Gestão de Projetos, "La Casa de Papel" e os Concursos.

por Ricardo Reis em 01/08/2019
Olá, Concursando!
 
 
Hoje, vou trazer um excelente texto de um colega Gerente de Projetos no qual relaciona a série "La Casa de Papel" (Netflix) com o Gerenciamento de Projetos.
 
 
Nessa caminhada de "concurseiro" sempre é saudável associar a teoria aprendida com casos práticos, assim internalizamos mais fácil o conhecimento.
 
 
Atenção! Contém "Spoiler".
 
 
Vamos ao texto:
 
 
O erro de todo plano é achar que tudo vai dar certo”. A frase é de um dos episódios da primeira temporada de La Casa de Papel, série espanhola que trata de um inusitado e bem elaborado roubo. E o professor sabia muito bem disso quando planejou o assalto à Casa da Moeda.
 
Fazendo uma análise da primeira temporada (primeira e segunda, pela divisão da Netflix), percebe-se como o Professor é um exímio Gerente de Projetos. Ele sabia a importância de um bom Planejamento do Projeto, e por isso dedicou-se a planejar por meses um roubo que levaria apenas 11 dias. Aliás, os 11 dias são exatamente o Cronograma, o tempo necessário para realizar o Escopo de entrar na Casa da Moeda, imprimir 2,4 bilhões de euros e sair com o dinheiro.
 
Para isso, o Professor levantou os Recursos, liderando a Equipe do Projeto, que era formada por oito membros com habilidades específicas: Tóquio, Berlim, Denver, Rio, Nairóbi, Moscou, Helsinque e Oslo. Também manteve contato ativo com os Stakeholders, como a polícia e a imprensa.
 
Havia também a preocupação com a Qualidade, sendo instituída a sala de controle da qualidade das impressões. Sem falar nas Comunicações: o meio de comunicação do Professor com a Equipe foi definido e construído logo no início, pois a energia seria desligada.
 
Como excelente estrategista, o Professor jamais deixaria de levantar os riscos da operação. Os mesmos foram levantados previamente, bem como as respostas às diversas ameaças: as roupas e máscaras de Salvador Dali também seriam usadas pelos reféns, para confundir a polícia; era proibida a relação efetiva entre os membros da equipe ou com os reféns; só para dar alguns exemplos. Houve inclusive respostas de contingência a riscos efetivados: a morte de Oslo, a saída de Tóquio... Cumprindo de forma primorosa seu papel de Gerente, o Professor realizou com maestria a Integração do Projeto, conduzindo e liderando toda a operação para garantir o sucesso da empreitada.
 
Então, se estiver planejando assaltar a Casa da Moeda, é bom começar a se preocupar com o Gerenciamento de Projetos!
 
Texto publicado por João Fonseca (instagram: @joao.mmfonseca)
 
 
Gestão de projetos e Concursos, qual é a relação?
 
 
No momento no qual você decidiu buscar a aprovação em um concurso público, outra coisa não é, do que a abertura de um grande Projeto.
 
 
Logo, sabemos:
 
 
Projeto é um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo. (PMBOK - 5º edição).
 
 
Portanto, seu estudo é temporário em busca de um resultado único
(Aprovação, Nomeação, Posse e a tão sonhada ESTABILIDADE)
 
 
Para o sucesso do Projeto "Concurso" é fundamental a aplicação e integração apropriadas dos processos de gerenciamento de projetos, logicamente agrupados em 5 grupos de processos pertencente as 10 áreas de conhecimento.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Enquanto não gerenciamos nossos projetos de vida (passar em um concursos público), eles não passam de sonhos.  A gestão de projetos auxilia a transformar os sonhos em pura realidade.
 
 
Em suma,  podemos (devemos) aproveitar os conhecimentos adquiridos nessa árdua caminhada de concursos não só para conquistar o tão almejado cargo (emprego) público, mas também para ser uma pessoa melhor (no sentido de uma maior intelectualidade).
 
 
Por hoje, era isso que gostaria de passar.
 
 
Bons Estudos.
 
 
Juntos até a nomeação,
 
 
Grande abraço,
 
 
 
Prof. Ricardo Reis
 
 
 
 
 
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.