João José Austríaco Moraes, 2ª e 1ª - Técnico (TJ RO) e Agente Administrativo (DETRAN RO)

Já conhece a história de sucesso de João José Austríaco Moraes? Veja mais depoimentos de alunos do TEC!

Utilizei o tec para lograr êxito em dois concursos de nível médio. Passei em 1° lugar para Agente Administrativo do Detran-RO e em 2° para Técnico Judiciário do TJ-RO. O denominador comum nesses dois concursos foi o curto tempo de preparação e por isso resolvi adotar o método de doses cavalares de resoluções de exercícios.
 
Especificamente no concurso do TJ, estudei exatos 2 meses e 10 dias (427h líquidas). Durante esse período, fazia estágio das 07:30 às 13:30 e cursava faculdade à noite. Como meu tempo estava muito regrado e praticamente todas as específicas (Civil, Processo Civil, Penal e Processo Penal) nunca havia estudado, lia somente a lei seca e partia direto para as questões, somente da FGV. Dois foram os efeitos: completar as lacunas de disciplinas com as quais eu já havia tido contato e direcionar os meus estudos no campo daquelas que eram novidade para mim.  Dessa maneira, consegui mapear os padrões da banca examinadora.
 
Assumi o risco e abandonei alguns pontos específicos que julguei, baseado no histórico de questões, não serem relevantes e/ou que demandariam muito tempo para compreensão. Isso me implicou erros esperados na hora da prova.
 
Embora, hoje, o mercado esteja repleto de métodos de memorização, revisões, fichas, flash cards e etc, considero e reitero, assim como todos os outros aprovados que se valeram deste sistema de estudo, que o método mais eficaz para uma preparação sólida, a curto ou longo prazo, seja a resolução de questões comentadas.
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.