objetivo final que é a aprovação! Tenham a certeza de que tudo vai valer a pena, basta a firmeza e constância nos estudos e só pensar em parar de estudar quando seu nome já estiver no Diário Oficial! 

Bons estudos a todos!

Deixe seu comentário: