Dica da Semana #1 - Funções do SE

por José Maria C Torres em 18/08/2014
Fique atento!
 
Não podemos confundir o 2º caso de indeterminação com as construções em voz passiva sintética. Nestas, os verbos possuem complemento direto (verbo transitivo direto ou transitivo direto e indireto).
 
Exemplos:
 
Discutiu-se o fato
> verbo “discutir” é transitivo direto > voz passiva sintética > sujeito paciente: “o fato” > “se” partícula apassivadora > equivale à construção “Foi discutido o fato”.
 
 
Desconfiou-se do fato
> verbo “desconfiar” é transitivo indireto > sujeito indeterminado (2º caso) > “se” índice de indeterminação.
 
 
Observe o que ocorre quando se emprega o plural “fatos”:
 
Discutiram-se os fatos.
> verbo concorda com o sujeito paciente “os fatos” (Foram discutidos os fatos.)
 
Desconfiou-se dos fatos.
> verbo permanece invariável, fixado na 3ª pessoa do singular
 
 
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.