Concurso TJMG: SAIU o edital; 284 vagas imediatas

Por: Jaqueliny

Prédio do TJMG (TJ MG)

Acabou a espera para a publicação do edital do concurso TJMG. O documento foi disponibilizado no Diário do Judiciário, edição desta quinta-feira (23/6).

O período para inscrições será aberto em agosto, para efetuar o pedido, os interessados deverão acessar o site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

O concurso público do Tribunal de Justiça de Minas Gerais oferta 284 vagas imediatas e formação de cadastro reserva para os cargos de Oficial Judiciário (nível médio) e Analista Judiciário (nível superior).

Neste conteúdo você fica por dentro do panorama completo da próxima seleção, detalhes sobre os cargos, remuneração e muito mais. Navegue pelo índice abaixo:

Informações sobre o edital:

Detalhes da instituição e das últimas seleções:

Outras informações relevantes:

Guia para o concurso do TJMG

A equipe do TEC Concursos elaborou um Guia exclusivo para o concurso TJMG com todas as informações resumidas sobre a seleção.

O que você vai encontrar no material?

  • Uma análise geral dos concursos anteriores
  • Cadernos por matéria
  • Informações resumidas sobre o edital
  • Edital verticalizado e muito mais.

Acesse o material abaixo:

Concurso TJMG: informações importantes

O concurso público terá validade de dois anos, com a possibilidade de prorrogação pelo mesmo período.

No quadro a seguir veja datas importantes que constam no cronograma do edital.

Inscrições entre os dias: 30/08/2022 a 29/09/2022

Último dia para pagar taxa: 30/09/2022

Provas objetivas: 04/12/2022

Linha do tempo do concurso TJ MG

Você que está estudando para o concurso TJMG certamente quer saber detalhes da seleção, por isso, logo a seguir confira todos os andamentos até o momento.

Saiba como fazer inscrição no concurso do TJMG

Os interessados devem fazer a inscrição entre os dias 30 de agosto a 29 de setembro de 2022, no site do IBFC.

As taxas foram definidas nos seguintes valores:

  • R$ 90,00 para cargos de nível médio; e
  • R$ 100,00 para cargos de nível superior.

O boleto deve ser pago até o dia 30 de setembro de 2022.

A isenção da taxa é garantida para candidatos comprovadamente desempregados ou inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal – CadÚnico. Nesses caso, o pedido deve acontecer entre os dias 30 de agosto a 5 de setembro de 2022.

Veja também:

Cargos, vagas e remunerações

O certame oportuniza 284 vagas e previsão de cadastro de reserva.

Todos terão a jornada de trabalho de 30 horas semanais.

Veja aqui a distribuição por lotação.

Atribuições e requisitos dos cargos do Tribunal de Justiça de Minas Gerais

O concurso público oferta vagas para o cargo de Oficial Judiciário, nas especialidades de:

Assistente Técnico de Controle Financeiro

  • Requisito: conclusão de curso Técnico de Contabilidade, reconhecido por órgão governamental competente.

Oficial de Justiça

  • Requisito: conclusão de curso de nível médio de escolaridade, reconhecido por órgão governamental competente.

Para ambos a remuneração é de R$ 3.264,98.

E de Analista Judiciário nas especialidades de:

Administrador

  • Requisito: graduação em curso de nível superior de Administração, Administração ou Gestão Pública, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Analista de Tecnologia da Informação

  • Requisito: graduação em curso de nível superior na área de Tecnologia da Informação, reconhecido por órgão governamental competente, com registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso. Experiência exigida: atuação mínima de dois anos na área de Tecnologia da Informação.

Analista Judiciário

  • Requisito: graduação em curso de nível superior de Direito, reconhecido por órgão governamental competente.

Assistente Social

  • Requisito: graduação em curso de nível superior de Serviço Social, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria.

Bibliotecário

  • Requisito: graduação em curso de nível superior de Biblioteconomia, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Contador

  • Requisito: graduação em curso de nível superior de Ciências Contábeis, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Enfermeiro

  • Requisito: graduação em curso de nível superior de Enfermagem, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Engenheiro Civil

  • Requisito: graduação em curso de nível superior de Engenharia Civil, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Engenheiro Eletricista

  • Requisito: graduação em curso de nível superior de Engenharia Elétrica, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Engenheiro Mecânico

  • Requisito: graduação em curso de nível superior de Engenharia Mecânica, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Médico

  • Requisito: graduação em curso de nível superior de Medicina, reconhecido por órgão governamental  competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Psicólogo

  • Requisito: graduação em curso de nível superior de Psicologia, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria.

Revisor Judiciário

  • Requisito: graduação em curso de nível superior de Letras ou Direito, reconhecido por órgão governamental competente, e registro e/ou inscrição profissional na entidade de classe da categoria, se for o caso.

Os ocupantes aos cargos de Analista receberão a remuneração inicial de R$ 5.113,09.

Concurso ALMG: etapas

Os candidatos serão avaliados nas seguintes etapas:

  • Prova objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos;
  • Prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, para os cargos/especialidades de nível superior.

Prova objetiva e discursiva

As provas, previstas para o dia 4 de dezembro de 2022, serão realizadas nas cidades de Belo Horizonte, Betim, Contagem, Diamantina, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia e Varginha.

Disciplinas

Oficial Judiciário

  • Língua Portuguesa: 15 questões
  • Noções de Direito: 15 questões
  • Noções de Informática: 5 questões
  • Conhecimentos Específicos: 20 questões
  • Raciocínio Lógico: 5 questões

Analista Judiciário (Classe C) nas especialidades de: Analista de Tecnologia da Informação, de nível superior de escolaridade:

  • Língua Portuguesa: 15 questões
  • Noções de Direito: 15 questões
  • Inglês Técnico: 5 questões
  • Conhecimentos Específicos: 20 questões
  • Raciocínio Lógico: 5 questões

Analista Judiciário (Classe C) nas especialidades de: Analista Judiciário, de nível superior de escolaridade:

  • Língua Portuguesa: 20 questões
  • Noções de Informática: 10 questões
  • Conhecimentos Específicos: 25 questões
  • Raciocínio Lógico: 5 questões

Para o cargo de Analista Judiciário (Classe C) nas especialidades de: Administrador, Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Engenheiro Eletricista, Engenheiro Mecânico, Médico, Psicólogo e Revisor Judiciário

  • Língua Portuguesa: 15 questões
  • Noções de Direito 15 questões
  • Noções de Informática 5 questões
  • Conhecimentos Específicos 20 questões
  • Raciocínio Lógico 5 questões

Tudo sobre o TJ MG e progressão salarial

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais é o órgão superior da justiça mineira, com sede em Belo Horizonte (BH) o TJMG possui jurisdição em todo o território mineiro.

Tem como função julgar os casos que não sejam de competência da justiça federal comum, do trabalho, eleitoral e militar.

A resolução nº953/2020 definiu as normas e procedimentos para o desenvolvimento dos servidores. Veja a progressão salarial:

Denominação Classe Padrão de vencimento
Oficial Judiciário D PJ-28 a PJ-50
Oficial Judiciário C PJ-51 a PJ-64
Oficial Judiciário B PJ-65 a PJ-77
Oficial Judiciário A PJ-28 a PJ-93
Analista Judiciário C PJ-42 a PJ-64
Analista Judiciário B PJ-65 a PJ-77
Analista Judiciário A PJ-42 a PJ-93

Último edital do concurso TJMG

Os últimos editais da 1ª e 2ª instâncias foram publicados em 2011 e 2017.

Confira logo a seguir o detalhamento de ambas seleções.

Concurso do TJMG de 2011

O edital publicado em 2011 ofertou vagas para os cargos de Técnico Judiciário e Oficial Judiciário. A banca organizadora foi a Fundação Mariana Resende Costa

Disciplinas

Oficial Judiciário nas especialidades de Assistente Técnico de Controle Financeiro, Assistente Técnico e Desenhista/Projetista.

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Informática;
  • Noções de Direito; e
  • Conhecimentos Específicos (por especialidade).

Oficial Judiciário

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Informática;
  • Noções de Direito; e
  • Atos de Ofício.

Técnico Judiciário nas especialidades de Administrador de Banco de Dados, Administrador de Rede, Analista de Sistemas, Arquiteto, Bibliotecário, Cirurgião Dentista, Contador, Enfermeiro e Engenheiro Civil.

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Informática;
  • Noções de Direito; e
  • Conhecimentos Específicos.

Concurso do TJMG de 2017

O edital do Tribunal de Justiça de Minas Gerais publicado em 2017 e ofertou vagas para os cargos de Oficial de Apoio Judicial (classe D) e Oficial Judiciário (classe d).

O concurso público foi organizado pela empresa Consulplan.

Quais as etapas do concurso TJMG

Oficial de Apoio Judicial (Classe D)

  • Prova objetiva de múltipla escolha; e
  • Prova de digitação.

Oficial Judiciário (Classe D) na especialidade de Comissário da Infância e da Juventude

  • Prova objetiva de múltipla escolha

Disciplinas

  • Língua Portuguesa;
  • Noções de Informática;
  • Noções de Direito; e
  • Atos de Ofício.

Assine o TEC Concursos

A plataforma do TEC Concursos possui mais de 1,7 milhão de questões cadastradas, além de aulas teóricas com conteúdos atualizados que já auxiliaram concurseiros e concurseiras em aprovações.

Direto ao ponto e sem rodeios! Com a plataforma do TEC você pode direcionar os estudos para uma banca, um cargo, seleção de uma Instituição e muito mais.

E você pode começar estudando de graça. Veja os benefícios da conta gratuita:

  • Resolva 15 questões por dia, com exceção de questões inéditas e adaptadas;
  • Leia três capítulos de teoria por dia;
  • Participe da comunidade;
  • Baixe editais, provas e gabaritos; e
  • Crie caderno de questões.

Estude de forma direcionada! A plataforma possui mais de 5 mil questões específicas para o Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Concursos previstos para 2022

O Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) de 2022 prevê 73,640 vagas, sendo 69.543 para a realização ou continuidade de concursos públicos e outras 4.097 para criação.

Além disso, outros concursos públicos, já estão com trâmites em andamento. A equipe do Tec Concursos preparou um conteúdo completo sobre a previsão de editais.

Resumo do concurso do TJMG

  • Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG)
  • Situação atual do concurso: edital publicado
  • Ano da publicação: 2022
  • Vagas ofertadas: 284 + CR
  • Cargos: Oficial judiciário (nível médio) e Analista judiciário (nível superior).
  • Remuneração de R$ 3.264,98 a R$ 5.113,09
  • Banca organizadora: IBFC
  • Período de inscrição: 30 de agosto a 29 de setembro de 2022
  • Taxa de inscrição: de R$ 90 a R$ 100 e deve ser paga até o dia 30/09/2022
  • Data prevista para a prova: 4 de dezembro de 2022
  • Veja aqui o edital do TJMG de 2022

 

Crie sua conta e estude de graça

.

Jaqueliny

Graduação em comunicação social com habilitação em Jornalismo. Cursando pós-graduação em Marketing, Branding e Growth pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).