Sobre as mudanças de hoje…

Por: Thiago Signoretti

Oi, Pessoal!

Como muitos já sabem colocamos no ar uma nova versão do site ontem (clique aqui para conferir) com melhorias e mudanças.

Algumas foram muito bem recebidas, mas outras nem tanto. Este artigo aqui é para explicar algumas coisas e falar o que vamos fazer.

Vou elencar aqui os pontos mais polêmicos:

1) O odiado “carregar progresso”.

O que nos motivou a fazer a mudança? Foram dois motivos e um é consequência do outro (apesar que o segundo já existia, mas em menor grau).

O primeiro tem a ver com o fato de querermos ajustar o workflow das pastas e cadernos. O jeito que era antes, quando um usuário tinha muitas pastas, ficava algo muito ruim de mexer (o menu esticava muito e em muitos dispositivos a opção de criar pasta não ficava mais visível). Além disso, queríamos dar uma ferramenta de busca de cadernos e também acabar com a paginação existente dentro de cada pasta (vocês se lembram do “carregar mais”? Pois o sistema só trazia 10 cadernos por vez).

O segundo motivo é técnico. A consulta para se carregar o progresso/desempenho de cada caderno e pasta é bem pesada. E como o desempenho estava sendo carregado automaticamente, independentemente de demanda, os servidores estavam sendo muito exigidos – muitas vezes sem necessidade real. Bastava o usuário entrar em qualquer pasta para que o sistema carregasse tudo, mesmo quando o aluno não estava atrás do seu desempenho, mas somente queria acessar determinado caderno. Importante ressaltar que nessa pandemia nossos acessos subiram demais e os servidores são pagos em dólares. Esse problema de exigir muito da nossa infra já existia antes das mudanças (contornávamos com mostrar uma pasta de cada vez e paginando os cadernos em cada pasta – situações eliminadas com as melhorias), e com os ajustes citados o problema escalou. Para resolver isso a gente colocou o sistema para trabalhar sob demanda do usuário e não em qualquer situação. Assim, só se utiliza processamento de nossas máquinas quando efetivamente for necessário.

Mas concordamos, também, que o procedimento ficou muito “travado”. A gente vai melhorar isso fazendo o seguinte:

  • No caso da listagem de pastas: não tem jeito. Deve-se carregar uma a uma.
  • Já na listagem dos cadernos, dentro de cada pasta, o aluno poderá carregar o progresso de cada caderno individualmente e, também, de todos os cadernos de uma vez. Então quando você clicar no botão abaixo, todos os progressos serão carregados.

Carregar Cadernos

Percebam: com um clique você carrega tudo. Fica bem mais prático justamente no ponto mais usado pelos alunos.

2) O recurso de alterar tamanho de fonte e espaçamento de linhas.

O intuito dessa mudança foi nobre. Queríamos melhorar a experiência do usuário e aumentar a acessibilidade. Porém, não nos atentamos para um fato que gerou muitas reclamações: como há formatação/diagramação heterogênea nas várias páginas do site, o que pode ficar bom em uma seção, pode ficar, também, ruim em outra. Em outras palavras: como o controle dessa configuração é único, muitas vezes os ajustes ficavam ótimos para uma parte do site, mas estragavam outra. E lá ia o usuário ter que ficar configurando novamente.

Bom, o que vamos fazer? Simples. Voltar atrás, parcialmente. Os recursos ficarão no cabeçalho do site, mas só afetarão, a priori, duas seções: os cadernos e a teoria (como era antes).

3) Navegação do caderno de volta para as pastas

Aqui foi falha nossa mesmo. Esquecemos de colocar uma etapa no caminho que vai da listagem de pastas até o caderno em si. Só para ficar claro o problema, peguemos um exemplo: uma pasta chamada “Informática” e um caderno chamado “Hardware”.

Quando você está no caderno o caminho mostrado é:

Com a correção ficará:

Desta forma, o usuário conseguirá ir para a seção do site que desejar.


É isso! As correções citadas provavelmente entrarão no na madrugada de quarta para quinta-feira (28/05/2020).

Thiago Signoretti

Bacharel em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI). Exerceu as atividades de consultor de TI na empresa PriceWaterhouseCoopers (2005 a 2007) e Técnico Federal de Controle Externo no Tribunal de Contas da União (2008 a 2019). É sócio-fundador do Tec Concursos e, atualmente, trabalha exclusivamente na gestão da empresa.