Comentário da Prova de Auditoria do ISS Petrolina IAUPE 2019

por Tonyvan de Carvalho em 28/02/2019
Olá, Concursante!
 
Hoje comentarei a prova de Auditoria do ISS Petrolina, especificamente para o cargo de Auditor Fiscal, banca IAUPE.
 
O nosso material do TEC – Auditoria Recortada da Norma-, para quem é assinante avançado, contemplou todos os pontos do edital. Foi elaborado um Guia de estudos direcionado para esse concurso.
 
 
De maneira geral, a IAUPE surpreendeu. Cobrou questões diferentes – duas contendo dispositivos de normas revogadas, uma sobre ética profissional (doutrina), uma de fraude e uma sobre a utilização da auditoria interna pelo auditor independente.
 
Vamos aos comentários das questões:
 
PROVA DE AUDITORIA COMENTADA – AUDITOR FISCAL DO ISS PETROLINA – IAUPE 2019
 
ASSUNTO: DOCUMENTAÇÃO DE AUDITORIA
36. (AUDITOR FISCAL/ISS PETROLINA/IAUPE/2019) Leia o texto abaixo: A extensão dos papéis de trabalho é assunto de julgamento profissional, visto que __________________________ documentar todas as questões de que o auditor trata; entretanto, qualquer matéria que, por ser relevante, possa influir sobre o seu parecer, deve gerar ____________________ que apresentem as indagações e conclusões do auditor. Assinale a alternativa cujos termos complementam, CORRETA e respectivamente, as lacunas.
A) é indispensável / registros
B) não é necessário nem prático / situações idealizadas
C) é indispensável / determinações legais
D) gerencialmente se deve / processos de gestão
E) não é necessário nem prático / papéis de trabalho
 
Comentários:
 
Questão enfatiza que nem todos os papéis de trabalho devem ser documentados. Segundo a NBC TA 230(R1), “a documentação de auditoria fornece evidências de que a auditoria está em conformidade com as normas de auditoria. Contudo, não é necessário nem praticável para o auditor documentar todos os assuntos considerados ou todos os julgamentos profissionais exercidos na auditoria. Além disso, é desnecessário o auditor documentar separadamente (como em lista de verificação, por exemplo) a conformidade em assuntos já demonstrada por documentos incluídos no arquivo de auditoria”.
 
Além disso, a NBC T 11 – IT – 02 (PAPÉIS DE TRABALHO E DOCUMENTAÇÃO DA AUDITORIA) trata o tema da seguinte forma:
FORMA E CONTEÚDO DOS PAPÉIS DE TRABALHO
5. A extensão dos papéis de trabalho é assunto de julgamento profissional, visto que não é necessário nem prático documentar todas as questões de que o auditor trata; entretanto, qualquer matéria que, por ser relevante, possa influir sobre o seu parecer, deve gerar papéis de trabalho que apresentem as indagações e conclusões do auditor. Ao avaliar a extensão dos papéis de trabalho, o auditor deve considerar o que seria necessário para proporcionar a outro auditor, sem experiência anterior com aquela auditoria, o entendimento do trabalho executado e a base para as principais decisões tomadas, sem adentrar os aspectos detalhados da auditoria. É possível que esse outro auditor somente possa entender os fatos analisados pela auditoria discutindo-os com os auditores que preparam os papéis de trabalho. [grifos não constantes no original]
Portanto, alternativa correta é E.
 
ASSUNTO: CONTROLE INTERNO DA ENTIDADE
37. (AUDITOR FISCAL/ISS PETROLINA/IAUPE/2019) “Compreende o plano de organização e o conjunto integrado de método e procedimentos adotados pela entidade na proteção do seu patrimônio, promoção da confiabilidade e tempestividade dos seus registros e demonstrações contábeis e da sua eficácia operacional”. Estamos nos referindo
A) ao planejamento organizacional.
B) ao sistema contábil e de controles internos.
C) à auditoria interna e externa.
D) à eficácia organizacional.
E) a uma contabilidade organizada.
 
Comentários:
 
Questão aborda a composição do sistema contábil e de controles internos da entidade auditada, segundo a NBC T 11. Veja:
11.2.5 – ESTUDO E AVALIAÇÃO DO SISTEMA CONTÁBIL E DE CONTROLES INTERNOS
11.2.5.1 – O sistema contábil e de controles internos compreende o plano de organização e o conjunto integrado de método e procedimentos adotados pela entidade na proteção do seu patrimônio, promoção da confiabilidade e tempestividade dos seus registros e demonstrações contábeis, e da sua eficácia operacional. [grifo nosso]
Ressalte-se que a NBC T 11 foi revogada pela NBC TA 200. É comum, em auditoria, cobrar dispositivos de normas revogadas. Por isso, nada de querer “brigar” com a banca quanto a essa prática. Além disso, muitos dispositivos de normas revogadas encontram-se reproduzidos literalmente nos livros dos melhores doutrinadores da área de auditoria, dependendo da edição da obra.
 
Questão extraída literalmente da norma supracitada. Portanto, alternativa correta é B.
 
ASSUNTO: ÉTICA PROFISSIONAL
38. (AUDITOR FISCAL/ISS PETROLINA/IAUPE/2019) As funções do auditor, hoje, vão muito além do tradicional conceito de fiscalização. Além de averiguar e detectar eventuais falhas nos sistemas de controle e no plano de organização, o auditor se preocupa também com a manutenção desses sistemas, de forma que as não conformidades sejam minimizadas, atuando de maneira preventiva e apresentando sugestões para eventuais desvios. Tais afirmações se referem à aplicação do conceito de
A) Ética profissional.
B) Valores morais.
C) Qualidade total.
D) Eficácia profissional.
E) Busca pelo aprimoramento.
 
Comentários:
 
O auditor está certamente focado em suas responsabilidades e metas que devem ser alcançadas com exatidão. Além de suas habilidades, deve seguir normas estabelecidas por órgãos competentes formais e de procedimentos legais, regidos por leis correlacionadas a sua função, o que garante respaldo e legitimidade, obtendo segurança na prevenção de fraudes, na intenção de punir a todos os inconscientes envolvidos pelos erros gerados.
 
Segundo a doutrina:
As funções do auditor, hoje, vão muito além do tradicional conceito de fiscalização. Além de averiguar e detectar eventuais falhas nos sistemas de controle e no plano de organização, o auditor se preocupa também com a manutenção desses sistemas, de forma que as não conformidades sejam minimizadas, atuando de maneira preventiva e apresentando sugestões para eventuais desvios (aplicação do conceito de qualidade total) (JUND, 2001, p. 48). [grifos não constantes no original]
Questão doutrinária e extraída literalmente desse posicionamento.
 
Portanto, alternativa correta é C.
 
ASSUNTO: FRAUDE
39. (AUDITOR FISCAL/ISS PETROLINA/IAUPE/2019) Na avaliação da evidência de auditoria, se o auditor identifica uma distorção, ele deve avaliar se a distorção é indicadora de fraude. Caso exista tal indicador, o auditor deve avaliar as implicações da distorção relativamente a outros aspectos da auditoria, em especial a(s) ________________________________________, reconhecendo que _____________________________________. Assinale a alternativa cujos termos complementam, CORRETA e respectivamente, as lacunas.
A) possibilidade de existirem outras fraudes / tal possibilidade é real
B) aptidão de planejamento / sem planejamento, não se consegue avaliar nada
C) confiabilidade das representações da administração / dificilmente um caso de fraude será uma ocorrência isolada
D) distribuição das contas / estas precisam de uma análise minuciosa
E) demonstrações contábeis / ações preventivas devem ser pensadas sobre elas
 
Comentários:
 
Questão aborda aspecto da avaliação da evidência de auditoria quanto à possibilidade de fraude. O auditor deve avaliar se os procedimentos analíticos aplicados perto do final do período, na formação da conclusão global de que as demonstrações contábeis, como um todo, estão consistentes com o entendimento sobre a entidade e do seu ambiente obtido pelo auditor indicam um risco anteriormente não reconhecido de distorção relevante decorrente de fraude.
 
Segundo a NBC TA 240(R1):
35. Se o auditor identifica uma distorção, ele deve avaliar se a distorção é indicadora de fraude. Caso exista tal indicador, o auditor deve avaliar as implicações da distorção relativamente a outros aspectos da auditoria, em especial a confiabilidade das representações da administração, reconhecendo que dificilmente um caso de fraude será uma ocorrência isolada (ver item A51). [grifos não constantes no original]
Portanto, alternativa correta é C.
 
ASSUNTO: UTILIZAÇÃO DO TRABALHO DE OUTROS PROFISSIONAIS (AUDITORIA INTERNA)
40. (AUDITOR FISCAL/ISS PETROLINA/IAUPE/2019) Sobre os objetivos do auditor independente, em que a entidade tenha a função de auditoria interna e ele espera utilizar o trabalho dessa função para modificar a natureza, a época ou para reduzir a extensão dos procedimentos de auditoria a serem diretamente executados pelo próprio auditor independente, inclusive quando ele pretende obter assistência direta dos auditores internos, analise as afirmativas abaixo:
I. Determinar se o trabalho da auditoria interna ou se a assistência direta dos auditores internos pode ser utilizado e, em caso positivo, em quais áreas e em que extensão.
II. Se utilizar o trabalho da auditoria interna, o auditor independente deve determinar que esse trabalho é adequado para os fins da sua auditoria
III. Se utilizar os auditores internos para prestar assistência direta, o auditor independente não poderá dirigir, supervisionar e revisar o trabalho executado pelos auditores internos de forma apropriada. Está CORRETO o que se afirma em
A) I e II, apenas.
B) I e III, apenas.
C) II e III, apenas.
D) I, II e III.
E) III, apenas.
 
Comentários:
 
Questão aborda os objetivos do auditor independente quanto ao uso da auditoria interna. Segundo a NBC TA 610:
13. Os objetivos do auditor independente, onde a entidade tenha a função de auditoria interna e ele espera utilizar o trabalho dessa função para modificar a natureza, a época ou para reduzir a extensão dos procedimentos de auditoria a serem diretamente executados pelo próprio auditor independente, inclusive quando ele pretende obter assistência direta dos auditores internos são:
(a) determinar se o trabalho da auditoria interna ou se a assistência direta dos auditores internos pode ser utilizado e, em caso positivo, em quais áreas e em que extensão; [ITEM I]
(b) se utilizar o trabalho da auditoria interna, o auditor independente deve determinar que esse trabalho é adequado para os fins da sua auditoria; [ITEM II] e
(c)     se utilizar os auditores internos para prestar assistência direta, o auditor independente deve dirigir, supervisionar e revisar o trabalho executado pelos auditores internos de forma apropriada. [grifos não constantes no original]
Analisando-se os itens acima, conclui-se que apenas o “III” apresenta um erro sutil – “Não poderá”. O Correto seria “deve” ao invés de “Não poderá”.
 
Portanto, alternativa correta é A.
Venha conhecer o nosso material teórico que está disponível juntamente com os comentários das questões, em conformidade com a árvore de assuntos de Auditoria. Esse material está ATUALIZADO e adaptado às novas alterações das normas de auditoria e contempla mapas mentais, tabelas e esquemas para facilitar a memorização dos tópicos mais recorrentes em provas.
 
Firme nos estudos!
 
Grande abraço,
 
Prof. Tonyvan
 
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.