Malandramente: dicas musicadas e parodiadas!

por Denise Carneiro em 05/09/2016
Olá, meus concurseiros amados!
 
As bancas frequentemente intercalam termos/orações entre o sujeito e o verbo para dificultar questões de concordância e de pontuação, por isso resolvi utilizar a música "Malandramente" para dar algumas dicas para vocês.
A paródia está bem explicadinha e “gruda” facilmente na cabeça, ou seja, tem tudo para que vocês fixem os macetes e nunca mais errem questões construídas assim, vamos lá?
 
MALANDRAMENTE
A BANCA "INOCENTE"
COLOCOU UM APOSTO
ENTRE O SUJEITO  E O VERBO
 
MALANDRAMENTE
ELA INTERCALA
ORACAO ADJETIVA
NORMAL OU REDUZIDA
 
MALADRAMENTE
CONCORDA O VERBO
DO JEITO ERRADO
OU ESQUECE A VÍRGULA
 
AH BANCA DANADA
TENTANDO ME BOTAR EM CILADA
MAS TIA DENY ENSINOU
PRA MIM: ISOLEEEE E DESCONSIDEREEE
 
Pronto, galera! Apresentarei agora algumas questões de bancas variadas, comprovando que as situações descritas na paródia realmente ocorrem e, em seguida, aplicarei a dica dada: isole, desconsidereee.
 
Atenção!!!! Sujeito e verbo estarão em negrito, as orações/termos intercalados em azul.
 
(ESAF 2009) Paradoxalmente, as mesmas inovações tecnológicas destinadas a nos poupar o tempo de certas tarefas manuais e aumentar o tempo ocioso vem produzindo um sentimento crescente de encurtamento à temporalidade.

Assertiva ERRADA. Gente, o sujeito é “as mesmas inovações tecnológicas”, assim “vêm produzindo” deve flexionar no plural, ou seja, com acento no “vêm”.
A ESAF intercalou uma oração subordinada adjetiva restritiva reduzida de particípio (em azul), viram como ela agiu "malandramente"? rsrsrsrrsrs

Quando isto acontecer, seja mais malandro ainda e, como diz a música, desconsidere! Pode riscar a oração intercalada para que a visualização fique mais fácil, assim vocês dificilmente errarão a concordância, olhem só:

Paradoxalmente, as mesmas inovações tecnológicas destinadas a nos poupar o tempo de certas tarefas manuais e aumentar o tempo ocioso vêm produzindo um sentimento crescente de encurtamento à temporalidade.
 
Atenção! Não precisamos isolar neste caso, pois a oração é adjetiva restritiva, entretanto, se houvesse uma vírgula após "tecnológicas", seria obrigatório o uso de outra vírgula após "ocioso" para que o isolamento da oração ficasse certinho (ela passaria a ser adjetiva explicativa).

(Iades 2014) O 1º período também poderia ser assim reescrito: A Catedral de Brasília, a qual foi projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer foi inaugurada em 1971.
 
Assertiva ERRADA. Olhem aí um caso em que a banca "esqueceu" uma vírgula ao intercalar oração adjetiva explicativa (em azul) entre o sujeito e o verbo (ambos em negrito). Gente, lembre da dica: isole!! Para isolar uma oração ou termo intercalado, precisamos de duas vírgulas: uma antes e outra depois.
 
O trecho pontuado corretamente fica assim: A Catedral de Brasília, a qual foi projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyerfoi inaugurada em 1971.
 
(FCC 2012) A campanha das Diretas, de que os mais jovens participaram ativamente, terão sempre lugar especial nos registros de nossa história recente, ao lado de episódios como o movimento caras-pintadas...
Assertiva ERRADA!!
 
Vejam a FCC também agindo "malandramente" e concordando o verbo do jeito errado, como diz a paródia.
Uma oração subordinada adjetiva explicativa intercalada (em azul) entre o sujeito e o verbo (ambos em negrito) dificulta a visualização e faz muitos concurseiros errarem a concordância. Assim, desconsidereeeeee o termo intercalado:
 
CONSTRUÇÃO CORRETA: A campanha das Diretas, de que os mais jovens participaram ativamenteterá sempre lugar especial nos registros de nossa história recente, ao lado de episódios como o movimento caras-pintadas...
 
O sujeito "A campanha das Diretas" é simples e está no singular, assim: verbo no singular!

(CESPE 2012) Novas pesquisas, porém, revelam que o problema é muito mais grave do que se supunha. A mais recente, elaborada pelo Instituto Paulo Montenegro e pela ONG Ação Educativa, mostrou que 38% dos estudantes do ensino superior no país simplesmente "não dominam habilidades básicas de leitura e escrita".
A forma verbal "mostrou" está no singular porque concorda com a expressão "Instituto Paulo Montenegro".

Assertiva INCORRETA
Por fim, lá vem o CESPE sendo o CESPE, rsrsrsrs. Intercalou oração subordinada adjetiva explicativa reduzida de particípio (em azul) entre o sujeito e o verbo e ainda tentou confundir o candidato ao afirmar que "mostrou" está no singular para concordar com a expressão "Instituto Paulo Montenegro". 
O verbo está corretamente empregado no singular, mas gente: desconsidereeee a oração intercalada. Vejamos:
 
Novas pesquisas, porém, revelam que o problema é muito mais grave do que se supunha. A mais recenteelaborada pelo Instituto Paulo Montenegro e pela ONG Ação Educativa, mostrou que 38% dos estudantes do ensino superior no país simplesmente "não dominam habilidades básicas de leitura e escrita".
 
E aí? O verbo tem como estar concordando com "Instituto Paulo Montenegro"? Não, né! Essa expressão está dentro da oração intercalada e nós já a desconsideramos, não é? Fica evidente que "A mais recente (pesquisa)" é o sujeito e é com ele que o verbo concorda.
Sempre podemos fazer uma checagem extra e perguntar ao trecho: quem mostrou que 38% dos estudantes...? A mais recente (pesquisa)!
 
Pronto, meus lindos! Dicas dadas, divirtam-se com a paródia "cantada" por esta professora que ama vocês e, por isso, topa até pagar este tipo de mico, rsrsrsrs.
 
Beijinhos!
 
 
Ps. o sotaque é da Paraíba, sim senhor! =)
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.