Administração Geral para MPU - parte 3

por Adriel Sá em 22/04/2013
Dando sequência ao nosso estudo de questões da banca CESPE, especificamente para o conteúdo do edital do concurso do MPU, trago hoje o assunto MOTIVAÇÃO.

A disposição será de maneira diferente dos outros dois "post", com os comentários após todas as questões.

Bom proveito a todos!

Sucesso!

Adriel


Motivação

  1. 2012 - ANAC - Técnico Administrativo

    A hierarquia na organização surge com a dificuldade de gerentes coordenarem e motivarem os empregados de maneira eficaz.


  1. 2012 - TJ-AL - Técnico Judiciário

    A estima corresponde ao topo da pirâmide de Maslow.


  1. 2010 - MS – Administrador

    Segundo a teoria dos dois fatores de Herzberg, o servidor de um hospital público insatisfeito com o seu trabalho no setor de radiologia tem sua motivação impactada por ausência de fatores higiênicos.


  1. 2004 - Polícia Federal - Agente Federal da Polícia Federal

    Do ponto de vista motivacional, referir-se a condicionamento é equivalente a referir-se ao controle do indivíduo na organização.


  1. 2009 - Polícia Federal - Agente Federal da Polícia Federal

    Segundo a teoria dos dois fatores de Herzberg, uma vez disponibilizados, os fatores ligados ao ambiente do trabalho garantem, de forma duradoura, a satisfação e a consequente motivação para um bom desempenho do funcionário em seu trabalho.


  1. MPS/ ADMINISTRADOR/ 2010

    A motivação não é um traço pessoal, mas sim o resultado da interação do indivíduo com a situação, sendo responsável pela intensidade, direção e persistência dos esforços de uma pessoa para o alcance de determinada meta.

Stephen P. Robbins. Comportamento Organizacional. São Paulo: Pearson Pratice Hall, 2005, p. 132 (com adaptações).

A respeito da dinâmica das organizações, julgue o item que se segue:

A teoria de Maslow cita as necessidades humanas como uma pirâmide, fazendo um paralelo com uma hierarquia. Na base dessa pirâmide, encontram-se as necessidades básicas ou fisiológicas e o pressuposto é: uma necessidade, em qualquer ponto da hierarquia, precisa ser atendida antes que a necessidade do nível seguinte se manifeste.


  1. 2012 - TJ-AC - Analista Judiciário - Administração

De acordo com a teoria dos dois fatores proposta por Frederick Herzberg, os fatores extrínsecos ou higiênicos fazem as pessoas sentirem-se satisfeitas e motivadas com o trabalho.


  1. DETRAN-ES / ADMINISTRADOR/ 2010

    Preocupado com as insatisfações manifestadas no órgão público em que é lotado, relacionadas ao comportamento dos servidores, João, integrante da alta cúpula administrativa do referido órgão, aproveitou a presença de equipe externa de consultoria contratada pela instituição para propor alterações no escopo do projeto de planejamento estratégico, a fim de incluir, na gestão de recursos humanos da instituição, atividades de assessoramento.

Considerando a situação hipotética acima apresentada, julgue o item a seguir:

Entre os elementos da teoria da motivação, proposta por Herzberg na teoria dos dois fatores, inclui-se a grande preocupação da alta gerência de órgão com o conteúdo do trabalho desenvolvido pelos colaboradores.


  1. DETRAN-ES / ADMINISTRADOR/ 2010

    Segundo a teoria da expectativa, há relação entre a motivação interna e o resultado, contudo, não há correlação entre o desempenho do indivíduo e o esforço despendido por ele para alcançar determinado resultado.


  1. DETRAN-ES / ADMINISTRADOR/ 2010

    De acordo com o modelo proposto por McClelland acerca do processo de motivação em organizações públicas, o impulso de exercer influência sobre pessoas e situações caracteriza necessidade de afiliação.


  1. DETRAN-ES / ADMINISTRADOR/ 2010

    Segundo o modelo de motivação de Maslow, na administração de uma organização, deve-se considerar que, entre os aspectos que influenciam o colaborador, em uma hierarquia de necessidades, um dos últimos consiste no status obtido em função do exercício do cargo.


  1. 2012 - TJ-RO - Analista Judiciário – Administração

    Servidor público que trabalha no almoxarifado de um órgão público candidatou-se ao cargo de gerente de relações públicas desse mesmo órgão. O referido órgão analisa o desempenho desse servidor com base nos conceitos de sua última avaliação de desempenho, que variam de zero a dez.

De acordo com a teoria X, caso esse servidor seja selecionado para o cargo de gerente de relações públicas, ele deve ser constantemente supervisionado e acompanhado.


  1. 2012 - TJ-RO - Analista Judiciário – Administração

    Servidor público que trabalha no almoxarifado de um órgão público candidatou-se ao cargo de gerente de relações públicas desse mesmo órgão. O referido órgão analisa o desempenho desse servidor com base nos conceitos de sua última avaliação de desempenho, que variam de zero a dez.

Segundo a teoria da motivação de hierarquia das necessidades, proposta por Maslow, caso esse servidor seja selecionado para o cargo de gerente de relações públicas, ele deve ser motivado primeiramente mediante o incremento de sua autoestima.


  1. 2005 - TRE-MT - Técnico Judiciário - Área Administrativa

    A Elétrica AK atua basicamente com a venda de materiais elétricos e hidráulicos e vende também alguns produtos básicos para reforma. Possui em seu quadro de empregados cinco vendedores, um caixa, um motorista freelancer - João -, um estoquista e uma gerente geral – Marisa.

Com base nessa situação hipotética, julgue o item que se segue, relativo ao comportamento organizacional.

Considere que João, apesar de gostar do que faz, de ver reconhecida sua competência pelos outros e de ganhar, em média, cerca de 50% a mais que um motorista exclusivo da empresa, com carteira assinada, está insatisfeito com a sua situação em relação à empresa. Nessa situação, é correto afirmar que João não está motivado, segundo a hierarquia das necessidades de Maslow, pois sua necessidade básica de segurança não está sendo atendida.


  1. 2005 - TRE-MT - Técnico Judiciário - Área Administrativa

    A Elétrica AK atua basicamente com a venda de materiais elétricos e hidráulicos e vende também alguns produtos básicos para reforma. Possui em seu quadro de empregados cinco vendedores, um caixa, um motorista freelancer - João -, um estoquista e uma gerente geral – Marisa.

Com base nessa situação hipotética, julgue o item que se segue, relativo ao comportamento organizacional.

Admitindo que Carlos, estoquista da Elétrica AK, trabalha em um local um pouco abafado, situado à margem da principal rodovia de acesso à cidade, e que lida diariamente com poeira oriunda do trânsito de carros e dos produtos estocados, como gesso, cimento, argamassa etc., mas gosta muito de trabalhar na Elétrica AK, então, segundo a teoria de Herzberg (Teoria dos dois fatores - higiênicos e motivacionais), é correto afirmar que, se o depósito em que Carlos trabalha for reestruturado de modo a tornar-se mais ventilado, com menos barulho e quantidade menor de poeira, Carlos estará certamente mais motivado.


Questões com comentários

Motivação

  1. 2012 - ANAC - Técnico Administrativo

    A hierarquia na organização surge com a dificuldade de gerentes coordenarem e motivarem os empregados de maneira eficaz.

Item certo.

Segundo Oliveira (1999), nas organizações hierárquicas, todas as atividades normais necessárias às organizações transformam-se em deveres totalmente formais, exigindo a cada dia uma especialização maior assim como a maior responsabilidade de cada elemento na execução da sua tarefa.

  1. 2012 - TJ-AL - Técnico Judiciário

    A estima corresponde ao topo da pirâmide de Maslow.

Item errado.

 

Portanto, no topo encontram-se os atributos da realização pessoal.

  1. 2010 - MS – Administrador

    Segundo a teoria dos dois fatores de Herzberg, o servidor de um hospital público insatisfeito com o seu trabalho no setor de radiologia tem sua motivação impactada por ausência de fatores higiênicos.

Item certo.

Segundo Chiavenato, a Teoria dos Dois Fatores, também chamada Teoria da Higiene Motivação, foi proposta pelo psicólogo Frederik Herzberg. De acordo com o psicólogo, os fatores que levam à satisfação no trabalho são diferentes daqueles que levam à insatisfação.

Herzberg sugere enfatizar os fatores associados com o trabalho em si ou com seus resultados diretos, como chances de promoção, oportunidades de crescimento pessoal, reconhecimento, responsabilidade e realização, chamados fatores motivacionais:

- Fatores Higiênicos (extrínsecos/ insatisfacientes): esses fatores estão localizados no ambiente e são controlados pela organização. Abrangem as condições que as pessoas trabalham. Se não atendidos, podem causar insatisfação, ou seja, são fatores esperados na relação de trabalho. Ex: remuneração, benefícios sociais, tipo de chefia, condições físicas e ambientais do trabalho, regulamentos internos, entre outros.

De maneira geral, o desempenho e ações tomadas pelo indivíduo são melhorados por estímulos externos; porém, esses mesmos estímulos não o motiva.

- Fatores Motivacionais (intrínsecos/ satisfacientes): estão dentro do indivíduo, envolvem sentimento de crescimento individual, reconhecimento profissional e auto-realização gerados através de seus atos.

  1. 2004 - Polícia Federal - Agente Federal da Polícia Federal

    Do ponto de vista motivacional, referir-se a condicionamento é equivalente a referir-se ao controle do indivíduo na organização.

Item certo.

Segundo o entendimento de Chiavenato (1999), a motivação é uma função gerencial, pois está contida dentro das próprias pessoas e pode ser amplamente influenciada por fontes externas ao indivíduo ou pelo seu próprio trabalho na empresa. O autor ressalta ainda, que “a motivação é o desejo de exercer altos níveis de esforço em direção a determinados objetivos organizacionais, condicionados pela capacidade de satisfazer objetivos individuais”.

  1. 2009 - Polícia Federal - Agente Federal da Polícia Federal

    Segundo a teoria dos dois fatores de Herzberg, uma vez disponibilizados, os fatores ligados ao ambiente do trabalho garantem, de forma duradoura, a satisfação e a consequente motivação para um bom desempenho do funcionário em seu trabalho.

Item errado.

Chiavenato explica:

- Fatores Higiênicos (extrínsecos/ insatisfacientes): esses fatores estão localizados no ambiente e são controlados pela organização. Abrangem as condições que as pessoas trabalham. Se não atendidos, podem causar insatisfação, ou seja, são fatores esperados na relação de trabalho. Ex: remuneração, benefícios sociais, tipo de chefia, condições físicas e ambientais do trabalho, regulamentos internos, entre outros.

De maneira geral, o desempenho e ações tomadas pelo indivíduo são melhorados por estímulos externos; porém, esses mesmos estímulos não o motiva.

- Fatores Motivacionais (intrínsecos/ satisfacientes): estão dentro do indivíduo, envolvem sentimento de crescimento individual, reconhecimento profissional e auto-realização gerados através de seus atos.

Sintetizando:

MOTIVACIONAIS estão relacionados com o conteúdo do trabalho, sendo que a PRESENÇA desses fatores traz SATISFAÇÃO ao indivíduo. Na AUSÊNCIA gera a NÃO SATISFAÇÃO (neutralidade).

2°) HIGIÊNICOS estão relacionados com o ambiente de trabalho, sendo que a PRESENÇA desses fatores gera a NÃO INSATISFAÇÃO (neutralidade). Na AUSÊNCIA gera a INSATISFAÇÃO.

  1. MPS/ ADMINISTRADOR/ 2010

    A motivação não é um traço pessoal, mas sim o resultado da interação do indivíduo com a situação, sendo responsável pela intensidade, direção e persistência dos esforços de uma pessoa para o alcance de determinada meta.

Stephen P. Robbins. Comportamento Organizacional. São Paulo: Pearson Pratice Hall, 2005, p. 132 (com adaptações).

A respeito da dinâmica das organizações, julgue o item que se segue:

A teoria de Maslow cita as necessidades humanas como uma pirâmide, fazendo um paralelo com uma hierarquia. Na base dessa pirâmide, encontram-se as necessidades básicas ou fisiológicas e o pressuposto é: uma necessidade, em qualquer ponto da hierarquia, precisa ser atendida antes que a necessidade do nível seguinte se manifeste.

Item certo.

 

  1. 2012 - TJ-AC - Analista Judiciário - Administração

De acordo com a teoria dos dois fatores proposta por Frederick Herzberg, os fatores extrínsecos ou higiênicos fazem as pessoas sentirem-se satisfeitas e motivadas com o trabalho.

Item errado.

Chiavenato explica:

- Fatores Higiênicos (extrínsecos/ insatisfacientes): esses fatores estão localizados no ambiente e são controlados pela organização. Abrangem as condições que as pessoas trabalham. Se não atendidos, podem causar insatisfação, ou seja, são fatores esperados na relação de trabalho. Ex: remuneração, benefícios sociais, tipo de chefia, condições físicas e ambientais do trabalho, regulamentos internos, entre outros.

De maneira geral, o desempenho e ações tomadas pelo indivíduo são melhorados por estímulos externos; porém, esses mesmos estímulos não o motiva.

- Fatores Motivacionais (intrínsecos/ satisfacientes): estão dentro do indivíduo, envolvem sentimento de crescimento individual, reconhecimento profissional e auto-realização gerados através de seus atos.

Sintetizando:

MOTIVACIONAIS estão relacionados com o conteúdo do trabalho, sendo que a PRESENÇA desses fatores traz SATISFAÇÃO ao indivíduo. Na AUSÊNCIA gera a NÃO SATISFAÇÃO (neutralidade).

2°) HIGIÊNICOS estão relacionados com o ambiente de trabalho, sendo que a PRESENÇA desses fatores gera a NÃO INSATISFAÇÃO (neutralidade). Na AUSÊNCIA gera a INSATISFAÇÃO.

  1. DETRAN-ES / ADMINISTRADOR/ 2010

    Preocupado com as insatisfações manifestadas no órgão público em que é lotado, relacionadas ao comportamento dos servidores, João, integrante da alta cúpula administrativa do referido órgão, aproveitou a presença de equipe externa de consultoria contratada pela instituição para propor alterações no escopo do projeto de planejamento estratégico, a fim de incluir, na gestão de recursos humanos da instituição, atividades de assessoramento.

Considerando a situação hipotética acima apresentada, julgue o item a seguir:

Entre os elementos da teoria da motivação, proposta por Herzberg na teoria dos dois fatores, inclui-se a grande preocupação da alta gerência de órgão com o conteúdo do trabalho desenvolvido pelos colaboradores.

Item certo.

Na teoria proposta por Herzberg, os fatores motivacionais dão ênfase ao conteúdo do cargo bem como aos sentimentos de realização, de crescimento e de reconhecimento profissional manifestado por meio do exercício das tarefas. São os fatores motivacionais que produzem em efeito duradouro a satisfação e aumento de produtividade em níveis de excelência.

  1. DETRAN-ES / ADMINISTRADOR/ 2010

    Segundo a teoria da expectativa, há relação entre a motivação interna e o resultado, contudo, não há correlação entre o desempenho do indivíduo e o esforço despendido por ele para alcançar determinado resultado.

Item errado.

Segundo Victor Vroom (autor da teoria), a teoria da expectativa sustenta que a força da tendência para agir de determinada maneira depende da força da expectativa de que essa ação trará certo resultado e da atração que esse resultado exerce sobre o indivíduo.

Assim, Segundo Vroom, a motivação da pessoa para escolher uma das alternativas dependeria de 3 fatores:

  • do valor que ele atribui ao resultado advindo de cada alternativa (que ele chama de "valência");

  • da percepção de que a obtenção de cada resultado está ligada a uma compensação (que ele chama de "instrumentalidade"); e

  • da expectativa que ele tem de poder obter cada resultado (que ele chama de "expectativa").

Assim, para que uma pessoa esteja "motivada" a fazer alguma coisa é preciso que ela, simultaneamente:

  • atribua valor à compensação advinda de fazer essa coisa;

  • acredite que fazendo essa coisa ela receberá a compensação esperada; e

  • acredite que tem condições de fazer aquela coisa (desempenho).

Assim, por exemplo, um funcionário sente-se motivado (aumentando seu desempenho) a despender um esforço quando acredita que isso resultará em uma boa avaliação de desempenho, que a boa avaliação resultará em recompensas organizacionais (uma promoção) e que essas recompensas satisfarão suas metas pessoais.

  1. DETRAN-ES / ADMINISTRADOR/ 2010

    De acordo com o modelo proposto por McClelland acerca do processo de motivação em organizações públicas, o impulso de exercer influência sobre pessoas e situações caracteriza necessidade de afiliação.

Item errado.

A teoria desenvolvida por David McClelland enfoca três necessidades importantes:

Necessidade de Realização (competir) – busca da excelência, de realização com relação a determinados padrões, ímpeto para alcançar sucesso.

Necessidade de Poder (exercer influência) – necessidade de fazer que os outros se comportem de um modo que não o fariam naturalmente.

Necessidade de Afiliação (relacionar-se) – desejo de relacionamentos interpessoais próximos e amigáveis.

  1. DETRAN-ES / ADMINISTRADOR/ 2010

    Segundo o modelo de motivação de Maslow, na administração de uma organização, deve-se considerar que, entre os aspectos que influenciam o colaborador, em uma hierarquia de necessidades, um dos últimos consiste no status obtido em função do exercício do cargo.

Item certo.

Os 5 níveis a serem "escalados" por um ser humano, segundo Maslow, são:

1º) Atender as necessidades básicas ou fisiológicas;

2º) Atender as necessidades de segurança;

3º) Atender as necessidades Sociais ou de associação;

4º) Atender as necessidades de Status ou Auto Estima; e

5º) Atender as necessidades de Auto-Realização.

  1. 2012 - TJ-RO - Analista Judiciário – Administração

    Servidor público que trabalha no almoxarifado de um órgão público candidatou-se ao cargo de gerente de relações públicas desse mesmo órgão. O referido órgão analisa o desempenho desse servidor com base nos conceitos de sua última avaliação de desempenho, que variam de zero a dez.

De acordo com a teoria X, caso esse servidor seja selecionado para o cargo de gerente de relações públicas, ele deve ser constantemente supervisionado e acompanhado.

Item certo.

Segundo Chiavenato, a Teoria X força as pessoas a fazerem exatamente aquilo que a organização pretende que elas façam, independentemente de suas opiniões ou objetivos pessoais. Quando um administrador impõe arbitrariamente e de cima para baixo um esquema de trabalho e passa a controlar o comportamento dos subordinados, ele estará fazendo Teoria X. O fato de ele impor autocrática ou suavemente não faz diferença: ambas são maneiras diferentes de se fazer Teoria X. A própria Teoria das Relações Humanas, em seu caráter demagógico e manipulativo, também é uma forma suave, macia e enganosa de se fazer Teoria X.


A Teoria Y propõe um estilo de administração participativo e baseado nos valores humanos e sociais. Enquanto a Teoria X é a administração por meio de controles externos impostos às pessoas, a Teoria Y é a adminitração por objetivos que realça a iniciativa individual. As duas teorias são opostas entre si.

  1. 2012 - TJ-RO - Analista Judiciário – Administração

    Servidor público que trabalha no almoxarifado de um órgão público candidatou-se ao cargo de gerente de relações públicas desse mesmo órgão. O referido órgão analisa o desempenho desse servidor com base nos conceitos de sua última avaliação de desempenho, que variam de zero a dez.

Segundo a teoria da motivação de hierarquia das necessidades, proposta por Maslow, caso esse servidor seja selecionado para o cargo de gerente de relações públicas, ele deve ser motivado primeiramente mediante o incremento de sua autoestima.

Item errado.

  1. 2005 - TRE-MT - Técnico Judiciário - Área Administrativa

    A Elétrica AK atua basicamente com a venda de materiais elétricos e hidráulicos e vende também alguns produtos básicos para reforma. Possui em seu quadro de empregados cinco vendedores, um caixa, um motorista freelancer - João -, um estoquista e uma gerente geral – Marisa.

Com base nessa situação hipotética, julgue o item que se segue, relativo ao comportamento organizacional.

Considere que João, apesar de gostar do que faz, de ver reconhecida sua competência pelos outros e de ganhar, em média, cerca de 50% a mais que um motorista exclusivo da empresa, com carteira assinada, está insatisfeito com a sua situação em relação à empresa. Nessa situação, é correto afirmar que João não está motivado, segundo a hierarquia das necessidades de Maslow, pois sua necessidade básica de segurança não está sendo atendida.

Item certo.

Os 5 níveis a serem "escalados" por um ser humano, segundo Maslow, são:

1º) Atender as necessidades básicas ou fisiológicas;

2º) Atender as necessidades de segurança;

3º) Atender as necessidades Sociais ou de associação;

4º) Atender as necessidades de Status ou Auto Estima; e

5º) Atender as necessidades de Auto-Realização.

De acordo com Maslow, as necessidades básicas constituem a sobrevivência do indivíduo e a preservação da espécie: alimentação, sono, repouso, abrigo, etc. As necessidades de segurança constituem a busca de proteção contra a ameaça ou privação, a fuga e o perigo. As necessidades sociais incluem a necessidade de associação, de participação, de aceitação por parte dos companheiros, de troca de amizade, de afeto e amor. As necessidades de auto estima envolvem a auto apreciação, a autoconfiança, a necessidade de aprovação social e de respeito, de status, prestígio e consideração, além de desejo de força e de adequação, de confiança perante o mundo, independência e autonomia. As necessidades de auto realização são as mais elevadas, de cada pessoa realizar o seu próprio potencial e de auto desenvolver-se continuamente.

  1. 2005 - TRE-MT - Técnico Judiciário - Área Administrativa

    A Elétrica AK atua basicamente com a venda de materiais elétricos e hidráulicos e vende também alguns produtos básicos para reforma. Possui em seu quadro de empregados cinco vendedores, um caixa, um motorista freelancer - João -, um estoquista e uma gerente geral – Marisa.

Com base nessa situação hipotética, julgue o item que se segue, relativo ao comportamento organizacional.

Admitindo que Carlos, estoquista da Elétrica AK, trabalha em um local um pouco abafado, situado à margem da principal rodovia de acesso à cidade, e que lida diariamente com poeira oriunda do trânsito de carros e dos produtos estocados, como gesso, cimento, argamassa etc., mas gosta muito de trabalhar na Elétrica AK, então, segundo a teoria de Herzberg (Teoria dos dois fatores - higiênicos e motivacionais), é correto afirmar que, se o depósito em que Carlos trabalha for reestruturado de modo a tornar-se mais ventilado, com menos barulho e quantidade menor de poeira, Carlos estará certamente mais motivado.

Item errado.

Segundo Chiavenato, a Teoria dos Dois Fatores, também chamada Teoria da Higiene Motivação, foi proposta pelo psicólogo Frederik Herzberg. De acordo com o psicólogo, os fatores que levam à satisfação no trabalho são diferentes daqueles que levam à insatisfação.

Herzberg sugere enfatizar os fatores associados com o trabalho em si ou com seus resultados diretos, como chances de promoção, oportunidades de crescimento pessoal, reconhecimento, responsabilidade e realização, chamados fatores motivacionais:

- Fatores Higiênicos (extrínsecos/ insatisfacientes): esses fatores estão localizados no ambiente e são controlados pela organização. Abrangem as condições que as pessoas trabalham. Se não atendidos, podem causar insatisfação, ou seja, são fatores esperados na relação de trabalho. Ex: remuneração, benefícios sociais, tipo de chefia, condições físicas e ambientais do trabalho, regulamentos internos, entre outros.

De maneira geral, o desempenho e ações tomadas pelo indivíduo são melhorados por estímulos externos; porém, esses mesmos estímulos não o motiva.

- Fatores Motivacionais (intrínsecos/ satisfacientes): estão dentro do indivíduo, envolvem sentimento de crescimento individual, reconhecimento profissional e autorrealização gerados através de seus atos.

 

Até a próxima!

Adriel


Porque o SENHOR dá a sabedoria; da sua boca é que vem o conhecimento e o entendimento.
Provérbios 2:6


 

Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.