Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.

Marcele Pereira Dias, 2ª - Auditor de Finanças e Controle de Arrecadação da Fazenda Estadual (SEFAZ AL)

Já conhece a história de sucesso de Marcele Pereira Dias? Veja mais depoimentos de alunos do TEC!

1) Quais são as suas aprovações (cargos e colocação)?

Auditor de Finanças e Controle de Arrecadação da Fazenda Estadual (SEFAZ AL)/2020 em 2º lugar (AC)
Auditor Fiscal de Tributos - ISS Campo Grande/2019 em 43º lugar
Auditor Fiscal de Tributos - ISS Porto Alegre/2019 em 24º lugar
Auditor Fiscal de Tributos - SEFAZ/RS em 75º lugar 
 
2) Qual sua formação e por que decidiu estudar para concursos? Fique à vontade para nos falar de sua história.
 
A minha formação é Engenharia Química (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Quando me formei, fiquei na dúvida entre estudar para concurso na área da minha formação, engenharia química, ou estudar para a área fiscal.A escolha pela área fiscal foi resultado de um plano conjunto com meu marido, quem sempre me apoiou e me orientou nesse processo, além do apoio fundamental da minha mãe e da minha irmã. Nós namorávamos à distância (eu morava no Rio de Janeiro e ele no Mato Grosso do Sul). Estudar apenas para concursos na área de engenharia limitaria bastante a nossa chance de trabalhar no mesmo lugar.  Assim, como tentativa de solucionar a questão geográfica dos trabalhos, decidimos estudar, os dois, para a área fiscal. Isso foi o mais relevante quando tive de definir o foco do meu estudo. 
 
3) Há quanto tempo estuda para concursos? Quantas horas por dia você estudava?
 
Estudo para concursos desde outubro de 2017. Minha meta era estudar 6h líquidas diariamente. Às vezes, em situações de pós-edital, conseguia estudar além, mas não era um cenário frequente. 
 
4) Qual a importância da resolução de questões na sua preparação? Como o Tec te ajudou nessa tarefa?
 
A resolução de questões foi extremamente importante para minha aprovação. As questões permitem a verificação do perfil das bancas, assim como a constatação dos assuntos mais cobrados. O TEC me proporcionou um banco de questões enorme para a área fiscal de modo organizado e completo. O TEC trouxe a confiança no conteúdo que eu estava estudando, assim como na administração do tempo para a resolução.
 
5) Recado aos demais concurseiros e considerações finais.  
 
Nessa caminhada, o mais difícil é acreditar que estamos no caminho certo. Antes dessa aprovação, tive reprovações. O apoio da família e dos amigos  é muito importante. O estudo é uma atividade solitária e não ter sucesso logo no começo, por vezes, é desanimador. Para quem está iniciando os estudos, a dica que eu dou é a seguinte: persista! A animação inicial passa, há muito conteúdo para aprender, reprovações virão, mas, certamente, a persistência permite que as dificuldades sejam ultrapassadas e que a aprovação desejada seja uma realidade próxima.

Deixe seu comentário: