Comentários das Questões de Auditoria Perito da PF CESPE2018

por Tonyvan de Carvalho em 21/09/2018
Olá, Concursante!
 
Hoje comentarei as questões de Auditoria da Polícia Federal (Conhecimentos Específicos), especificamente do cargo de PERITO CRIMINAL FEDERAL – CIÊNCIAS CONTÁBEIS, banca CESPE.
 
O nosso material do TEC – Auditoria Recortada da Norma-, para quem é assinante avançado, contemplou todos os pontos do edital. Foi elaborado um Guia de estudos direcionado para esse concurso.
 
Link do Guia: https://bit.ly/2MSVobf
 
De maneira geral, a CESPE não surpreendeu. Escolheu três assuntos e cobrou três questões tranquilas.
 
Vamos aos comentários das questões:

 
Assunto: Independência do Auditor
(Perito Criminal da Polícia Federal/Área 1/ Ciências Contábeis / Cespe / 2018) Julgue os itens a seguir, relativos aos trabalhos de auditoria e perícia.

A necessária independência do auditor independente em relação ao cliente auditado impõe preocupações quanto ao tamanho relativo dos honorários acordados ou eventuais presentes de valor significativo recebidos do cliente, exigindo a adoção de salvaguardas.
 
Comentários:
 
Item certo. O auditor, no exercício de sua atividade, deve manter uma atitude de independência que assegure a imparcialidade do seu julgamento, nas fases de planejamento, execução e emissão de seu parecer, bem como nos demais aspectos relacionados com sua atividade profissional. Não deve ter qualquer relação com a área/elemento a ser auditado de forma a preservá-lo de influências que possam afetar os resultados. Em regra, não caracteriza uma ameaça à independência do auditor o recebimento dos honorários devidos pelos seus serviços de auditoria prestados à entidade auditada. Isso só caracterizaria uma ameaça caso fosse fixado honorários condicionais ou incompatíveis com a natureza do trabalho contratado. Na prática, o auditor deve estabelecer e documentar seus honorários mediante avaliação dos serviços, levando-se em consideração: a relevância, o vulto, a complexidade, e o custo dos serviços a executar; o número de horas estimadas para a realização dos serviços; a peculiaridade de tratar-se de cliente eventual, habitual ou permanente; a qualificação técnica dos profissionais que irão participar da execução dos serviços; e o lugar em que os serviços serão prestados. Além disso, segundo a NBC PA 290(R2), aceitar presentes ou afins de cliente de auditoria pode criar ameaças de interesse próprio e de familiaridade. Se a firma ou membro da equipe de auditoria aceita presentes ou afins de cliente de auditoria, a menos que o valor seja insignificante ou sem importância, as ameaças criadas seriam tão significativas que nenhuma salvaguarda poderia reduzir as ameaças a um nível aceitável. Consequentemente, a firma ou membro da equipe de auditoria não deve aceitar esses presentes ou afins”.
 
Assim, exige-se a adoção de salvaguardas para evitar ameaças à independência do auditor quando houver pagamentos de honorários acordados ou eventuais presentes de valor significativo recebidos do cliente.
 
Portanto, item certo.
 
Assunto: Amostragem em auditoria
(Perito Criminal da Polícia Federal/Área 1/ Ciências Contábeis / Cespe / 2018) Julgue os itens a seguir, relativos aos trabalhos de auditoria e perícia.

Na definição do tamanho da amostra que o auditor utilizará para formar sua opinião sobre as demonstrações contábeis da auditada, quanto maior for o valor da distorção esperada na população analisada, maior deverá ser o tamanho da amostra.
 
Comentários:
 
Item certo. O tamanho da amostra selecionada pelo auditor deve ter uma relação direta com o valor da distorção esperada nas transações realizadas pela entidade. Assim, quanto maior for o valor da distorção esperada na população analisada, maior deverá ser o tamanho da amostra. A fundamentação para resolução está expressa no Apêndice 3 da NBC TA 530. Esse apêndice elenca exemplos de fatores que influenciam no tamanho da amostra, demonstrando a relação existente entre eles, se inversa ou direta, tanto para os Testes de Controles quanto para os Testes de Detalhes.
 
 
Portanto, item certo.
 
Assunto: Perícia contábil
(Perito Criminal da Polícia Federal/Área 1/ Ciências Contábeis / Cespe / 2018) Julgue os itens a seguir, relativos aos trabalhos de auditoria e perícia.

Devido à necessidade de emissão de laudo imparcial, o perito-assistente está impedido, em qualquer hipótese, de manter contato com o advogado do contratante.
 
Comentários:
 
Item errado. Ao ser intimado para dar início aos trabalhos periciais, o perito oficial deverá comunicar às partes e aos assistentes técnicos: a data, o local e a hora de início da produção da prova pericial contábil, exceto se designados pelo juízo. Nesse contexto, segundo a NBC TP 01:
7. O perito assistente pode, logo após sua contratação, manter contato com o advogado da parte que o contratou, requerendo dossiê completo do processo para conhecimento dos fatos e melhor acompanhamento dos atos processuais no que for pertinente a perícia.[grifo nosso]
Assim, a manutenção do contato entre o perito assistente e o advogado do contratante não afeta sua imparcialidade e nem tem vedação legal ou normativa quanto a esse contato.
 
Portanto, item errado.
 
Depois de mais uma prova comentada, quero ratificar o meu convite para você conhecer o meu material aqui no TEC. São Módulos de Auditoria e Questões das disciplinas comentadas por mim, e elas podem ser acessadas no TEC. Esse material está adaptado às novas alterações das normas de auditoria e contempla mapas mentais, tabelas e esquemas para facilitar a memorização dos tópicos mais recorrentes em provas.
 
Em breve, o nosso material teórico estará em conformidade com a nova árvore de assuntos do TEC, referente à Auditoria (Privada e Governamental). Aguardem!!!
 
Firme nos estudos!
 
Grande abraço,
 
Prof. Tonyvan
 
 
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.