Escriturário do Banco do Brasil - Conhecimentos Bancários

por Vicente Camillo em 10/02/2014
Olá Pessoal.
 
Neste artigo resolvo e comento as questões de conhecimentos bancários e atualidades do cargo de Escriturário do Banco do Brasil.
 
A prova foi de acordo com o esperado. Mas, TRÊS questões merecem ser anuladas (uma devido ao alto grau de subjetividade, outra devido a erro, outra devido a duas alternativas corretas).
 
Abaixo seguem os comentários.
 
Sucesso a todos os candidatos.
 
ATUALIDADES
 
21 Uma das atribuições do Conselho Monetário Nacional
(CMN), que a Lei No 4.595/1964 estabelece, na qualidade
de órgão integrante do Sistema Financeiro Nacional
(SFN), é
(A) receber os recolhimentos compulsórios das instituições
financeiras
(B) realizar as operações de redesconto e empréstimos a
instituições financeiras
(C) determinar os percentuais do recolhimento compulsório
(D) executar os serviços de meio circulante
(E) orientar a aplicação dos recursos das instituições financeiras
 
O CMN não possui funções executivas, o que invalida as alternativas B, C e D. A letra E está correta. De fato, orientar a aplicação de recursos das instituições financeiras é mesmo função do CMN.
No entanto, estabelecer o percentual dos depósitos compulsórios é também função do CMN.
O inciso XIV do artigo 4 dipões que cumpre ao CMN:
XIV – Determinar recolhimento de até 60% (sessenta por cento) do total dos depósitos e/ou outros títulos contábeis das instituições financeiras, seja na forma de subscrição de letras ou obrigações do Tesouro Nacional ou compra de títulos da Dívida Pública Federal, seja através de recolhimento em espécie, em ambos os casos entregues ao Banco Central do Brasil, na forma e condições que o Conselho Monetário Nacional determinar, podendo este:  (Redação dada pelo Del nº 1.959, de 14/09/82)
a) adotar percentagens diferentes em função; (Redação dada pelo Del nº 1.959, de 14/09/82)
- das regiões geo-econômicas; (Redação dada pelo Del nº 1.959, de 14/09/82)
- das prioridades que atribuir às aplicações; (Redação dada pelo Del nº 1.959, de 14/09/82)
- da natureza das instituições financeiras; (Redação dada pelo Del nº 1.959, de 14/09/82)
b) determinar percentuais que não serão recolhidos, desde que tenham sido reaplicados em financiamentos à agricultura, sob juros favorecidos e outras condições fixadas pelo Conselho Monetário Nacional. (Redação dada pelo Del nº 1.959, de 14/09/82)   (Vide art 10, inciso III)
 Portanto, há duas alternativas corretas (A e E)
GABARITO OFICIAL: LETRA E
 
GABARITO: LETRA E
 
22 Em termos teóricos, podem ser conferidas ao Banco Central
diversas atribuições, destacando-se, dentre elas, a de
ser o Banco dos Bancos, o Único Banco Emissor ou o
Banqueiro do Governo.
Sob o enfoque de Banqueiro do Governo, o Banco Central
deve ser o
(A) financiador das obras de infraestrutura da União
(B) emprestador de dinheiro para as obras de fomento
(C) centralizador do caixa do governo
(D) detentor do monopólio de órgão arrecadador da União
(E) detentor do monopólio da distribuição do dinheiro
A função Banco do Governo do Bacen é executada através da guarda de recursos do Governo. Ou seja, o Bacen funciona como centralizador do caixa do Governo.
GABARITO: LETRA C
 
23 No Sistema Financeiro Nacional (SFN), sob o enfoque
da Dinâmica do Mercado, o elemento técnico-conceitual
referente à parte da economia que acompanha o comportamento
dos salários e do poder de compra do salário da
população, é a
(A) política fiscal
(B) política de preços
(C) inflação
(D) política de rendas
(E) taxa de juros
Política de rendas é O conjunto de medidas adotas que visa a redistribuição de renda e justiça social. É um dos instrumentos da política económica governamental, juntamente com a política fiscal, política externa e a política monetária.
Ou seja, a parte da economia que trata do comportamento dos salários (rendas), bem como seu poder de compra, é chamado de política de rendas
GABARITO: LETRA D
 
24 Nos últimos anos, observou-se que o mercado bancário
teve elevado crescimento e forte acirramento entre as instituições
bancárias no desenvolvimento de suas atividades,
aumentando, dessa forma, a competição bancária.
Um dos fatores que impulsionaram essa disputa mercadológica,
entre as instituições bancárias, surgiu com a
(A) ausência de interesse nas compras de folhas de pagamento
(B) redução de taxas de juros dos Títulos Públicos Federais
(C) alta das taxas SELIC
(D) redução dos níveis de crédito
(E) falta de garantia do chamado crédito consignado
Recentemente observou-se a redução da taxa de juros básica da economia, a Taxa Selic. Como ela é taxa que remunera os Títulos Públicos Federais, é possível afirmar que a letra b está correta.
GABARITO: LETRA B
 
25 Fazem parte do Sistema Financeiro Nacional (SFN) Instituições
Financeiras Bancárias e Instituições Financeiras
não Bancárias.
Nesse enfoque, pertencem ao grupo das Instituições não
Bancárias, dentre outras, os Bancos
(A) Múltiplos, com carteira de crédito imobiliário
(B) Múltiplos, com carteira comercial
(C) Comerciais
(D) Cooperativos
(E) de Investimento
 
Bancos múltiplos, comerciais e cooperativos são instituições bancárias, visto aceitarem depósitos à vista.
Os bancos de investimentos, ao passo que aceitam tão somente depósitos a prazo, são instituições não bancarias.
GABARITO: LETRA E
 
CONHECIMENTOS BANCÁRIOS
 
56 No Brasil, a condução e a operação diárias da política
monetária, com o objetivo de estabilizar a economia, atingindo
a meta de inflação e mantendo o sistema financeiro
funcionando adequadamente, são uma responsabilidade
do(a)
(A) Caixa Econômica Federal
(B) Comissão de Valores Mobiliários
(C) Banco do Brasil
(D) Banco Central do Brasil
(E) Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e
Social
A condução da política monetária é função do BACEN! Ele que pratica as ações de aumento/redução de moeda na economia, além de executar operações com vistas a atingir a meta da Taxa Selic, definida pelo COPOM.
GABARITO: LETRA D
 
 
 
 
 
57 O Conselho Monetário Nacional (CMN) é a entidade máxima
do sistema financeiro brasileiro, ao qual cabe
(A) intervir diretamente nas instituições financeiras ilíquidas.
(B) apurar e anunciar mensalmente a taxa de inflação oficial.
(C) autorizar a emissão de papel-moeda.
(D) fixar periodicamente a taxa de juros interbancária.
(E) aprovar o orçamento do setor público federal.
O CMN possui tão somente funções normativas. Ele não exerce funções executivas, como as descritas nos itens A, B, D e E.
Autorizar a emissão de papel-moeda é função do CMN.
GABARITO: LETRA C
 
58 O Sistema Financeiro Nacional é composto de dois grandes
subsistemas: Subsistema Normativo e Subsistema de
Intermediação.
Tendo em vista essa classificação, fazem parte do Subsistema
(A) de Intermediação o Banco Central do Brasil e o Banco
do Brasil.
(B) de Intermediação os Comitês de Política Monetária
(Copom) dos bancos comerciais.
(C) Normativo o Banco Central do Brasil e o Banco do
Brasil.
(D) Normativo o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico
e Social e a Comissão de Valores Mobiliários.
X(E) de Intermediação as Bolsas de Valores e de Mercadorias
e Futuros atuantes no Brasil.
A única alternativa correta é a Letra E, visto que as bolsas de valores, de mercadorias e de futuros atuantes no Brasil destinam-se a servir de plataforma para negociação de valores mobiliários.
Ou seja, são utilizadas na intermediação de recursos no mercado de valores mobiliários.
GABARITO: LETRA E
 
59 Nos termos da circular no 3.542/2012, NÃO está inserida
nas hipóteses de controle de situações relacionadas com
atividades internacionais a
X(A) existência de recursos pertencentes ou controlados,
direta ou indiretamente, por pessoas que reconhecidamente
tenham cometido atos terroristas.
(B) realização de transferências unilaterais que, pela
habitualidade, valor ou forma, não se justifiquem ou
apresentem atipicidade.
(C) utilização de operações complexas e com custos mais
elevados que visem a dificultar o rastreamento dos recursos
ou a identificação da natureza da operação.
(D) realização de pagamentos de importação e recebimentos
de exportação, antecipados ou não, por
empresa sem tradição ou cuja avaliação econômico-
financeira seja incompatível com o montante negociado.
(E) realização de pagamentos a terceiros não relacionados
a operações de importação ou de exportação.
A alternativa A é a correta.
A saber, recursos pertencentes ou controlados,
direta ou indiretamente, por pessoas que reconhecidamente
tenham cometido atos terroristas, não configuram indícios da prática do crime de Lavagem de Dinheiro e, desta forma, não estão passíveis de controle.
GABARITO: LETRA A
 
60 Um gerente participa de processo de treinamento sobre
títulos de créditos e garantias do Sistema Financeiro
Nacional.
Durante a avaliação dos itens abordados no treinamento,
o gerente, que se dedicou com afinco aos estudos,
responde, apropriadamente, que o aval, nos termos do
Código Civil,
(A) gera direito de regresso contra o avalizado em caso
de pagamento pelo avalista.
(B) é garantia típica dos contratos bancários.
(C) pode ser parcial quando firmado em título de crédito.
(D) pode ser considerado até declaração judicial quando
cancelado.
(E) deve ser subscrito exclusivamente no anverso do título.
O aval, assim como outras modalidades de garantia pessoal, enseja direito de regresso. Ou seja, o avalista que arca com o crédito que prestou garantia pode cobrar os valores do avalizado.
As outras alternativas estão incorretas.
GABARITO: LETRA A
 
 
61 Um bancário, almejando promoção na carreira, realiza diversos
cursos propostos pelo seu empregador.
Ao final de um desses cursos, foi apresentada uma questão
exigindo do aluno o conhecimento de que a hipoteca
(A) é inaplicável sobre as acessões do imóvel hipotecado.
(B) é relacionada aos títulos de crédito documentados.
(C) acarreta a proibição de alienação do imóvel hipotecado.
(D) pode incidir sobre navios e aeronaves.
(E) pode ser realizada por pessoa absolutamente incapaz.
 
Em geral, a hipoteca recai sobre bens imóveis. No entanto, há a possibilidade de incidência sobre navios e aeronaves.
GABARITO: LETRA D
 
62 Os planos de previdência PGBL (Plano Gerador de Benefício
Livre) e VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre) são
produtos de Previdência Complementar que visam à acumulação
de recursos e à transformação de tais recursos
em uma renda futura.
Na modalidade PGBL, o imposto de renda incide sobre o
(A) ganho das aplicações financeiras
(B) valor futuro calculado para a data do resgate
(C) total resgatado ou recebido como renda
(D) total de rendimentos bruto na data da aplicação
(E) valor da aplicação inicial
As contribuições ao PGBL permitem diferimento do IR. Ou seja, isentam o beneficiário no presente, mas recaem sobre o valor total do Plano. Dito de outra forma, recaem sobre o total resgatado ou recebido como renda
GABARITO: LETRA C
63 Atualmente, as instituições financeiras oferecem aos seus
clientes diversos tipos de investimentos, dentre os quais
está o investimento em ações de companhias abertas que
podem ser negociadas na Bolsa de Valores.
A característica mais atrativa do investimento em ações é a
(A) possibilidade de ganhos superiores aos oferecidos em
fundos de investimento
(B) isenção de imposto sobre operações financeiras no
ato de negociação das ações
(C) baixa probabilidade de perdas financeiras
(D) alta probabilidade de perdas financeiras
(E) isenção de imposto de renda
 
Esta questão é muito subjetiva. A alternativa A, dada como correta, é possível.
No entanto, considerando que a aplicação em ações é uma forma de renda variável, a probabilidade de perdas financeiras pode ser alta ou baixa, dependendo de diversos fatores, como as condições macroeconômicas, o setor da companhia, informações sobre suas operações e assim por diante.
Desta forma, entendo que esta questão pode confundir o candidato, visto seu alto teor de subjetividade.
GABARITO: LETRA A
 
64 Os títulos de capitalização são emitidos pelas sociedades
de capitalização e têm por objeto o depósito periódico de
prestações pecuniárias pelo contratante, o qual terá, depois
de cumprido o prazo contratado, os direitos de concorrer
a sorteio de prêmios em dinheiro e o de
(A) resgatar o valor do título mediante lance em leilões
periódicos.
(B) resgatar parte dos valores depositados corrigidos por
uma taxa de juros.
(C) aplicar parte dos recursos em ações das bolsas de
valores.
(D) concorrer a imóveis nos feirões da casa própria.
(E) concorrer a prêmios em barras de ouro.
As alternativas são absurdas, salvo a Letra B. De fato, além de prêmios, o título de capitalização proporciona o saque de parte do valor aplicado mais um rendimento.
GABARITO: LETRA B
 
65 O mercado de seguros é cada vez mais crescente no
Brasil. As seguradoras oferecem uma gama diferenciada
de produtos e subprodutos para atender a essa grande
demanda.
O seguro de acidentes pessoais, por exemplo, garante o
pagamento de indenização em caso de
(A) colisão do automóvel do segurado com veículos de
terceiros, desde que esteja estipulado na apólice.
(B) perda total do veículo sem danos ao segurado, desde
que especificado na apólice.
(C) paralisação das atividades laborais do segurado durante
o período de uma eventual internação hospitalar
causada por doença crônica.
(D) invalidez permanente, total ou parcial, por acidente,
ou indenização ao beneficiário em caso de falecimento
do segurado.
(E) incêndio, enchente ou qualquer outro tipo de fenômeno
climático que danifique a residência do segurado.
O seguro de acidentes pessoais, como o nome sugere, resguarda o indivíduo (e seu beneficiário) em relação a contingência ocorridas contra sua integridade física e mental, como ) invalidez permanente, total ou parcial, por acidente, ou indenização ao beneficiário em caso de falecimento do segurado.
GABARITO: LETRA D
 
66 O Banco do Brasil é considerado um agente financeiro especial
do Governo Federal, devido a algumas atividades
que desempenha, como a(o)
(A) seguro de bens imóveis
(B) fiança bancária para investidores em bolsa
(C) execução da política de preços mínimos de produtos
agropecuários
(D) extensão de crédito direto ao consumidor
(E) concessão de cartões de crédito ao público
Questão um pouco mais complexa.
O BB é considerado agente financeiro especial visto suas finalidades além do crédito. Desta forma, além de conceder crédito rural, ele também contribui na execução da política de preços mínimos de produtos agropecuários.
 
 
67 O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central
do Brasil estabelece as ações que definem a política
monetária do governo.
O Copom
(A) administra as reservas em divisas internacionais do
Brasil.
(B) determina periodicamente a taxa de juros interbancários
de referência, a taxa Selic.
(C) é presidido pelo Ministro da Fazenda.
(D) impõe limites mínimos de capitalização aos bancos
comerciais.
(E) impede a entrada de capitais financeiros especulativos
no país.
Esta questão merece ser anulada!
O art. 1o. do  Regulamento do Copom define que O Comitê de Política Monetária (Copom), constituído no âmbito do Banco Central do Brasil, tem como objetivos implementar a política monetária, definir a meta da Taxa Selic e seu eventual viés e analisar o Relatório de Inflação a que se refere o Decreto nº 3.088, de 21 de junho de 1999.
Como visto, o Copom define a META da Taxa Selic. Ele não determina periodicamente a Taxa Selic, pois está no Sistema Especial de Liquidação e Custódia.
O sítio do Banco Central informa que
Define-se Taxa Selic como a taxa média ajustada dos financiamentos diários apurados no Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic) para títulos federais. Para fins de cálculo da taxa, são considerados os financiamentos diários relativos às operações registradas e liquidadas no próprio Selic e em sistemas operados por câmaras ou prestadores de serviços de compensação e de liquidação (art. 1° da Circular n° 2.900, de 24 de junho de 1999, com a alteração introduzida pelo art. 1° da Circular n° 3.119, de 18 de abril de 2002)” (grifos meus).
Portanto, a questão confunde a real função do COPOM, que é definir a meta, e não a própria Taxa Selic.
GABARITO OFICIAL: LETRA B
 
 
68 O poder regulatório e fiscalizador da Comissão de Valores
Mobiliários (CVM) se estende a várias entidades e atividades.
NÃO constituem uma dessas entidades ou atividades
(A) os Sistemas de Compensação de Títulos Públicos Federais
– Selic
(B) os Mercados de Balcão Organizados de Valores Mobiliários
(C) as Bolsas de Mercadorias e Futuros
(D) as Auditorias de Companhias Abertas
(E) as Entidades de Compensação e Liquidação de Valores
Mobiliários
A fiscalização e supervisão do SELIC cabe ao Bacen.
GABARITO: LETRA A
 
 
69 Nos termos da Lei de regência, cabe ao Conselho Monetário
Nacional determinar recolhimento de determinado
percentual do total dos depósitos e/ou outros títulos contábeis
das instituições financeiras, seja na forma de subscrição
de letras ou obrigações do Tesouro Nacional, seja
na compra de títulos da Dívida Pública Federal, ou ainda,
através de recolhimento em espécie.
Esse percentual corresponderá a até
(A) 60% (B) 50% (C) 20% (D) 30% (E) 40%
O valor do compulsório de depósitos a prazo poderá ser de até 60%
GABARITO: LETRA A
 
 
 
 
 
70 O Fundo Garantidor de Crédito foi criado para, dentre outras
finalidades, proteger depositantes e investidores no
âmbito do sistema financeiro, até os limites estabelecidos
pela regulamentação.
Tal fundo é pessoa jurídica caracterizada como
(A) sociedade por ações
(B) sociedade de economia mista
(C) autarquia especial
(D) associação civil
(E) empresa financeira
O FGC é uma associação civil sem fins lucrativos.
GABARITO: LETRA D
 
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.