Tópicos Importantes para Prova do MPU 2013 - Parte I

por Henrique C. Branco em 13/05/2013
Olá, pessoal.
 
                    Durante esta semana, estaremos debatendo alguns tópicos importantes da língua portuguesa para o concurso do MPU 2013 (Analista e Técnico Administrativo). Para discuti-los, selecionamos algumas questões sobre a temática desta segunda-feira: concordância verbal e nominal. Tema este bem relevante em provas do Cespe/Unb. Vale ressaltar que, na próxima semana, comentaremos a prova de língua portuguesa do MPU 2013.
                        Um grande abraço, 
                        Prof. Henrique Castelo Branco.
 
 

 Tema 1:  Concordância Verbal e Nominal
 
 
(CESPE/ Unb 2008 – STF – Analista Judiciário)
Na economia, por exemplo, mudam-se os valores de uso concreto e qualitativo para os valores de troca geral e quantitativa.
01 - Preservando-se a correção gramatical do texto, bem como sua coerência argumentativa, a forma verbal “mudam-se” (R.1) poderia ser empregada também no singular.
 
          O verbo “mudar” poderia ser empregado também no singular, levando-se em conta que a interpretação passiva passa a ter uma interpretação impessoal. Segundo afirma nosso querido mestre Evanildo Bechara que vários verbos transitivos diretos perderam essa noção de passividade tornando-se impessoais. Logo, item correto. Pois, a particula apassivadora passa a ser classificada como índice de indeterminação do sujeito.
 
 
(CESPE/ Unb 2012 – POLÍCIA FEDERAL – Agente Federal)
Nesse caso, puxar a corda, afiar a faca ou assistir à execução seria simples, pois a responsabilidade moral do veredicto não estaria conosco.
02 - No período “Nesse caso (...) estaria conosco” (R.1-2), como o conector “ou”  está empregado com sentido aditivo, e não, de exclusão, a forma verbal do predicado “seria simples” poderia, conforme faculta a prescrição gramatical, ter sido flexionada na terceira pessoa do plural: seriam.
 
            Item incorreto, visto que no texto há uma sequência de sujeitos oracionais (puxar a corda, afiar a faca ou assistir à execução) que, segundo a norma culta escrita, exige a terceira pessoa do singular. Lembre-se de que permanece na terceira pessoa do singular o verbo que tem como sujeito duas ou mais orações coordenadas entre si.
 
 
(CESPE / Unb 2013 – TJDF – Analista Administrativo)
Nessa esteira de raciocínio, a citação de jurisprudência e precedentes em uma petição seria um relato inserido em outro, adaptado à necessidade de um suporte jurídico.
03 - O emprego da forma verbal “seria” (R.1), na terceira pessoa do singular, deve-se à concordância com a expressão “a citação de jurisprudência” (R.1), que exerce a função de núcleo do sujeito dessa forma verbal.
 
            Item incorreto, pois a forma verbal “seria” está na terceira pessoa do singular em concordância com o núcleo do sujeito “citação”.  Destaca-se que o núcleo de um termo oracional é marcado por um substantivo ou equivalente desde que não esteja antecedido por uma preposição.
 
 
(CESPE / Unb 2008 – ABIN – Agente de Inteligência)
Todos os Estados promoverão a cooperação internacional com o objetivo de garantir que os resultados do progresso científico e tecnológico sejam usados para o fortalecimento da paz e da segurança internacionais, a liberdade e a independência, assim como para atingir o desenvolvimento econômico e social dos povos e tornar efetivos os direitos e liberdades humanas de acordo com a Carta das Nações Unidas.
04 - Na linha 2, justifica-se a flexão de plural em “internacionais” pela concordância desse adjetivo tanto com “paz” quanto com “segurança”; se a flexão fosse de singular, as regras gramaticais seriam atendidas, mas a clareza do documento seria prejudicada.
 
        O adjetivo “internacionais” concorda gramaticalmente com os substantivos “paz” e “segurança”, porém poderia ser empregado no singular “internacional” em concordância atrativa com o substantivo “segurança”. O que faculta a norma culta da língua. Entretanto, a clareza do texto é prejudicada em virtude de ocorrer ambiguidade no emprego da expressão “internacional", uma vez que tanto o termo “segurança” quanto “fortalecimento” podem ser relacionados à expressão no singular. Logo, item correto.
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.