Administração Geral para MPU - parte 9

por Adriel Sá em 03/05/2013
Olá a todos!

Dando sequência à revisão da nossa disciplina de AG para o concurso do MPU, posto hoje algumas questões interessantes da banca versando sobre a ferramenta Balanced Scorecard.

Grande abraço a sucesso!

adrieldesa@hotmail.com

Que Deus nos recompense!

Adriel


Balanced Scorecard
  1. (CESPE / TCU / ANALISTA DE CONTROLE EXTERNO – PLANEJAMENTO E GESTÃO/ 2008)

    O BSC é uma ferramenta que traduz a missão e a estratégia das organizações em um conjunto abrangente de medidas de desempenho que serve de base para um sistema de medição e gestão estratégica.

Item certo.

Segundo Kaplan e Norton, Balanced Scorecard é uma técnica que visa a integração e balanceamento de todos os principais indicadores de desempenho existentes em uma empresa, desde os financeiros/administrativos até os relativos aos processos internos, estabelecendo objetivos da qualidade (indicadores) para funções e níveis relevantes dentro da organização, ou seja, desdobramento dos indicadores corporativos em setores, com metas claramente definidas.

  1. (CESPE / TCU / ANALISTA DE CONTROLE EXTERNO – PLANEJAMENTO E GESTÃO/ 2008)

    O BSC é similar a todos os outros modelos de gestão, diferenciando-se apenas quanto à quantidade de indicadores utilizados no nível operacional.

Item errado.

Conforme Campos (2001), o Balanced Scorecard foi criado para solucionar o problema de comunicação do planejamento empresa como um todo, visando utilizar uma visão holística da administração em beneficio do seu planejamento estratégico. É o planejamento em ação. Foi escolhido pela Harvard Business Review (HBR) como uma das práticas de gerenciamento mais importantes dos últimos 75 anos, revela-se como uma ferramenta capaz de atender às novas exigências de gerenciamento dentro dos cenários econômicos em constantes mutações, como um instrumento de maior importância à construção de uma estrutura de indicadores estratégicos que possua abrangência e coerência compatível com a nova era do conhecimento. Assim, o BSC não é similar a todos os outros modelos de gestão, pois cada modelo tem sua particularidade.

  1. (CESPE / TCU / ANALISTA DE CONTROLE EXTERNO – PLANEJAMENTO E GESTÃO/ 2008)

    A característica que singulariza o BSC é a ênfase nos indicadores financeiros, que propiciarão o controle da organização em todos os níveis.

Item errado.

Conforme Kaplan e Norton, o BSC inova com a junção de medidores de desempenho futuro, focados estrategicamente nas perspectivas das Finanças, dos Clientes, dos Processos Internos e Crescimento. A definição e integração dos objetivos e das iniciativas dessas quatro perspectivas constituem os pilares do sistema BSC, que devem ser conectados ao pensamento estratégico da organização.

  1. (CESPE / TCU / ANALISTA DE CONTROLE EXTERNO – PLANEJAMENTO E GESTÃO/ 2008)

    O BSC é organizado em torno de quatro perspectivas distintas — financeira; dos clientes; dos processos internos; do aprendizado e crescimento —, que são padronizadas, o que permite a mesma utilização em qualquer organização.

Item errado.

Kaplan e Norton lecionam que o BSC inova com a junção de medidores de desempenho futuro, focados estrategicamente nas perspectivas das Finanças, dos Clientes, dos Processos Internos e Crescimento. A definição e integração dos objetivos e das iniciativas dessas quatro perspectivas constituem os pilares do sistema BSC, que devem ser conectados ao pensamento estratégico da organização.

No entanto, cada organização possui características e particularidades, não havendo uma rigidez na elaboração das quatro perspectivas.

  1. (CESPE / TCU / ANALISTA DE CONTROLE EXTERNO – PLANEJAMENTO E GESTÃO/ 2008)

    Segundo a metodologia do BSC, os participantes da organização devem acompanhar e monitorar cada aspecto ligado à estratégia, para que haja sucesso na implementação do plano.

Item certo.

Segundo Kaplan e Norton, o BSC se diferencia de todos os outros modelos de gestão porque ele pode agregar todos os modelos de controle financeiro e não financeiro que existem, desde que propiciem ao administrador uma forma de indicador de desempenho. É uma ferramenta de apoio para acompanhar e monitorar as evoluções das decisões da empresa, centradas em indicadores chaves. Cada pessoal na organização deve entender cada aspecto ligado a estratégia, para que o sucesso seja pleno.

  1. (CESPE / TCU / ANALISTA DE CONTROLE EXTERNO – PLANEJAMENTO E GESTÃO/ 2008)

    Uma organização que vise implementar o BSC deve, primeiramente, identificar os indicadores relevantes.

Item errado.

Para a construção de um BSC, Kaplan e Norton (1997) sugerem quatro passos, que se desenvolvidos de forma correta, permitirá a sua consistência. Este passos são:

1º) definição da arquitetura de indicadores;

2º) consenso em função dos objetivos estratégicos;

3º) escolha e elaboração dos indicadores; e

4º) elaboração do plano de implementação.

  1. (CESPE / TCU / ANALISTA DE CONTROLE EXTERNO – PLANEJAMENTO E GESTÃO/ 2008)

    No que tange ao foco nos recursos humanos, a adoção do BSC possibilita a utilização da remuneração variável.

Item certo.

Segundo os idealizadores do BSC (Kaplan e Norton), um sistema fixo de remuneração não mais atende à diversidade de expectativas de remuneração e recompensa do quadro de profissionais de uma organização. Agora, mais do que antes, os modelos de formulação estratégica, de medição de reconhecimento e do desempenho empresarial tornam-se necessários para estruturar decisões e avaliá-las, mesmo considerando a volatilidade dos processos pós-industriais. Neste cenário, os agentes econômicos procuram instrumentos de gestão empresarial que permitam conectar desempenhos individuais ao desempenho organizacional. Portanto, a adoção do BSC possibilita a concessão de recompensas individuais variáveis como fator de incentivo.

  1. (CESPE / TCU / ANALISTA DE CONTROLE EXTERNO – PLANEJAMENTO E GESTÃO/ 2008)

    Um mapa estratégico deve contemplar os objetivos estratégicos, que poderão estar desdobrados em todas as perspectivas e temas previstos.

Item certo.

Segundo Kaplan e Norton (2000), o mapa estratégico do Balanced Scorecard explicita a hipótese da estratégia, e cada indicador se converte em parte integrante de uma cadeia lógica de causa e efeito que conecta os resultados almejados da estratégia. O mapa estratégico descreve o processo de transformação de ativos intangíveis em resultados tangíveis para os clientes e, por conseguinte, em resultados financeiros. Essa ferramenta fornece aos executivos um referencial para a descrição e gerenciamento da estratégia.

  1. (CESPE / TCU / ANALISTA DE CONTROLE EXTERNO – PLANEJAMENTO E GESTÃO/ 2008)

    A cadeia de causa e efeito deve permear todas as perspectivas de um BSC, garantindo encadeamento entre os objetivos das perspectivas, de modo a refletir as relações de causa e efeito assumidas na formulação das estratégias.

Item certo.

De acordo com Kaplan & Norton (1997), “... o sistema de medição deve tornar explícitas as relações [...] entre os objetivos (e as medidas) nas várias perspectivas, para que elas possam ser gerenciadas e validadas. A cadeia de causa e efeito deve permear todas as quatro perspectivas de um balanced scorecard”. Essa cadeia de causa e efeito garantirá um encadeamento entre os objetivos das perspectivas, de modo a refletir as relações de causa e efeito assumidas na formulação das estratégias.

A relação de causa e efeito entre as perspectivas do Balanced Scorecard evidencia as relações entre uma ação e o resultado que causará para o atendimento de um objetivo especificado.

  1. 2012 - TJ-AC - Analista Judiciário – Administração

    Com relação à ferramenta de gestão denominada balanced scorecard, julgue o item subsequente.

Existem duas formas de comunicação organizacional: a oral e a escrita, que podem ser auxiliadas por recursos visuais, e podem ocorrer de cima para baixo, de baixo para cima e lateralmente.

Item certo.

Comunicação para Bateman e Snell (1993) “é a transmissão de informação e significado de uma parte para outra através da utilização de símbolos partilhados”.

A comunicação de cima para baixo refere-se ao fluxo de informação que parte dos níveis mais altos da hierarquia da organização, chegando aos mais baixos.

A comunicação de baixo para cima vai dos níveis mais baixos da hierarquia para os mais altos.

Por fim, muita informação precisa ser partilhada entre pessoas do mesmo nível hierárquico. Essa comunicação horizontal geralmente ocorre entre pessoas da mesma equipe de trabalho.

  1. 2012 - TJ-AC - Analista Judiciário – Administração

    Com relação à ferramenta de gestão denominada balanced scorecard, julgue o item subsequente.

A descentralização da autoridade ocorre por meio do processo de delegação, com a transferência do poder de decisão para a execução de tarefas específicas.

Item certo.

Segundo Stoner (1992), delegação é a “atribuição, a outra pessoa, da autoridade formal e da responsabilidade por realizar atividades específicas”.

  1. 2012 - TJ-AC - Analista Judiciário – Administração

    Com relação à ferramenta de gestão denominada balanced scorecard, julgue o item subsequente.

Para a efetiva implementação do balanced scorecard, é necessário que se estabeleçam estratégias para a organização, pois sem estratégia não há direcionamento organizacional.

Item certo.

Segundo Chiavenato, o BSC habilita a organização a focar suas equipes de executivos, unidades de negócios, recursos humanos, tecnologia da informação e recursos financeiros para sua estratégia organizacional. O BSC busca harmonizar os objetivos de curto prazo com os objetivos de longo prazo.

Existem 4 perspectivas básicas no BSC que são, dentre outras que cada organização pode criar: Financeira, Clientes, Processos Internos e Aprendizado e Crescimento.

  1. 2012 - TJ-AC - Analista Judiciário – Administração

    Com relação à ferramenta de gestão denominada balanced scorecard, julgue o item subsequente.

As rupturas no sistema de gestão são a principal causa do baixo desempenho das organizações. Embora exista uma grande quantidade de ferramentas para formulação de estratégias, há dificuldades de integrá-las de modo satisfatório.

Item certo.

Segundo Robert Kaplan e David Norton (2008), as rupturas no sistema de gestão das organizações são a principal causa do baixo desempenho, uma vez que o grande número de ferramentas para formulação de estratégias e melhoria operacional ainda carece de uma estrutura para integrá-las de modo satisfatório.

  1. 2013 - TRT - 10ª REGIÃO (DF e TO) - Técnico Judiciário

    Sob o enfoque do Balanced Scorecard (BSC), que é alicerçado na premissa de convergência estratégica, a consistência interna da estratégia refere-se ao grau de alinhamento dos planos estratégico, tático e operacional entre si.

Item certo.

Segundo Kaplan e Norton, o Balanced Scorecard (BSC) corresponde a um sistema de avaliação do desempenho organizacional que leva em consideração que os indicadores financeiros, por si mesmos, não refletem perfeitamente a efetividade da organização. Os indicadores financeiros somente medem os resultados dos investimentos e das atividades, medidas em termos monetários, não sendo sensíveis aos chamados impulsionadores de rentabilidade em longo prazo. O Balanced Scorecard (BSC) - ou placar balanceado - é uma metodologia baseada no equilíbrio organizacional e se fundamenta no balanceamento entre quatro diferentes perspectivas de objetivos, a saber: 1. Perspectiva financeira: como a organização é vista por seus acionistas ou proprietários. Os indicadores devem mostrar se a implementação e a execução da estratégia organizacional estão contribuindo para a melhoria dos resultados. Exemplos: lucratividade, retorno sobre o investimento, fluxo de caixa, retorno sobre o capital. 2. Perspectiva do cliente: como a organização é vista pelo cliente e como ela pode atendê-lo da melhor maneira possível. Os indicadores devem mostrar se os serviços prestados estão de acordo com a missão da organização. Exemplos: satisfação do cliente, pontualidade na entrega, participação no mercado, tendências, retenção de clientes e aquisição de clientes potenciais. 3. Perspectiva dos processos internos: os processos de negócios que a organização precisa ter excelência. Os indicadores devem mostrar se os processos e a operação estão alinhados e se estão gerando valor. Exemplos: qualidade, produtividade, logística, comunicação interna e interfaces. 4. Perspectiva da inovação e aprendizagem: a capacidade da organização para melhorar continuamente e se preparar para o futuro. Os indicadores devem mostrar como a organização pode aprender e se desenvolver para garantir o crescimento. Exemplos: índices de renovação dos produtos, desenvolvimento de processos internos, inovação, competências e motivação das pessoas.

Em geral existem três tipos de critérios para a avaliação da estratégia organizacional: 1. Consistência interna: a estratégia organizacional,deve ser consistente com os objetivos que a organização pretende alcançar. 2. Consistência com o ambiente: a estratégia organizacional deve ser consistente com as condições ambientais existentes. 3. Adequação aos recursos disponíveis: a estratégia organizacional deve ser consistente com os recursos e competências de que a organização dispõe ou pode obter.

  1. 2009 - ANTAQ - Analista Administrativo – Informática

    O BSC é composto de um sistema de medição de desempenho que contempla os indicadores financeiros como elementos suficientes para a gestão estratégica de uma organização.

Item errado.

Segundo Kaplan e Norton, o Balanced Scorecard é um método de administração focado no equilíbrio organizacional e baseia-se em quatro perspectivas e não só nos indicadores financeiros:

1º) Finanças - para analisar o negócio do ponto de vista financeiro, envolve os indicadores e medidas financeiros e contábeis bem como a lucratividades, retorno sobre investimentos e valor agregado ao patrimônio.

2º) Clientes - para analisar o negócio do ponto de vista dos clientes, inclui indicadores e medicas como satisfação, participação no mercado, tendências, retenção de clientes e aquisição de clientes potenciais, posicionamento no mercado.

3º) Processos internos - para analisar o negócio do ponto de vista interno da organização, inclui indicadores que garantam a qualidade intrínseca aos produtos e processos, a inovação, a logística e a otimização dos fluxos, assim como a qualidade das informações.

4º) Aprendizagem/crescimento organizacional - para analisar o negócio do ponto de vista daquilo que é básico par alcançar o futuro com sucesso, considera as pessoas em termos de capacidades, competências, motivação, empowerment, alinhamento e estrutura organizacional em termos de investimentos no seu futuro. Essa perspectiva garante a solidez e constitui o valor fundamental para as organizações de futuro.

  1. 2010 - MS – Administrador

    O BSC é voltado fundamentalmente para os aspectos financeiros, tais como balanço, fluxo de caixa, índices etc.

Item errado.

Segundo Kaplan e Norton, o Balanced Scorecard é um método de administração focado no equilíbrio organizacional e baseia-se em quatro perspectivas e não só nos aspectos financeiros. Observe:

1º) Finanças - para analisar o negócio do ponto de vista financeiro, envolve os indicadores e medidas financeiros e contábeis bem como a lucratividades, retorno sobre investimentos e valor agregado ao patrimônio.

2º) Clientes - para analisar o negócio do ponto de vista dos clientes, inclui indicadores e medicas como satisfação, participação no mercado, tendências, retenção de clientes e aquisição de clientes potenciais, posicionamento no mercado.

3º) Processos internos - para analisar o negócio do ponto de vista interno da organização, inclui indicadores que garantam a qualidade intrínseca aos produtos e processos, a inovação, a logística e a otimização dos fluxos, assim como a qualidade das informações.

4º) Aprendizagem/crescimento organizacional - para analisar o negócio do ponto de vista daquilo que é básico par alcançar o futuro com sucesso, considera as pessoas em termos de capacidades, competências, motivação, empowerment, alinhamento e estrutura organizacional em termos de investimentos no seu futuro. Essa perspectiva garante a solidez e constitui o valor fundamental para as organizações de futuro.

  1. 2010 - MS – Administrador

    O BSC cria um contexto para que as decisões estejam relacionadas com a estratégia e a visão organizacional.

Item certo.

Conforme leciona Idalberto Chiavenato, o BSC cria um contexto para que as decisões relacionadas com as operações cotidianas possam ser alinhadas com a estratégia e a visão organizacional, permitindo divulgar a estratégia, promover o consenso e o espírito de equipe, integrando as partes da organização e criando meios para envolver todos os programas do negócio, catalisar esforços e motivar as pessoas.

  1. 2010 - MS – Administrador

    O BSC busca estratégias e ações equilibradas em todas as áreas cujos efeitos afetem o negócio da organização como um todo.

Item certo.

Conforme Chiavenato (2011), o BSC busca estratégias e ações equilibradas em todas as áreas que afetam o negócio da organização como um todo, permitindo que os esforços sejam dirigidos para as áreas de maior competência e detectando e indicando as áreas para eliminação de incompetências. É um sistema focado no comportamento e não no controle.

Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.