Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.

Lucas Barroso Januário, 64º - Técnico de Fiscalização Agropecuária (ADAF)

Já conhece a história de sucesso de Lucas Barroso Januário? Veja mais depoimentos de alunos do TEC!

Eu fui aprovado na ADAF-AM, para o cargo de Técnico de Fiscalização Agropecuária, na posição 64°. Sou formado em Técnico em Agropecuária (nível médio) e Tecnólogo em Aquicultura (nível superior). Eu comecei a estudar para concurso no início de 2018, fiz a prova do TRT 11 Região, confesso que foi um desastre. Continuei fazendo concursos no Estado de Roraima, onde eu residia com meus pais, e não conseguia a tão sonhada aprovação. Por indicação de um administrador, ele me passou um materia de estudo e me apresentou um banco de questões, não era o TEC. Quando sobrou um dinheiro eu assinei por um mês o TEC e continuei a usá-lo. Resolver as questões de provas anteriores me levou a um outro patamar de estudos, meus índices de acertos melhoraram e ia sabendo onde estava errando mais. No final de 2018 abriu o concurso da ADAF-AM. Eu já estava esgotado de estudar, tinha feito 4 provas no ano, mas eu falei " vai ser meu último tiro do ano". Eu não tinha passagem para ir a Manaus, então, eu emprestei de uns amigos, eu tinha no bolso a passagem de ida a Manaus e de volta a Boa Vista-RR e R$120,00. Eu tenho muita fé, coloquei Deus na frente e fui fazer a melhor prova que podia. Em março de 2019 foi homologado a prova e estava entre os aprovados. Durante o período de homologação e posse, terminei o tecnólogo de 3 anos. Estou estudando para Técnico Judiciário. Sei que é dolorida a vida de concurseiro, passei por momentos difíceis, alguns momentos pensei em desistir, mas dormi e acordei, e continuei a caminhada. Quando você estiver empossado e entrado em exercício, você vai sentir um sensação de dever cumprido, saberá que não tem sensação melhor que essa. Não me arrependo do dinheiro que gastei em viajar, material para concurso, porque isso é investimento. Só de pensar que no final do mês você vai receber um salário bom, vai poder ajudar sua família, vai poder viajar nas férias, isso não têm preço. Um forte abraço, concurseiro.

Deixe seu comentário: