Fui Reprovado no Concurso! E Agora?

Por: Redação Tec Concursos

Fui Reprovado no Concurso! E Agora?

Se você foi reprovado no concurso pode parecer que todos os seus medos se tornaram realidade. Porém, sabia que a maior parte das pessoas que têm sucesso na carreira pública também passou por diversas derrotas?

Hoje o Tec Concursos vai mostrar que não passar na prova pode fazer parte do seu processo de crescimento. Veja o que fazer depois desta experiência!

O que fazer após ser reprovado no concurso?

Ser reprovado em concurso público pode ser um baque grande para quem estava estudando e deu o melhor de si na prova. Porém, assim como um período de falta de motivação é normal, é preciso que você não deixe isso tomar conta de sua rotina.

Afinal, o sonho não morreu por conta disso, não é mesmo? Tudo o que parece grande e preocupante agora, vai parecer somente um obstáculo distante algum dia.

Por isso, o primeiro passo após saber da reprovação é entender que isso é somente uma fase, e que como tudo na vida, vai passar. Após aceitar esse momento, veja o que fazer para se manter firme e forte para tentar novamente!

Analise os motivos de sua reprovação

Ser reprovado no concurso pode ser uma oportunidade única para avaliar quais foram os seus maiores erros. Por isso, o próximo passo é fazer um balanço de quais foram os pontos positivos e negativos.

E isso vale para a prova toda. Avalie como você se sentiu no dia da realização do certame, se demorou muito para responder as questões, e em qual seção sentiu mais dificuldade, entre outros.

Passei longe

Ao avaliar a sua colocação e nota, e constatar que a aprovação ainda é um caminho distante, há algumas coisas que você pode considerar. Alguns pontos são:

  • erros e acertos na prova;
  • quais matérias precisa se dedicar mais;
  • criar um cronograma novo de estudos de acordo com as suas dificuldades.

É preciso que você fortaleça os seus pontos fracos para garantir a aprovação na próxima tentativa!

Quase fui aprovado

Se você passou muito perto da sonhada vaga, a principal mudança que terá que fazer muitas vezes não está no conhecimento, mas sim na memória e emocional.

É preciso rever o tempo de resolução das respostas, ritmo de resolução, a memória do conteúdo estudado e o controle da ansiedade. A dica é continuar resolvendo provas anteriores e revisando as matérias!

Também pesquise por técnicas de relaxamento e cronometre o quanto demora em cada seção do certame para descobrir o que ocasionou a sua reprovação.

Com dedicação e estudo com certeza você vai encontrar outras opções de concursos interessantes para você. Para mais dicas relevantes para concurseiros, continue navegando pelo blog do Tec Concursos!