Comentários das Questões de Auditoria SEFIN RO FGV 2018

por Tonyvan de Carvalho em 15/01/2018
Olá, Concursante!
 
Domingo, dia 14 de Janeiro de 2018, a Fundação Getúlio Vargas aplicou provas para o concurso da SEFIN RO, especificamente para o cargo de Auditor Fiscal de Tributos Estaduais.
 
Hoje irei comentar 02 (duas) questões da disciplina de Auditoria que foi cobrada na prova de Auditor.
 
O nosso material do TEC – Auditoria Recortada da Norma-, para quem é assinante avançado, contemplou todos os pontos do edital. Foi elaborado um guia de estudos direcionado para esse concurso (https://www.tecconcursos.com.br/modulos-compartilhados/129402).
 
Assunto: Normas de execução do auditor independente
 
59. (Auditor SEFIN RO // 2018 / FGV) Uma empresa de auditoria independente é chamada para trabalhar em uma sociedade empresária.
 
Ao averiguar se existem as condições prévias para um trabalho de auditoria, a administração da sociedade empresária impõe uma limitação no alcance do trabalho do auditor, de modo que este entende que a limitação resultará na emissão de um relatório com abstenção de opinião sobre as demonstrações contábeis.
 
Com base no caso apresentado, assinale a opção que indica o posicionamento correto do auditor independente.
 
(A) Deve aceitar o trabalho normalmente
 
(B) Deve aceitar o trabalho, deixando clara a sua intenção de emitir um relatório com abstenção de opinião.
 
(C) Não deve aceitar o trabalho, em nenhuma circunstância.
 
(D) Não deve aceitar o trabalho em nenhuma circunstância e deve denunciar  a empresa à entidade normatizadora contábil.
 
(E) Não deve aceitar o trabalho, a menos que exigido por lei ou regulamento.   
 
Comentários:
 
A FGV adora normas “atípicas” e era quase certo aparecer uma desse modelo na sua prova. Já havia feito esse alerta na análise que fiz no edital da SEFIN RO no site TEC Concursos (link: https://www.tecconcursos.com.br/dicas-dos-professores/analise-do-edital-da-sefaz-ro-2017-auditoria ).Tipo de questão “cara-crachá”. Nesse caso, a banca examinadora não testa conhecimento, mas quer saber apenas se você leu os dispositivos que normalmente vêm expressos no edital.
 
Segundo item 7, da NBC TA 210 - CONCORDÂNCIA COM OS TERMOS DO TRABALHO DE AUDITORIA, “se a administração ou os responsáveis pela governança impõem uma limitação no alcance do trabalho do auditor, nos termos de um trabalho de auditoria proposto, de modo que o auditor entenda que a limitação resultará na emissão de relatório com abstenção de opinião sobre as demonstrações contábeis, o auditor não deve aceitar esse trabalho de natureza limitada como um trabalho de auditoria, a menos que exigido por lei ou regulamento”. Questão extraída literalmente dessa norma. Portanto, alternativa correta é E.
 
Cabe ressaltar que uma questão similar fora cobra pela FGV no concurso de Auditor Fiscal Tributário da Receita Municipal (Cuiabá) / 2016. Veja:
50. (Auditor Fiscal Tributário da Receita Municipal (Cuiabá) / 2016 /FGV) Um auditor foi convidado para auditar a Cia. X. Antes de aceitar o trabalho, o auditor determinou que a estrutura de relatório financeiro que seria aplicada na elaboração das demonstrações contábeis era inaceitável. No entanto, a administração não concordou em fornecer divulgações adicionais nas demonstrações contábeis. O auditor entendeu que a limitação resultaria na emissão de relatório com abstenção de opinião sobre as demonstrações contábeis.
 
Sobre o posicionamento do auditor em aceitar ou não o trabalho, de acordo com as normas brasileiras de auditoria independente, assinale a afirmativa correta.
 
a) Aceitar, mas exigir honorários maiores.
 
b) Aceitar, mas fazer uma denúncia ao IBRACON.
 
c) Aceitar, apenas se o trabalho é exigido por lei ou regulamento.
 
d) Não aceitar, mesmo que o trabalho seja exigido por lei ou regulamento.
 
e) Não aceitar, mesmo que o trabalho seja exigido por lei ou regulamento e fazer uma denúncia ao IBRACON.
 
Comentários:
 
Segundo item 7, da NBC TA 210 - CONCORDÂNCIA COM OS TERMOS DO TRABALHO DE AUDITORIA, se a administração ou os responsáveis pela governança impõem uma limitação no alcance do trabalho do auditor, nos termos de um trabalho de auditoria proposto, de modo que o auditor entenda que a limitação resultará na emissão de relatório com abstenção de opinião sobre as demonstrações contábeis, o auditor não deve aceitar esse trabalho de natureza limitada como um trabalho de auditoria, a menos que exigido por lei ou regulamento. Questão extraída literalmente dessa norma. Portanto, alternativa correta é C.
Assunto: Opinião do auditor independente/Relatórios e Pareceres de Auditoria
 
65. (Auditor SEFIN RO // 2018 / FGV) Ao auditar uma sociedade empresária, o auditor independente concluiu que os estoques estão superavaliados. A distorção é considerada relevante, no entanto não é generalizada para as demonstrações contábeis.
 
Nesse caso, o auditor independente deve emitir um relatório com:
 
(A) opinião sem ressalvas
 
(B) opinião com ressalvas
 
(C) opinião adversa
 
(D)abstenção de opinião
 
(E)  parágrafo de ênfase
 
Comentários:
 
Questão aborda os tipos de opiniões emitidas pelo auditor independente. As NBC TA 700, 705 e 706 mostram a opinião do auditor acerca das demonstrações contábeis (relatórios/pareceres).
 
Segundo essas normas, os pareceres (relatórios) são de dois tipos: não modificados (sem ressalva/limpo) e modificados (subtipos: com ressalva, com abstenção de opinião e opinião adversa).
 
Opinião não modificada ou sem modificações é a opinião expressa pelo auditor quando ele conclui que as demonstrações contábeis são elaboradas, em todos os aspectos relevantes, de acordo com a estrutura de relatório financeiro aplicável (os itens 35 e 36 tratam das frases usadas para expressar essa opinião no caso da estrutura de apresentação adequada e da estrutura de conformidade, respectivamente). Em outros termos, parecer limpo é uma opinião em que o auditor verifica que as demonstrações financeiras foram elaboradas de acordo com os princípios fundamentais de contabilidade e aplicados com uniformidade.
 
A tabela a seguir mostra como a opinião do auditor sobre a natureza do assunto que gerou a modificação, e a disseminação de forma generalizada dos seus efeitos ou possíveis efeitos sobre as demonstrações contábeis, afeta o tipo de opinião a ser expressa:
 
 
Segundo a NBC 706, “parágrafo de ênfase é o parágrafo incluído no relatório do auditor referente a um assunto apropriadamente apresentado ou divulgado nas demonstrações contábeis que, de acordo com o julgamento do auditor, é de tal importância que é fundamental para o entendimento pelos usuários das demonstrações contábeis”.
 
A inteligência do item A5 da norma supracitada cita situações que podemos incluir um parágrafo de ênfase:
A5.  Exemplos de circunstâncias em que o auditor pode considerar necessário incluir um parágrafo de ênfase são:
 
• existência de incerteza relativa ao desfecho futuro de litígio excepcional ou ação regulatória;
 
• evento subsequente significativo ocorrido entre a data das demonstrações contábeis e a data do relatório do auditor (NBC TA 560, item 6);
 
• aplicação antecipada (quando permitida) de nova norma contábil com efeito relevante sobre as demonstrações contábeis;
 
• grande catástrofe que tenha tido, ou continue a ter, efeito significativo sobre a posição patrimonial e financeira da entidade. [grifo nosso]
Ante o exposto, conclui-se que o relatório será emitido com uma opinião com ressalvas.
 
Portanto, alternativa correta é B.
 
Quero ratificar o meu convite a vocês para conhecer meu material aqui no TEC. São Módulos de Auditoria e Questões das disciplinas comentadas por mim que podem ser acessadas no TEC. Esse material está adaptado às novas alterações das normas de auditoria e contempla mapas mentais, tabelas e esquemas para facilitar a memorização dos tópicos mais recorrentes em provas.
 
Firme nos estudos e até a próxima!
 
Grande abraço,
 
Tonyvan 
 
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.