Renato José Valente Pereira, 7º e outros - Auditor-Fiscal de Tributos Estaduais (SEFIIN RO) e outros

Já conhece a história de sucesso de Renato José Valente Pereira? Veja mais depoimentos de alunos do TEC!

Comecei a estudar para concursos no início de 2014 por ocasião da prova do Tribunal de Justiça do Pará e meu primeiro contato com o TecConcusos foi quando pesquisava depoimentos de aprovados em concursos anteriores. Neles quase que a maioria dos aprovados em concursos de grande porte (Receita Federal, SEFAZ, etc) tinha se valido dessa ferramenta na busca do seu objetivo. Após eu ter tido dois resultados insatisfatórios no TJPA experimentei usá-lo para o certame do Tribunal de Justiça do Amapá, foi meu primeiro contato com a plataforma, assinei 1 mês para fins de teste e achei um ótimo site, e ele teve grande importância na minha primeira aprovação. Nesse concurso fiz a nota de corte mas fiquei de fora das vagas por causa do desempate da idade (era novo demais!). Como a expectativa era de chamarem bem mais que as vagas ofertadas, resolvi planejar a caminhada ao topo da montanha: ser Auditor-Fiscal!
 
Em 2015 estudei uma grande base teórica para que nos anos seguintes lograsse êxito nas provas de fiscal que estavam por vir, e a outra oportunidade que tive a companhia do TEC foi em 2016 com a publicação dos editais do Tribunal de Contas do Pará e da Secretaria da Fazenda do Maranhão: criei vários cadernos com diversas combinações, e consegui ótimos resultados que quase me colocaram dentro das vagas (CESPE sacaneou na Redação do TCE-PA e na SEFAZ escorreguei 1 disciplina apenas), sabia que faltava apenas alguns ajustes na minha preparação, mas no que diz respeito ao sistema de questão, esse já estava resolvido: se quisesse ser Auditor, obrigatoriamente teria que usar o TEC, e assim foi!
 
Em 2017 foi o ano que eu usei 100% das funcionalidades do TEC: elaboração simulado, comentários dos professores, discursão ente os alunos, durante o ano todo. Tudo valia se eu quisesse chegar ao meu objetivo. E para quem estuda, o edital é prêmio! O prêmio era o edital da Secretaria de Finanças de Rondônia, ofertando 30 vagas para Auditor Fiscal de Tributos Estaduais, e mais uma vez o TEC foi fundamental e foi a minha companhia durante todo pós-edital. Aparada a aresta deixada na SEFAZ-MA o resultado logo veio: 7º lugar em uma das provas mais difíceis elaboradas pela FGV, cujo corte foi 69%! De brinde ainda passei no cargo de Técnico Tributário em 16º lugar hehe.
 
Assim, digo tranquilamente que se você estiver estudando para Auditor (seja da área de controle, seja para fiscal), o TEC CONCURSOS é o degrau OBRIGATÓRIO para sua aprovação, é a ferramenta mais completa no mercado no que tange aos comentários dos professores, criação de cadernos, banco de dados, estatísticas de acertos e funcionalidade do site.
 
Concurso e posição em que foi aprovado:
 
  • 2014: TJAP (FCC) Técnico Judiciário (Médio): 18º lugar
  • 2016: TCE-PA (CESPE) Auxiliar de Controle Externo (Médio): 22º lugar
  • 2016: SEFAZ-MA (FCC) Auditor-Fiscal da Receita Estadual (Superior): 112º lugar
  • 2018: SEFIN-RO (FGV) Auditor-Fiscal de Tributos Estaduais (Superior): 7º lugar
  • 2018: SEFIN-RO (FGV) Técnico Tributário (Superior): 16º lugar
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.