Administração Geral para MPU - parte 2

por Adriel Sá em 19/04/2013
 

Clima e Cultura Organizacional

2012 - ANAC - Técnico Administrativo

A cultura organizacional pode ser definida como o conjunto de valores e normas que são compartilhados pelos membros de uma organização e controlam a forma como eles se relacionam entre si, com fornecedores, clientes e membros externos.

Item certo.

Dentre os vários conceitos para cultura organizacional, cita-se Chiavenato (1999): “Cultura organizacional é o conjunto de hábitos e crenças, estabelecidos através de normas, valores, atitudes e expectativas compartilhadas por todos os membros da organização. A cultura espelha a mentalidade que predomina em uma organização”.

2012 - ANCINE - Técnico Administrativo

A cultura organizacional compreende a estrutura, os processos e as pessoas de uma organização, interferindo de forma determinante no seu desempenho.

Item certo.

Chiavenato (1999): “Cultura organizacional é o conjunto de hábitos e crenças, estabelecidos através de normas, valores, atitudes e expectativas compartilhadas por todos os membros da organização. A cultura espelha a mentalidade que predomina em uma organização”.

2012 - IBAMA - Técnico Administrativo

A cultura organizacional é, também, instrumento utilizado para controlar os membros de uma organização.

Item certo.

Segundo definição de Sara Fichman Raskin, a Cultura Organizacional é um conjunto de valores e normas que controlam as interações dos membros da organização entre si e com as pessoas externas, como fornecedores e clientes. Pode ser usada para alcançar vantagem competitiva e para promover os interesses dos stakeholders , uma vez que controla como as pessoas se comportam, tomam decisões e gerenciam o ambiente organizacional.

2012 - TRE-RJ - Técnico Judiciário - Área Administrativa

A cerimônia de formatura pode ser considerada um exemplo de símbolo da cultura organizacional de uma instituição universitária.

Item certo.

Em síntese de Chiavenato, nas Análises e Componentes da cultura organizacional, os seus níveis são os seguintes:

Artefatosé arquitetura da organização (vestúario, material, etc);

Tecnologia – repertório de conhecimento utilizados pelas pessoas e organizações para resolução de problemas;

Costumes e Símbolos – comportamentos que transmitem mensagem (cerimônias, rituais, imagem, comemorações de metas, funcionário do mês, etc); e

Valores compartilhados – compreendem crenças, preconceitos, ideologias e julgamentos compartilhados pelos integrantes da organização em respeito a qualquer elemento externo ou interno.

(CESPE / MPE – PI / TÉCNICO MINISTERIAL ÁREA ADMINISTRATIVA / 2012)

A cultura organizacional envolve um conjunto de valores compartilhados pelos membros de uma organização. Por exemplo, a espiritualidade no ambiente de trabalho refere-se ao compartilhamento de práticas religiosas comuns entre esses membros.

Item errado.

Os valores são crenças e conceitos que moldam o contorno cultural de um grupo, estabelecendo padrões de comportamento, de avaliação e de imagem. Contudo, é errado vincular a espiritualidade no ambiente de trabalho como práticas comuns devido à religião ser algo muito específico e interno de cada indivíduo.

(CESPE / PREVIC / ANALISTA ADMINISTRATIVO / 2011)

A cultura nas organizações auxilia o controle da gestão e a diminuição de divergências e diferenças; contudo, pode impedir que a organização se desenvolva, colocando obstáculos às mudanças, à diversificação e às fusões e aquisições.

Item certo.

Segundo Chiavenato, a cultura organizacional pode ser considerada uma barreira à mudança quando os valores da organização não estão de acordo com aqueles que podem melhorar a eficácia organizacional.

Ainda, enfatiza-se que a cultura organizacional tem duas vertentes, uma positiva que auxilia nos objetivos estratégicos da organização. Por outro lado, pode ser um bloqueio ao desenvolvimento da organização, quando negativa.

(CESPE / CORREIOS / ADMINISTRADOR / 2011)

Devido a características muito peculiares, empresas do mesmo ramo de atuação costumam ter culturas idênticas.

Item errado.

Segundo CHIAVENATO (2005), cada organização tem as suas características próprias, sua personalidade, seu modo de ser e de acontecer e as suas peculiaridades. Em resumo cada organização tem a sua cultura.

A cultura organizacional refere-se ao sistema de significados compartilhados por todos os membros e que distingue uma organização das demais. Constitui o modo institucionalizado de pensar e agir que existe em uma organização. A essência da cultura de uma empresa é expressa pela maneira como ela faz seus negócios, a maneira como ela trata seus clientes e funcionários, o grau de autonomia ou liberdade que existe em suas unidades ou escritórios e o grau de lealdade expresso por seus funcionários com relação à empresa.

(CESPE / EBC / ADMINISTRAÇÃO / 2011)

Em uma organização, a existência de um modo próprio de fazer as coisas sugere que a estrutura interna de poder da organização está em desacordo com a realidade social.

Item errado.

Lilian Lima Quintão explica que essa relação (a existência de um modo próprio de fazer as coisas sugere que a estrutura interna de poder da organização está em desacordo com a realidade social) não existe, pois cada instituição tem seu modo de resposta aos acontecimentos e mudanças do ambiente interno e externo e isso está em consonância com a sociedade

(CESPE / TJ-ES / ANALISTA JUDICIÁRIO I C ADMINISTRATIVO / 2011)

O processo de socialização de novo funcionário é uma das formas de transmissão da cultura organizacional.

Item certo.

Segundo Fleury, o estudo da Cultura Organizacional tem por objetivo o (auto) conhecimento da organização. Uma das estratégias de transmissão e fortalecimento dos aspectos simbólicos da dinâmica organizacional é o processo de socialização, ou seja, no momento que um novo funcionário ingressa na organização, ele terá contato com os valores e pressupostos básicos da organização.

41. (CESPE / TJCES / ANALISTA JUDICIÁRIO I C ADMINISTRATIVO / 2011)

São níveis da cultura organizacional: artefatos observáveis, valores e pressupostos básicos.

Item certo.

Em síntese de Chiavenato, nas Análises e Componentes da cultura organizacional, os seus níveis são os seguintes:

Artefatosé arquitetura da organização (vestúario, material, etc);

Tecnologia – repertório de conhecimento utilizados pelas pessoas e organizações para resolução de problemas;

Costumes e Símbolos – comportamentos que transmitem mensagem (cerimônias, rituais, imagem, comemorações de metas, funcionário do mês, etc); e

Valores compartilhados – compreendem crenças, preconceitos, ideologias e julgamentos compartilhados pelos integrantes da organização em respeito a qualquer elemento externo ou interno.

Ainda:

- ARTEFATOS - São coisas concretas que cada indivíduo vê, ouve e sente quando em uma organização. Incluem os produtos, serviços e os padrões de comportamento dos membros de uma organização.

- VALORES - são crenças e conceitos que moldam o contorno cultural de um grupo, estabelecendo padrões de comportamento, de avaliação e de imagem. Em uma organização, o sistema de valores baliza e demonstra claramente quais as prioridades e os caminhos que a empresa normalmente deseja seguir na busca dos seus objetivos.

- PRESSUPOSTOS BÁSICOS - é o nível mais profundo e inconsciente da cultura. São crenças profundas e inquestionáveis, compartilhadas pelas pessoas da empresa, que tornam a cultura perene e difícil de ser transformada. Uma forma de identificar os pressupostos é analisando a discrepância entre discurso e prática.

(CESPE / SESACES / GESTÃO / 2011)

Os valores culturais de uma organização descrevem o que é considerado importante para os seus membros e podem ser estudados mediante entrevistas, observação e questionários.

Item certo.

Os valores, são crenças e conceitos que moldam o contorno cultural de um grupo, estabelecendo padrões de comportamento, de avaliação e de imagem. Em uma organização, o sistema de valores baliza e demonstra claramente quais as prioridades e os caminhos que a empresa normalmente deseja seguir na busca dos seus objetivos.

Destacam-se algumas formas de identificação dos valores do grupo, como, por exemplo, através de pesquisas realizadas por meio de entrevistas, questionários e até mesmo observação do dia a dia na organização.

(CESPE / EBC / TÉCNICO ADMINISTRAÇÃO / 2011)

O clima organizacional corresponde à percepção que os indivíduos têm da atmosfera em seu ambiente de trabalho, é algo mutável e instantâneo, não se confundindo com a cultura organizacional.

Item certo.

Segundo Fleury, a cultura organizacional refere-se a percepção que as pessoas têm da organização em que trabalha, percepção que pode ser influenciada por fatores conjunturais externos e internos à organização. Já a idéia de clima organizacional remete à noção de clima meteorológico e retrata um estado momentâneo da organização. Assim como a opinião pública, o clima pode alterar-se ante uma notícia, um evento ou um boato.

2011 - AL-ES - Técnico Legislativo - Sênior I

Uma das funções da cultura organizacional é apreender as percepções de natureza cognitiva sobre diferentes aspectos particulares do trabalho como relações interpessoais, carga de trabalho e políticas de gestão.

Item errado.

Clima organizacional consiste, segundo Toro (2001), “em percepções com partilhadas (de ênfase cognitiva e afetiva) que os membros desenvolvem através das suas relações com as políticas, práticas e procedimentos organizacionais tanto formais quanto informais”.

2011 - AL-ES - Técnico Legislativo - Sênior I

A socialização determina como a cultura e o clima organizacional são formados ao longo do tempo, caracterizando a forma como as pessoas passam a perceber o contexto das organizações.

Item errado.

Segundo Sebastião Teixeira, a socialização é o processo de adaptação dos novos empregados à cultura da empresa, dando-se em dois sentidos: da empresa sobre o indivíduo e do indivíduo sobre a empresa.

Ainda, o autor referencia que a socialização não se dá só no momento da integração dos novos empregados, é um processo contínuo que acompanha o ciclo de vida profissional dos indivíduos.

2011 - AL-ES - Técnico Legislativo - Sênior I

O grau em que as atividades organizacionais enfatizam a manutenção do status quo em contraste ao crescimento é exemplo de cultura organizacional com orientação a resultados.

Item errado.

As pesquisas sugerem que há aspectos básicos que podem descrever a cultura de uma organização, quais sejam (Robbins):

1. Inovação e Assunção de Riscos: O grau em que os funcionários são estimulados a inovar e assumir riscos.

2. Atenção ao detalhes: O grau em que se espera que os funcionários demonstrem precisão, análise e atenção aos detalhes.

3. Orientação para os resultados: O grau em que os dirigentes focam mais os resultados do que as técnicas e os processos empregados para seu alcance.

4. Orientação para as pessoas: O grau em que as decisões dos dirigentes levam em consideração o efeito dos resultados sobre as pessoas dentro da organização.

5. Orientação para a equipe: O grau em que as atividades de trabalho são mais organizadas em termos de equipe do que de indivíduos.

6. Agressividade: O grau em que as pessoas são competitivas e agressivas, em vez de dóceis e acomodadas.

7. Estabilidade: O grau em que as atividades organizacionais enfatizam a manutenção do status quo em contraste com o crescimento.

Assim, o item exemplificou o aspecto “Estabilidade”.

2011 - AL-ES - Técnico Legislativo - Sênior I

O sistema de valores compartilhado por indivíduos de uma organização captura a essência da cultura organizacional.

Item certo.

Segundo Robbins (2002), a cultura organizacional se refere a um sistema de valores, compartilhado pelos membros, de uma organização e que a difere de uma para outra. Esse sistema é, em última análise, um conjunto de características-chave que a organização valoriza.

2012 - ANAC - Analista Administrativo

O clima organizacional é observado, por exemplo, a partir da identificação do grau de flexibilidade e comprometimento das pessoas nas organizações.

Item certo.

De acordo com Kahale (2003), um clima organizacional bem trabalhado pode trazer alguns benefícios para a organização: retenção de talentos, diminuição do índice de doenças psicossomáticas, treinamentos sintonizados com os objetivos da empresa, gerando resultado, alta produtividade, melhoria na comunicação interna da empresa, aumento no comprometimento dos funcionários com a empresa (sentem-se responsáveis por ela – co-autores), credibilidade, integração – união, adequação do processo de seleção / premiação e outros.

2012 - STJ - Analista Judiciário – Psicologia

O clima organizacional representa um retrato da organização em determinado momento — sendo, pois, mutável — capaz de influenciar o comportamento e o desempenho dos indivíduos na organização.

Item certo.

Segundo Chiavenato, clima organizacional “está intimamente relacionado com o grau de motivação de seus participantes. O clima organizacional é a qualidade ou propriedade do ambiente organizacional, percebida ou experimentada pelos participantes da empresa e que influencia o seu comportamento”.

2010 - ABIN - OFICIAL TÉCNICO DE INTELIGÊNCIA - ÁREA DE ADMINISTRAÇÃO

O clima organizacional, relacionado à qualidade das relações sociais no ambiente de trabalho, tem como característica a percepção compartilhada por membros da organização.

Item certo.

Segundo Chiavenato, clima organizacional constitui a qualidade ou a propriedade do ambinete organizacional que é percebida ou experimentada pelos participantes da empresa e que influencia o seu comportamento.

Por hoje ficamos por aqui. No próximo "post", analisaremos questões da banca versando sobre a motivação e suas teorias.

Grande abraço a todos!


Como é feliz o homem que acha a sabedoria, o homem que obtém entendimento. Provérbios 3:13.

 
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.