Receita Federal - Hora de intensificar os estudos!!

por Rafael Lapa em 11/06/2016
Olá, pessoal.
 
O Ministro da Fazenda protocolou junto ao MPOG pedido de mais de 1000 vagas para provimento no quadro de órgãos fazendário já em 2017.
 
Portanto, é hora de estudar mais e mais para o concurso da Receita Federal do Brasil. 
 
Como assim, professor? É isso mesmo.
 
Os concursos estão um pouco parados nessa primeira parte do ano? Então, por que não enxergar esse fato como uma oportunidade e aproveitar para se reforçar, tirar dúvidas, estudar aquelas matérias espinhosas, correr atrás do tempo perdido ao invés de ficar se lamentando?
 
Muitos estudantes para concurso podem estar se perguntando nesse momento: O atual momento econômico do país não está legal? Será que vai haver concurso da Receita Federal esse ano ou no próximo? Devo estudar mesmo em um momento como este? Será isso, será aquilo... ????
 
Diante dessas dúvidas, o que uma boa parte de pessoas que se dizem estudar para concurso fazem? Param de estudar. Isso é um erro extremo!!!! Você acha mesmo que o seu real concorrente parou de estudar? Claro que não. 
 
Não caia na onda do efeito manada!!
 
Pessoal, essas perguntas não podem atrapalhar seu objetivo final. Estudante de alto desempenho pensa grande, pensa lá na frente.
 
Vamos trabalhar com mais alguns fatos concretos? 
  • os órgãos têm suas necessidades de reposição de pessoal, seja pela rotatividade, seja pela aposentadoria de servidores e
  • com a atual Constituição Federal vigente o concurso público é a única ferramenta que os órgãos possuem para realizar contratação de pessoal de área fim.
Então, os concursos estarão sempre aí. Podem até diminuir um pouco, mas isso é estritamente temporário. A demanda represada para carreiras como Banco Central, Receita Federal, TCU, Congresso Nacional é enorme, tendo em vista a necessidade que os órgãos possuem já hoje.
 
Outro fato concreto: o governo está em vias de lançar o início da reforma da previdência e muitos servidores estão antecipando as aposentadorias para não caírem em regras de transição ou novas regras de idade mínima para aposentação. 
 
Portanto, não pare de estudar. Quem avisa, amigo é!!!
 
Ok, professor, vou então intensificar meus estudos para a Receita Federal. Como devo proceder?
 
Vou listar abaixo as principais matérias ultimamente cobradas no certame:
 
- Português
- Raciocínio Lógico
- Inglês/Espanho
- Estatística
- Direito Constitucional
- Direito Administrativo
- Administração Geral
- Administração Pública
- Direito Tributário
- Legislação Tributária Federal
- Direito Previdenciário
- Contabilidade
- Auditoria
- Comércio Internacional
- Legislação Aduaneira
 
Claro que é praticamente impossível estudar todas essas matérias aos mesmo tempo.
 
É preciso planejamento.
 
Tudo depende da sua atual situação em cada uma dessas matérias e o tempo que você terá disponível semanalmente para estudar.
 
De quanto tempo você dispõe? 8 horas por dia, 6 horas por dia, 4 horas por dia?
 
Se você não trabalha, e tem tempo disponível, sugiro alocar 6 a 8 horas por dia de segunda a sábado e deixar um dia de descanso, intercalando as matérias, iniciando por matérias que você não tem muita afinidade, dando preferência a DIREITO TRIBUTÁRIO, CONTABILIDADE, PREVIDENCIÁRIO, CONSTITUCIONAL E ADMINISTRATIVO, E ADMINISTRAÇÃO.
 
Se você trabalha e tem apenas umas 4 horas por dia, também é possível montar uma estratégia: limpe a sua agenda, reflita sobre quais atividades são realmente essenciais na sua vida e monte uma agenda, também intercalando matérias e seguindo a preferência das matérias acima.
 
Lembrem-se de que o descanso é importante, nem que seja uma noite de lazer, um momento para estar com família, namorado (a), cachorro, etc. O descanso também faz parte do treino.
 
Se tem alguma dúvida, entre em contato: rafaellapasantos@gmail.com
 
É isso aí, pessoal!!
 
Bons estudos e vamos à guerra. Esse é um excelente momento para o treino!!!
 
Abraço.
 
Rafael.
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.