Enunciados de questões e informações de concursos

Logotipo Pref Alumínio
Questão 1 de 1
Matéria: Português
Assunto:
Comentário do professor Conteúdo teórico Detalhes da questão
Comentário não acessível
Os comentários dos professores estão disponíveis apenas para assinantes. Para visualizá-lo, renove sua assinatura ou, caso seja assinante, faça seu login.
Para ver as informações da questão é necessário somente estar logado, não é preciso ser assinante. Faça o login ou cadastre-se aqui agora mesmo.
Conteúdo teórico não acessível
O conteúdo teórico está disponível apenas para assinantes do Plano Avançado.
Para continuar estudando normalmente, renove sua assinatura!
Leia o texto para responder a questão.
 
O conto da crise moral
 
Rouba-se de tudo, do dinheiro do contribuinte ao tênis da garotada, mas a sociedade brasileira deve tomar cuidado: estão lhe roubando a autoestima.
 
Três exemplos:
 
1 – O Brasil passa por uma crise moral e por um processo de corrupção generalizada.
 
2 – Brasileiro não gosta de pagar imposto.
 
3 – O Brasil não tem jeito.
 
Tudo mentira.
 
Ponha-se o responsável por uma afirmação desse tipo na saída dos ônibus que transportam a cada manhã milhões de trabalhadores e procure um degenerado moral. Procure nas plataformas dos trens um só brasileiro que tenha acordado às 5 da manhã para ir roubar. Os espertalhões que só falam em corrupção olhando para baixo que percorram as fábricas e os escritórios. Digam se neles há ladrões. Digam mesmo se há neles pessoas moralmente inconfiáveis.
 
Escarafunche-se o orçamento dos trabalhadores e resultará que eles pagam 100% dos impostos que devem ao Erário. Pagam o ICM do feijão antes mesmo de comê-lo. Pagam as sobretaxas de luz, água e telefone com pontualidade de condenado.
 
O Brasil não passa por crise moral alguma. O trabalhador não é ladrão, muito menos dissoluto. A crise moral está localizada num setor estrito da sociedade, localizado na parte de cima da pirâmide. Entendido isso, talvez o tubaronato nacional perceba o tamanho da encrenca em que se vem metendo.
 
O Brasil não é um país maldito, acometido de defeito genético ou fatalidade geopolítica que o condene ao atraso. Só no Brasil (além dos Estados Unidos), um cidadão pode viajar 5 000 quilômetros, comprar um jornal, procurar emprego e casa, tudo isso sem dar satisfação a ninguém. A cada dez anos a população de uma cidade do tamanho de Budapeste muda-se para a capital de São Paulo, e essa migração é absorvida como parte do processo histórico nacional. Nada a ver com o racismo das leis inglesas, as quadrilhas de delinquentes xenófobos alemãs ou os bufões da política francesa. Tente-se semelhante generosidade na Europa e terá começado mais uma vez aquilo que os romanos chamaram invasão dos bárbaros.
 
(Elio Gaspari, Veja, ed. 1208)
 
Assinale a alternativa em que a nova redação dada ao período inicial do texto apresenta coerência e preserva as relações de sentido presentes no original.
A resolução de questões só está disponível para assinantes.
Renove sua assinatura
Resolva 1226849 questões, acesse 524671 comentários de professores e acompanhe seu desempenho. Experimente!

spinner
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.