TCE/PE x CLDF... para qual estudar?

por Rafael Lapa em 05/06/2017
E aí, meus caros... todos afiados nos estudos?
 
Está chegando a hora dos maiores certames do ano para o pessoal da área legislativa e de controle e gestão. Teremos duas grandes batalhas que poderão, inclusive, ser travadas ao mesmo tempo: CLDF (Câmara Legislativa do Distrito Federal) e TCE/PE (Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco). São dois excelentes órgãos, excelentes lugares para se trabalhar e excelentes remunerações. 
 
Ocorre que, muitas pessoas têm me perguntado sobre qual a melhor estratégia de estudos, pois há uma grande possibilidade de que os editais sejam lançados em épocas, se não coincidentes, muito próximas. E aí? O que fazer?
 
Veja, na minha opinião, temos de analisar e perceber que o edital do TCE/PE provavelmente será muito mais amplo em termos de quantidade de matérias do que na CLDF. Esse é um primeiro ponto muito importante, pois quem estuda para o TCE se adequa mais facilmente para um edital da CLDF, mas o contrário não é verdadeiro.
 
Em segundo lugar, e especificamente falando da CLDF, devemos observar que os cargos vagos para consultor legislativo e consultor técnico legislativo oferecem quatro frentes de atuação que permitem uma conciliação com os assuntos exigidos em tribunais de contas:
 
Consultor legislativo (ampla concorrência)
 
- constituição e justiça
- tributação e orçamento
- finanças públicas
 
Consultor técnico
 
- administrador
 
Então, caso você deseje fazer uma preparação mista deverá pensar em uma das quatro áreas acima, pois são bastante distintas e apresentam suas peculiaridades e dificuldades.
 
Lembre-se: NÃO É POSSÍVEL ABRAÇAR O MUNDO COM AS COSTAS.
 
TUDO dependerá das SUAS AFINIDADES e, principalmente, DO EDITAL.
 
Vou apenas ressaltar um pouquinho de nada sobre cada área acima da CLDF:
 
- constituição e justiça
 
Acho que vai ser uma prova tensa em constitucional, em um nível altíssimo, com a exigência de muito conhecimento de filosofia constitucional, teoria do constitucionalismo, controle de constitucionalidade, doutrina e jurisprudência!!!!
 
- finanças públicas
 
vai puxar bastante para o lado de macro e micro economia e finanças e a parte teórica disso tudo é bem TENSA. Se a banca for a CESPE, considero um pouco mais tranquilo do que tratando de uma FGV. Fiquem espertos.
 
- administrador
 
já acredito que seja interessante para aqueles da área de administração. O ruim é que administração da cespe é uma prova um pouco subjetiva, o que é ruim principalmente para aqueles que já apresentam um nível médio para avançado de preparação, pois poderá perder pontos importantes.
 
A área da CLDF que mais teria a ver com um estudo casado com o TCE/PE é TRIBUTAÇÃO E ORÇAMENTO, pois tudo indica que direito tributário também será exigido no edital do Tribunal de Contas. 
 
Quem tiver interesse em serviço de coach ou de orientações para esses certames, fale comigo no email: rafaellapasantos@gmail.com.
 
Abraço!!
 
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.