Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.

Caio Diniz Gouvea de Souza, 49º - Agente de Segurança Prisional - Sudeste - Caldas Novas (DGAP GO)

Já conhece a história de sucesso de Caio Diniz Gouvea de Souza? Veja mais depoimentos de alunos do TEC!

1) Quais são as suas aprovações ?
 
Passei no Agepen/GO em 49º lugar na minha regional (Caldas Novas). 
 
2) Qual sua formação e por que decidiu estudar para concursos? Fique à vontade para nos falar de sua história.
 
Sou Bacharel em Direito, formei em 2011, porém nunca atuei na área, pois sempre trabalhei na empresa com meus pais, no ramo de padarias. Em 2018, me casei e comecei a perceber que o que tirava ali não seria mais suficiente para ter uma vida confortável. Logo em 2019, quando então piorou ainda mais a situação na padaria, comecei a estudar para concursos, mais especificamente para área policial, pois havia saído o edital para escrivão e investigador aqui do meu estado, Espírito Santo. Daí trabalhava e nos meus tempos livres estudava, porém, claro que com pouca experiência e pouco tempo de estudos não teria chances de passar. Em Agosto de 2019, saí de uma vez por todas da padaria e comecei a só estudar. Na época já se falava muito na PCDF, e logo em setembro, saiu o edital do AGEPEN/GO, resolvi me dedicar exclusivamente para tal. Mesmo cometendo erros de principiante, consegui ficar nas vagas. Graças a Deus. Agora, continuo estudando para PCDF, e sigo com um objetivo de ser Delegado de Polícia futuramente.
 
3) Há quanto tempo estuda para concursos ? Quantas horas por dia você estudava ?
 
Comecei em janeiro de 2019 a estudar, na época estudava de maneira totalmente errada a meu ver hoje, porém fui aprendendo. Em agosto de 2019, comecei a conseguir estudar em torno de 7h a 8h líquidas/dia e com edital aberto aumentava um pouco mais. 
 
4) Qual a importância da resolução de questões na sua preparação ? Como o Tec te ajudou nessa tarefa ?
 
Conheci a plataforma do Tec Concursos através do Walter Rodrigues, hoje ele é PRF e dava e ainda dá várias dicas interessantes, no youtube, de como usar o Tec. Acredito que tenha sido fundamental para minha aprovação pois estudava e já conseguia enxergar como o que eu estava estudando iria cair na prova. Comecei a estudar as bancas, o que mais cobravam, etc. 
 
5) Recado aos demais concurseiros e considerações finais.
 
Recado que eu tenho e que eu também sigo é nunca desistir. Perdoar o nosso passado - o fato de não ter estudado e dedicado antes, e hoje com 34 anos, depois de "velho" não ter realizado nada ainda. Tirei disso, minha maior motivação. 

Hoje, estou aguardando a nomeação e principalmente sem perder o foco no meu objetivo final. 
 
Colocar Deus em primeiro lugar, ter fé e perseverança que a nossa hora ainda vai chegar. 
 
Boa sorte e sempre que puder ajudar dando dicas para aqueles que estão começando também acho super importante ! 

Deixe seu comentário: