Comentários: Contabilidade Geral ISS São Luiz - FCC

por Renato Valente em 30/07/2018
Olá pessoal
 
Aqui quem fala é o Renato Valente, comentarista nas questões de Contabilidade Geral e de Direito tributário.
 
Continuando com o treino para  ICMS-GO, comentarei as questões de contabilidade geral e avançada que foram cobradas no último fim de semana (29/07/2018) na prova de Auditor Fiscal de Tributos I - Área Abrangência: Geral.
 
 
76. O Patrimônio Líquido da Cia. Floresta, em 31/12/2016, era composto pelas seguintes contas:
− Capital Social: ................................................................................................................... R$ 800.000,00
− Reserva Legal: .................................................................................................................. R$ 150.000,00
− Reserva Estatutária: .......................................................................................................... R$ 100.000,00
No ano de 2017, o lucro líquido apurado pela Cia. Floresta foi R$ 300.000,00 e o estatuto da Cia. estabelece a seguinte destinação:
− Dividendos mínimos obrigatórios: 40% do lucro líquido ajustado nos termos da Lei.
− Retenção de Lucros: saldo remanescente.
Do lucro líquido apurado, R$ 60.000,00 foram decorrentes de incentivos fiscais recebidos pela empresa e, para não tributar este
ganho, a Cia. Floresta reteve-o na forma de Reserva de Incentivos Fiscais, utilizando a possibilidade estabelecida na Lei no 6.404/76. A Reserva Legal é constituída nos termos da mesma Lei.
Com base nestas informações, a Cia. Floresta
(A) reteve na forma de retenção de lucros R$ 138.000,00.
(B) reteve na forma de reserva legal R$ 15.000,00.
(C) distribuiu como dividendos mínimos obrigatórios R$ 116.000,00.
(D) reteve na forma de retenção de lucros R$ 114.000,00.
(E) distribuiu como dividendos mínimos obrigatórios R$ 90.000,00
 
Resolução:
 
Como 20% do CS é 160.000 e já integralizaram 150.000 em reserva legal, somente podemos integralizar mais 10.000 para cumprir o que estabelece o art. 193 da lei 6.404/76
Reserva Legal: 5% x 300.000 = 15.000
 
Observe que foi a maior, então o valor para reserva legal será de 10.000 (letra B errada)
 
O dividendo é ajustado nos termos da lei 6.404/76, logo:
Lucro líquido 300.000
Reserva Legal (10.000)
Reserva de Incentivos Fiscais
(60.000)
(=) BC dividendos 230.000
x Dividendo (40%) (92.000)
(=) Saldo para retenção de lucros 138.000
 
A única alternativa que se amolda às respostas acima é alternativa "A".
 
Gabarito Letra A
 
 
77. A Cia. Comercial Corujão adquiriu produtos para revenda e desembolsou os seguintes valores:
− Valor total dos produtos adquiridos: .................................................................................. R$ 420.000,00
− Valor total do seguro para transporte dos produtos adquiridos até a empresa: .................. R$ 10.000,00
No valor total dos produtos adquiridos estavam inclusos:
− Tributos recuperáveis: ...................................................................................................... R$ 52.000,00
− Tributos não recuperáveis: ............................................................................................... R$ 23.000,00
A Cia. Comercial Corujão revendeu todos os produtos adquiridos por R$ 800.000,00, concedendo 5% de desconto pelo pagamento
à vista. Sobre o valor da venda houve a incidência de ICMS no valor de R$ 92.000,00, a Cia. pagou comissão para os
vendedores no valor de R$ 8.000,00 e arcou com o pagamento do frete para entrega dos produtos vendidos no valor de
R$ 12.000,00. Com base nessas informações, o valor do lucro bruto apurado pela Cia. Comercial Corujão, em relação à transação
realizada foi, em reais,
(A) 382.000,00
(B) 278.000,00
(C) 290.000,00
(D) 270.000,00
(E) 261.000,00
 
Resolução:
 
Questão sobre DRE que busca fundamentos no CPC 16 acerca do custo do Estoque:
CPC 16 11.  O custo de aquisição dos estoques compreende o preço de compra, os impostos de importação e outros tributos (exceto os recuperáveis perante o fisco), bem como os custos de transporte, seguro, manuseio e outros diretamente atribuíveis à aquisição de produtos acabados, materiais e serviços. Descontos comerciais, abatimentos e outros itens semelhantes devem ser deduzidos na determinação do custo de aquisição
 
Estoques:
Valor total dos produtos adquiridos: .................................................................................. R$ 420.000,00
Valor total do seguro para transporte dos produtos adquiridos até a empresa: .................. R$ 10.000,00
(-) Tributos recuperáveis: ...................................................................................................... R$ 52.000,00
(=) Custo do estoque ......................................................................................................  R$ 378.000,00
 
DRE:
 
 
Receita Bruta de Vendas
800.000
(-) ICMS sobre Vendas ( 92.000 )
(-) Descontos incondicionais (5%) ( 40.000 )
(=) Receita Líquida de vendas 668.000
(-) CMV ( 378.000 )
(=) Lucro Bruto 290.000
 
Despesa com comissão e frete sobre vendas são despesas dedutíveis APÓS o lucro bruto, daí o motivo de não as usar.
 
Gabarito Letra C
 
 
78. A empresa comercial Só Pastilhas S.A. apresentou as seguintes informações referentes ao ano de 2017, com os valores
expressos em reais:
Receita Bruta de Vendas ........................................................................................ 2.000.000
(−) Impostos sobre Vendas ..................................................................................... (360.000)
(=) Receita Líquida ................................................................................................ 1.640.000
(−) Custo das Mercadorias Vendidas ...................................................................... (740.000)
(=) Lucro Bruto ...................................................................................................... 900.000
(−) Despesas Operacionais                                                                                                  .
Despesa de Depreciação ................................................................................... (80.000)
Despesa com Salários ....................................................................................... (40.000)
(+) Receita Financeira ............................................................................................ 15.000
(=) Lucro antes do IR e CSLL ................................................................................. 795.000
(−) IR e CSLL .......................................................................................................... (115.000)
(=) Lucro Líquido ..................................................................................................... 680.000
O valor dos tributos recuperáveis referentes aos produtos comercializados no ano de 2017 foi R$ 110.000,00. Com base nessas
informações, o Valor Adicionado a Distribuir gerado pela empresa comercial Só Pastilhas S.A. no ano de 2017 foi, em reais,
(A) 1.260.000,00
(B) 1.195.000,00
(C) 1.150.000,00
(D) 1.085.000.00
(E) 1.070.000,00
 
Resolução:
 
Conforme o CPC 09, nas receitas e nos insumos adquiridos de 3º devemos somar os tributos incididos nessa operações, ou seja, os valores devem ser brutos e não líquidos de impostos:
 
Receita de vendas 2.000.000
insumos adquiridos de 3º  
CMV + tributos recuperáveis (850.000)
(=) V.A. Bruto 1.150.000
(-) depreciação (80.000)
(=) V.A. Líquido 1.070.000
V.A. recebido em transferência  
Receitas financeiras 15.000
(=) V.A. a distribuir 1.085.000
 
Gabarito Letra D
 
 
79. Considere as seguintes informações obtidas a partir das demonstrações contábeis da Cia. Copa e da Cia. Campeã
 
Com base nessas informações, a Cia.
(A) Copa apurou maior lucro líquido.
(B) Campeã apresenta maior ativo circulante.
(C) Copa apresenta maior montante de recursos de terceiros.
(D) Copa apresenta maior passivo não circulante.
(E) Campeã apresenta maior patrimônio líquido.
 
Resolução:
 
Vamos fazer a análise das duas empresas
 
Empresa COPA Empresa CAMPEÃ
Liquidez Corrente = AC/PC
1,5= AC/ 12.000
AC = 18.000
 
Índice de composição do endividamento  = PC/ (PC+PNC)
0,6 = 12.000 / (12.000+PNC)
PNC = 8.000
 
Grau de endividamento = :(PC+PNC)/ (PC+PNC+PL)
0,8 = 20.000/ 20.000+PL
PL = 5.000
 
Retorno sobre o PL = Lucro líquido/ PL
0,2 = Lucro líquido/ 5.000
Lucro líquido = 1.000
Liquidez Corrente = AC/PC
2 = AC/ 9.000
AC = 18.000
 
Índice de composição do endividamento  = PC/ (PC+PNC)
0,4 = 9.000 / (9.000+PNC)
PNC = 13.500
 
Grau de endividamento = :(PC+PNC)/ (PC+PNC+PL)
0,8 = 22.500/ 22.500+PL
PL = 5.625
 
Retorno sobre o PL = Lucro líquido/ PL
0,18 = Lucro líquido/ 5.625
Lucro líquido = 1.012,50
 
Com base nos dados acima, podemos afirmar que Campeã apresenta maior patrimônio líquido. (5.625 > 5.000)
 
Gabarito Letra E
 
 
80. A Cia. Transparente publicou os Balanços Patrimoniais em 31/12/2016 e 31/12/2017, e a Demonstração do Resultado para o ano 2017, os quais estão apresentados a seguir
Durante o ano de 2017 a empresa não liquidou nenhum empréstimo e não pagou as despesas financeiras incorridas. O valor
correspondente ao Caixa das Atividades Operacionais é, em reais,
(A) 214.000,00
(B) 212.000,00
(C) 224.000,00
(D) 244.000,00
(E) 269.000,00
 
Resolução:
 
Lucro Líquido 221.000  
Despesa financeira 12.000 Não é fluxo de caixa, já que não foi pago
Resultado positivo equv. Patrimonial (10.000)
Não é fluxo de caixa
Desp. Depreciação 34.000
Não é fluxo de caixa
(=) Lucro líquido ajustado 257.000  
Ajustes no BP    
Aumento Clientes (60.000) Variação das contas do Ativo
Diminuição Estoques
50.000
Aumento Desp. Antecipado (20.000)
Diminuição Fornecedores (30.000) Variação das contas do Passivo
Aumento Impostos a pagar 17.000
(=) Fluxo de caixa operacional 214.000  
 
 
Gabarito Letra A
 
 
86. Uma empresa adquiriu o direito sobre uma tecnologia e definiu que a vida útil esperada pela sua utilização será de 15 anos. O
valor pago foi R$ 30.000.000,00 e, quando terminar o prazo de vida útil, o ativo não apresentará valor para negociação. O início
de utilização do direito foi em 31/12/2014 e no final de 2015 a empresa realizou o teste de redução ao valor recuperável (teste de
“impairment”), utilizando-se das seguintes informações:
− Valor em uso da tecnologia ...................................................................................... R$ 25.700.000,00.
− Valor justo líquido das despesas de venda da tecnologia ........................................ R$ 24.000.000,00.
Na demonstração do resultado do ano de 2015 a empresa
(A) reconheceu uma perda por desvalorização no valor de R$ 4.300.000,00, apenas.
(B) reconheceu uma despesa de amortização no valor de R$ 2.000.000,00 e uma perda por desvalorização no valor de
R$ 2.300.000,00.
(C) reconheceu uma despesa de amortização no valor de R$ 2.000.000,00 e uma perda por desvalorização no valor de
R$ 4.000.000,00.
(D) não reconheceu nenhuma despesa de amortização e reconheceu uma perda por desvalorização no valor de R$ 1.700.000,00.
(E) reconheceu uma despesa de amortização no valor de R$ 2.000.000,00, apenas
 
Resolução:
 
Primeiro a amortização, já que é um intangível com vida util definida:
\mbox{30.000.000 - }({\mbox{30.000.000} \over \mbox{15 anos}}) = \mbox{28.000.000}
 
Agora o teste de recuperabilidade:
Valor contábil é 28.000.000 em 31/12/2015 e o valor recuperável é de 25.700.000 (valor em uso). O CPC 01 propugna que o valor recuperável é o MAIOR valor entre o seu valor de uso e o valor justo.
 
Por fim, como o valor contábil SUPERA o valor recuperável, o CPC 01 prevê que a entidade deva reconhecer uma perda ao valor recuperável pela diferença apurada. Dessa forma, essa será a perda reconhecida na DRE:
 
28.000.000 - 25.700.000 = 2.300.000
 
Portanto, essa entidade reconheceu uma despesa de amortização no valor de R$ 2.000.000,00 e uma perda por desvalorização no valor de R$ 2.300.000,00.
 
Gabarito Letra B
 
 
87. Em 31/12/2016, uma empresa realizou vendas totais no valor de R$ 1.075.000,00, sendo que R$ 500.000,00 foram vendidos à
vista e o saldo remanescente será recebido integralmente após 15 meses. A empresa praticava a taxa de juros de 11,83% ao
ano para as suas vendas a prazo, que equivale a uma taxa de 15% no prazo de 15 meses.
Em relação às vendas efetuadas em 31/12/2016, a empresa reconheceu Receita de Vendas no valor de
(A) R$ 1.000.000,00 e Receita Financeira no valor de R$ 75.000,00, ambas no resultado do ano de 2016.
(B) R$ 1.075.000,00 no resultado do ano de 2016, apenas.
(C) R$ 500.000,00 no resultado do ano de 2016 e Receita de Vendas no valor de R$ 575.000,00 no resultado do ano de 2017.
(D) R$ 1.000.000,00 no resultado do ano de 2016 e Receita Financeira no valor de R$ 59.150,00 no resultado do ano de 2017.
(E) R$ 537.500,00 no resultado do ano de 2016 e Receita de Vendas no valor de R$ 537.500,00 no resultado do ano de 2017.
 
Resolução:
 
Questão sobre ajuste a valor presenta (CPC 12)
 
O segredo nesse tipo de questão é saber que os lançamentos das vendas à vista e das vendas a prazo são diferentes. Vejamos:
- R$ 500.000,00 foram vendidos à vista em 31/12/2016
D Caixa         500.000
C Receita de vendas 500.000
 
- saldo remanescente (575.000) será recebido integralmente após 15 meses (venda a prazo) em 31/12/2016.
D Cliente 575.000
C Ajuste a valor presenta 75.000
C Receita de vendas  500.000        (=575.000/ 1,15).
 
Portanto, em 31/12/2016, 1.000.000 de receita de vendas fora reconhecido, já para o exercício de 2017, como a questão nos forneceu a taxa (11,83% ao ano), a receita financeira apropriada no período será de:
 
(575.000 - 75.000) x 0,1183 = 59.150
 
O lançamento seria de:
D Ajuste a valor presente   59.150
C Receita financeira   59.150
 
Gabarito Letra D
 
 
88. As Demonstrações dos Resultados do ano de 2016 das empresas Dominadora S.A. e Submissa S.A. estão apresentadas a seguir:
 
As seguintes informações são conhecidas:
I. A empresa Dominadora S.A. detém 100% do capital da empresa Submissa S.A.
II. A empresa Submissa S.A. efetuou uma venda no valor de R$ 3.000,00 para a empresa Dominadora S.A., sendo que o Custo dos Produtos Vendidos foi R$ 2.100,00. Desta forma, a margem bruta nesta venda foi 30%.
III. A empresa Dominadora S.A. ainda mantém em estoque o valor de R$ 1.200,00 das compras que fez da empresa Submissa S.A.

O Resultado Bruto com Vendas e o Resultado Líquido evidenciados na demonstração consolidada dos resultados do ano de 2016 foram, respectivamente, em reais,
(A) 9.240,00 e 5.100,00
(B) 9.240,00 e 4.740,00
(C) 9.600,00 e 4.740,00
(D) 9.600,00 e 5.100,00
(E) 8.700,00 e 4.200,00
 
Resolução:
 
Observe que o lucro apurado na operação do item "II" resultou em um lucro de 900,00. Além disso, a empresa dominadora ainda ficou com 1.200 dos estoques pertencentes da empresa Submissa S.A. Por isso, temos ainda 40% desses estoques (= 1.200/3.000), então o lucro não realizado (LNR) será de 360,00 e a parte realizada de 540,00
LNR = 900 x 40% = 360.
 
Por fim, ao se apurar o lucro pela DRE, consolidada, temos que tirar as operações entre essas empresas, que nessa questão está representado pelo LNR e pela Equivalência patrimonial:
 
Lançamento para consolidar a DRE:
D Receita de venda     3.000
C CMV             2.640                            (CMV e a parte realizada)
C Estoque 360
 
D Equivalencia patrimonial    240
C Investimento     240
 
 
Receita bruta 21.000 = 24.000 - 3.000
(-) CMV (11.760) = 14.400 - 2.640
(=) Lucro bruto 9.240  
(-) Despesas gerais (4.500)  
(=) Lucro Líquido 4.740  
 
Gabarito Letra B
 
 
89. No dia 01/12/2015, uma empresa obteve um empréstimo no valor de R$ 20.000.000,00. O prazo do empréstimo se encerrará em
01/12/2025, data em que a empresa deverá pagar integralmente o valor do principal. Os juros deverão ser pagos semestralmente
com a primeira parcela vencendo em 01/06/2016 e a taxa de juros compostos negociada foi 1,5% ao mês. O valor
das parcelas semestrais de juros é R$ 1.868.865,28 e a empresa pagou, adicionalmente, na data da obtenção do empréstimo,
despesas relacionadas com o contrato no valor de R$ 500.000,00. A taxa de custo efetivo da operação foi 1,5442% ao mês.

O valor contábil do empréstimo que foi apresentado no balanço patrimonial de 31/12/2015 e o valor total dos encargos
financeiros evidenciados no resultado de 2015, referentes ao empréstimo obtido, foram, respectivamente, em reais,
(A) 19.801.119,00 e 301.119,00
(B) 20.300.000,00 e 800.000,00
(C) 20.083.840,00 e 808.840,00
(D) 17.932.253,72 e 301.119,00
(E) 20.311.477,55 e 811.477,55
 
Resolução:
 
A questão solicitou os encargos financeiros (juros) e o valor líquido no BP no final do período de 1 ano.
 
De acordo com o item 11 e 12 do CPC 08, o valor captado de empréstimos deve ser líquido de custos de transação, e os custos incorridos deve ser apropriados no decorrer do contrato, assim, ele será primeiramente reconhecido como retificador no passivo. vejamos:
D Disponibilidade 19.500.000
C Custos a amortizar 500.000   (retifica empréstimo no passivo)
C Empréstimos a pagar 20.000.000
 
Os encargos financeiros incidem no valor líquido do empréstimo utilizando-se da taxa efetiva, conforme o item 12 do CPC 08. Dessa forma, esse será o nosso encargo financeiro (juros passivos ou despesas financeiras):
 
Encargos financeiros:19.500.000 x 15,442% = 301.119
 
Como o pagamento é semestral, o valor da despesa financeiros, juros passivos ou encargos financeiros serão apropriados ao empréstimo no BP, já que o acessório segue o principal
D Despesas financeiras 301.119
C Empréstimos a pagar 301.119
 
Saldo total do empréstimo no BP: 19.500.000 + 301.119 = 19.801.119,00
 
Gabarito Letra A
 
 
90. A empresa American Products Corporation atua nos Estados Unidos da América e sua moeda funcional é o dólar americano.
Esta empresa é controlada da empresa brasileira Brasil Importados S.A., cuja moeda funcional é o Real. O Balanço Patrimonial
da empresa American Products Corporation, em 31/12/2016, apresentava os seguintes saldos nas diversas contas, com os valores expressos em dólar americano
O resultado líquido obtido em 2016 pela empresa American Products Corporation, após a conversão para a moeda funcional
da empresa brasileira, foi R$ 6.000,00, e a conta Reservas de Lucros da empresa, em 31/12/2015, convertida para Reais,
apresentava o saldo de R$ 4.000,00.
As seguintes informações adicionais são conhecidas:
− Os Estoques foram adquiridos em 30/11/2016.
− O Imobilizado e os Intangíveis foram adquiridos em 31/12/2015.
− O Capital foi integralizado em 31/12/2012.
As cotações do dólar para diversas datas são as seguintes:
Após a conversão do Balanço Patrimonial da empresa American Products Corporation para Reais, o valor
(A) do Patrimônio Líquido é R$ 29.560,00.
(B) Total do Ativo é R$ 68.000,00.
(C) da conta Ajustes Acumulados de Conversão é R$ 18.000,00.
(D) do Patrimônio Líquido é R$ 37.400,00.
(E) da conta Ajustes Acumulados de Conversão é R$ 28.000,00.
 
Resolução:
 
Conforme normas do CPC 02, em relação a taxa de câmbio, utilizamos:
  • Taxa de Fechamento para Ativos e Passivos;
  • Taxa Histórica para Capital Social; e,
  • Taxa Média para contas de resultado
 
O Ativo final é de 20.000 dólares, então o valor, em reais será de 80.000 (= US$ 20.000 x 4,00)
O Passivo final é de 9.000 dólares, então o valor, em reais será de 36.000 (= US$ 9.000 x 4,00)
 
O Capital é 8.000 dólares, seu valor em reais será de 16.000 (= US$ 8.000 x 2,00)
 
A questão fala que o lucro e as reservas, já convertidas, montavam 6.000 e 4.000 reais, respectivamente. Portanto, o nosso PL, considerando apenas essas três contas, já possui 26.000 reais
 
Ora, tenho o valor do ativo total, passivo total e de parte do PL, o que exceder é justamente o valor do Ajustes Acumulados de Conversão, vejamos:
 
Ativo = Passivo + PL
80.000 = 36.000 + (26.000 + AAC)
AAC = 18.000
 
Gabarito Letra C
 
 
Por enquanto é isso. Grande abraço a todos e bons estudos
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.