Concurso Seduc GO: SAIU edital; mais de 5 mil vagas

Por: Jaqueliny

Concurso Seduc GO

Novidades sobre o concurso Seduc GO!  Afinal, a publicação do novo edital da Secretaria de Estado da Educação aconteceu nesta sexta-feira(15/7).

Em suma, o documento oferta mais de 5 mil vagas para o cargo de professor, em diversas especialidades.

Note que, para conquistar uma das vagas e ter acesso à remuneração inicial de até R$ 3,9 mil, os candidatos deverão passar por quatro etapas, com suas respectivas fases, ao longo do processo.

Quer saber tudo sobre o assunto? Neste conteúdo você fica por dentro do panorama completo da seleção, como detalhes sobre os cargos, remuneração e muito mais. Navegue pelo índice abaixo!

Concurso Seduc GO: informações importantes

A princípio, esta seleção terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado, uma vez, por igual período, levando-se em conta a oportunidade e conveniência da Administração Pública.

Dito isso, vamos às datas importantes que constam no cronograma do edital. Confira!

Inscrições entre os dias: 14/8/2022 a 12/9/2022

Solicitação de isenção da taxa: de 2/8/2022 a 5/8/2022

Último dia para pagar taxa: 13/9/2022

Provas objetivas: 25/9/2022

Resultado final: 23/1/2022

Movimentações e linha do tempo

Você que está estudando para o concurso x 2022 certamente quer saber detalhes da seleção, por isso, logo a seguir confira todos os andamentos até o momento.

Como fazer a inscrição no concurso Seduc GO 2022?

Os interessados devem fazer a inscrição entre os dias 14 de agosto a 12 de setembro de 2022 no site do IADES.

A taxa de inscrição é de R$ 100 e o boleto deve ser pago até o dia 13 de setembro de 2022.

Cargos, vagas e remunerações

Para esta seleção são ofertadas 5.050 vagas para nível superior (Professor) nas seguintes áreas:

  • Artes – Artes visuais
  • Artes – Dança
  • Artes – Música
  • Artes – Teatro
  • Ciência/Biologia
  • Educação física
  • Filosofia
  • Física
  • Geografia
  • História
  • Intérprete de libras
  • Instrutor de braile
  • Instrutor de Libras
  • Língua materna indígena INY/Karajá
  • Língua materna indígena Tapuia
  • Língua materna indígena Xavante
  • Quilombola
  • Língua inglesa
  • Língua portuguesa
  • Matemática
  • Pedagogia
  • Química Sociologia

São ofertadas vagas para as jornadas de trabalho de 20, 30 e 40 horas.

Requisitos

Artes – Artes visuais: curso de nível superior de Licenciatura Plena em Artes Visuais ou Educação Artística (Artes Plásticas) ou Licenciatura em Desenho e Plástica.

Artes – Dança: Licenciatura Plena em Dança ou Educação Artística (dança).

Artes – Música: Licenciatura Plena em Música com habilitaçäo em Educaçăo Musical; ou Licenciatura em Educaçăo Musical Escolar; ou Licenciatura em Educação Musical; ou Educaçăo Artística (Música).

Artes – Teatro: Licenciatura Plena em Teatro com habilitação em Educação Teatral; ou Licenciatura em Educação Teatro I Escolar; ou Licenciatura em Educação Teatral; ou Educação Artística (Teatro).

Ciência/Biologia: nível superior de Licenciatura Plena em Biologia ou Ciências Biológicas.

Educação física: nível superior de Licenciatura Plena em Educação Física.

Filosofia: nível superior de Licenciatura Plena em Filosofia.

Física: nível superior de Licenciatura Plena em Física.

Geografia: nível superior de Licenciatura Plena em Geografia.

História: nível superior de Licenciatura Plena em História.

Intérprete de libras: graduação em licenciatura plena, com Cursos Específicos na área, ministrados por Instituições Reœnhecidas pelo MEC, assim como Aprovação no Exame de Proficiência para o Ensino em LIBRAS do MEC (PROLIBRAS) ou avaliação do CAS/Goiânia, ou credenciadas por uma Secretaria de Educação.

Instrutor de braile: licenciatura plena em quaisquer áreas da Educação, com Certificado de Especialização em Educação Especial com ênfase em Braille ou Especialização em Braille; ou Licenciatura Plena em quaisquer áreas da Educação, com certificado de curso de formação continuada em Braille, com carga horária minima de 80h, promovido por: Instituições de Ensino Superior credenciadas ao MEC ou promovido por Secretaûas de Educação; ou por organizações da sociedade civil representativa da comunidade do deficiente visual, desde que o certificado seja convalidado por uma Instituição de Ensino Superior ou uma Secretaria de Educação.

Instrutor de Libras: diploma de graduação, devidamente registrado, de conclusão de curso de nîvel superior de Licenciatura Plena em Libras, ou Pedagogia Bilíngue, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), ou Diploma de graduação, devidamente registrado, de œnclusão de curso de nível superior de Licenciatura Plena em qualquer área com certificação de proficiência em Libras emitido pelo Centro de Atendimento aos Surdos — CAS ou pelo Ministério da Educação — MEC. O Curso superior também deverá ser reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Língua materna indígena INY/Karajá: ser indígena da etnia my/Karajá, œmprovado com Registro Administrativo de Nascimento Indígena – RANI/FUNAI, com diploma de Graduação, devidamente comprovado, em Pedagogia, ou na área da Educaçăo, ou em Licenciatura Intercultural Indígena em Ciências da Linguagem (Língua Portuguesa, Redação: Leitura de Produção de Texto, Língua Inglesa, Arte e Cultura Indígena, Educação F ísica) ou em Licenciatura Intercultural Indígena em Ciências da Cultura (História, Geografia, Sociologia, Filosofia e Ensino Religioso) ou em Licenciatura Intercultural Indígena em Ciências da Natureza (Química, Física, Biologia e Matemática), fornecido por instituiçăo reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). ). O Curso superior também deverá ser reconhecido pelo Ministério da
Educação (MEC).

Língua materna indígena Tapuia: ser indígena da etnia Tapuia, comprovado œm Registro Administrativo de Nascimento Indígena – RANI/FUNAI, com diploma de Graduação, devidamente comprovado, em qualquer área da Educação ou em Licenciatura Intercultural Indígena em Ciências da Linguagem (Língua Portuguesa, Redação: Leitura de Produção de Texto, Língua Inglesa, Arte e Cultura Quilombola, Educação F ísica) ou em Licenciatura Intercultural Indígena em Ciências da Cultura (História, Geografia, Sociologia, Filosofia e Ensino Religioso) ou em Licenciatura Intercultural Indígena em Ciências da Natureza (Química, F ísica, Biologia e Matemática), fornecido por instituição reconhecida pelo Ministéûo da Educação (MEC). O
Curso superior também deverá ser reconhecido pelo Ministério da Educaçăo (MEC).

Língua materna indígena Xavante: ser indígena da etnia Xavante, comprovado com Registro Administrativo de Nascimento Indígena – RANI/FUNAI, ser bilíngue – falante fluente da Língua Materna e da Língua Portuguesa, comprovado por meio de entrevista, com diploma de Graduação, devidamente comprovado, em qualquer área da Educação ou em Licenciatura lntercultural Indígena em Ciências da Linguagem (Língua Portuguesa, Redação: Leitura de Produção de Texto, Língua Inglesa, Arte e Cultura Quilombola, Educação Física) ou em Licenciatura Intercultural Indígena em Ciências da Cultura (História, Geografia, Sociologia, Filosofia e Ensino Religioso) ou em Licenciatura Intercultural Indígena em Ciências da Natureza (Química, Física, Biologia e Matemática), fornecido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). O Curso superior também deverá ser reconhecido pelo
Ministério da Educação (MEC).

Quilombola: ser quilombola, comprovado com documento de declaração expedida por associação quilombola legalmente Reconhecida e situada em Território Quilombola do Estado de Goiás para onde serão destinadas as vagas do concurso, ter diploma de Graduação em qualquer área da Educação ou em Licenciatura em Educação do Campo/LEdoC — Artes Visuais e Música, em Licenciatura em Educação do Campo — LEdoC – Ciências da Linguagem (Língua Portuguesa, Redação: Leitura de Produção de Texto, Língua Inglesa, Arte e Cultura Quilombola, Educação Física), em Licenciatura em Educação do Campo/LEdoC – Ciências da Natureza (Química, Física, Biologia), em Licenciatura em Educação do Campo/LEdoC – Ciências Humanas (História, Geografia, Sociologia, Filosofia e Ensino Religioso) e em Licenciatura em Educação do Campo/LEdoC — Matemática. O Curso superior também deverá ser reconhecido pelo Ministério da
Educação (MEC).

Língua inglesa: curso de nível superior de Licenciatura Plena em Letras Português-Inglês ou, Licenciatura Plena em Letras Inglês, ou em Língua Estrangeira Moderna (Inglês).

Língua portuguesa: nível superior de Licenciatura Plena em Letras (Língua Portuguesa).

Matemática: nível superior de Licenciatura Plena em Matemática.

Pedagogia: ensino superior completo em Pedagogia – Licenciatura Plena ou Curso Normal Superior fornecido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Química: curso de nível superior de Licenciatura Plena em Química

Sociologia: nível superior de Licenciatura Plena em Sociologia ou Ciências Sociais.

Atribuições

O cargo de professor posssui as atribuições de “Participar de todo o processo ensino-aprendizagem, em ação integrada escola-comunidade; elaborar planos curriculares e de ensino; ministrar aulas na educação básica; elaborar, acompanhar e avaliar planos, programas e projetos de que necessite a unidade escolar ou sistema de ensino estadual; inteirar-se da proposta político-pedagógica do sistema estadual de ensino e interagir-se com as suas políticas educacionais; participar
da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino; elaborar e cumprir plano de trabalho, segundo a proposta pedagógica do estabelecimento de ensino; zelar pela aprendizagem dos alunos; estabelecer estratégias de recuperação para os alunos de menor rendimento; ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional; colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade. Participar de capacitações obrigatórias.”

Remuneração

As remunerações variam conforme a carga horária. Veja o detalhamento abaixo:

  • Remuneração para o Professor Nível III: R$ 1.971,69 (20 horas)
  • Remuneração para o Professor Nível III: R$ 2.957,53 (30 horas); e
  • Remuneração para o Professor Nível III: R$ 3.943,3740 (40 horas) horas – R$ 3.943,37.

Lotação

Antes de falarmos sobre as etapas da seleção, vale lembrar que ao aceitar sua nomeação, o candidato aprovado e classificado poderá ser lotado em:

  • Aparecida de Goiânia/GO;
  • Águas Lindas de Goiás/GO;
  • Anápolis/GO;
  • Alto Paraíso de Goiás/GO;
  • Brasília/DF;
  • Britânia/GO;
  • Campos Belos/GO;
  • Caiapônia/GO;
  • Catalão/GO;
  • Ceres/GO;
  • Formosa/GO;
  • Goiânia/GO;
  • Goiás/GO
  • Iporá/GO;
  • Itumbiara/GO;
  • Jataí/GO;
  • Luziânia/GO;
  • Morrinhos/GO;
  • Mineiros/GO;
  • Nova Crixás/GO;
  • Porangatu/GO;
  • Posse/GO;
  • Quirinópolis/GO;
  • Rio Verde/GO;
  • São Miguel do Araguaia/GO; e
  • Uruaçu/GO.

A lotação deve ser escolhida pelo candidato no momento da inscrição.

Edital Seduc GO 2022: etapas

Se você chegou até aqui é por que tem interessa em saber mais sobre as etapas e fases desta seleção, correto? Sendo assim, vamos descrevê-las abaixo, conforme o cargo, acompanhe!

Etapa/Fase Descrição Caráter
Fase 1 Prova objetiva Eliminatório e classificatório
Fase 2 Prova discursiva Eliminatório e classificatório
Fase 3 Perícia médica Eliminatório
Fase 4 Avaliação de títulos Classificatório

Prova objetiva

Na primeira etapa, você deverá resolver as 80 questões da prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, que serão distribuídas entre as disciplinas listadas abaixo:

  • Língua portuguesa
  • Realidade étnica, social, histórica, geográfica, cultural, política e econômica do estado de Goiás e do Brasil
  • Bases legais da educação nacional e estadual
  • Temas educacionais pedagógicos

Além disso, os candidatos ainda serão avaliados em 40 questões de conhecimentos específicos.

Esta etapa valerá 60 pontos, mas atenção! Será eliminado o candidato que não obtiver, pelo menos, 50%  do total de pontos da prova objetiva e/ou zerar qualquer das disciplinas que a compõem.

Por fim, fique de olho nas datas! A aplicação da prova objetiva está prevista para o dia 25 de setembro de 2022.

Tem interesse no concurso, mas quer saber mais sobre as seleções anteriores? A gente conta!

Veja bem, o último edital da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) foi publicado em 2018 com a oferta de 900 vagas para professor nas áreas de biologia, física, matemática e química. A seleção foi organizada pelo Instituto Quadrix e teve mais de 101 mil inscritos.

Conforme documentos oficiais, o resultado final foi homologado em setembro de 2018.

Estude de forma direcionada! A plataforma do TEC tem mais de 13 mil questões específicas para as provas do Iades.

Como estudar para concurso público?

Já deu para notar que a preparação para concursos começa muito antes do edital ser publicado, não é mesmo? Isso porque, as provas, muito provavelmente, não serão nada fáceis.

No entanto, é totalmente possível estudar para concurso público de forma muito eficaz mesmo após a publicação do edital. Para isso:

  1. defina um objetivo específico;
  2. monte um plano de estudos com base nos assuntos cobrados no edital;
  3. crie uma rotina, não apenas de estudos, mas para a sua vida;
  4. cuide da sua saúde física e mental;
  5. faça revisões periódicas;
  6. escolha boas ferramentas de apoio;
  7. estude por questões específicas para o concurso que você escolheu.

Por fim, uma orientação extra, mas muito relevante: não desanime!

Vítor Menezes, sócio-fundador do Tec Concursos, disse certa vez que concurso público é uma maratona, uma corrida. É uma competição de longo prazo onde você vai, um pouquinho todo dia, estudando devagar, mas de forma consistente.

Agora, se você quiser acelerar seus resultados, que tal estudar de uma forma um pouco diferente? Acompanhe!

Comece a estudar por questões de provas anteriores

Mencionamos no tópico anterior que estudar por questões é uma das formas de estudar que proporcionam maior eficácia, mas você sabia que essa é uma das melhores estratégias para aprender e reter o conteúdo estudado?

Isso acontece, pois o estudo reverso, como o método também é conhecido, potencializa o aprendizado e permite que ele seja metrificado. Ou seja, você consegue medir seu conhecimento em determinado conteúdo.

Além disso, ao estudar por questões de concursos é possível ter mais clareza sobre como a banca examinadora funciona e, consequentemente, melhorar seu desempenho na hora da prova. Dessa forma, ao monitorar e avaliar seu progresso, fica mais fácil ajustar a rota sempre que necessário.

Por fim, estudar por questões de provas anteriores costuma ser bem menos cansativo, uma vez que torna o aprendizado mais dinâmico, além de ser excelente para revisar conteúdos de forma rápida e eficiente.

Estude com o Tec Concursos

Direto ao ponto e sem rodeios. Com a plataforma do TEC você pode direcionar os estudos por banca, cargo, instituição e muito mais. E, o melhor, você pode começar estudando de graça!

Veja os benefícios da conta gratuita:

  • Resolva 15 questões por dia, com exceção de questões inéditas e adaptadas;
  • Leia três capítulos de teoria por dia;
  • Participe da comunidade;
  • Baixe editais, provas e gabaritos; e
  • Crie caderno de questões.

A ferramenta do Tec Concursos possui mais de 2 milhões de questões cadastradas, além de aulas teóricas com conteúdos atualizados, que já auxiliaram milhares de concurseiros em aprovações.

Não perca nenhuma oportunidade!

A lista de concursos abertos no Brasil está em constante atualização. Isso acontece pois os editais são publicados de acordo com a necessidade dos órgãos e disponibilidade orçamentária. Veja também quais são os concursos previstos para 2022 e inicie agora mesmo a sua preparação.

Resumo do concurso Seduc GO

Secretaria de Estado da Educação do Goiás (Seduc/GO)
Situação atual Edital publicado (clique aqui para acessar o documento)
Vagas 5.050
Cargos Professor
Escolaridade Nível superior
Remuneração de R$ 1.971,69 a R$ 3.943,37
Banca Instituto Americano de Desenvolvimento – IADES
Inscrição 14/8 a 12/9/2022
Taxa R$ 100
Prova objetiva 25/9/2022

CRIE SUA CONTA E ESTUDE DE GRAÇA

Jaqueliny

Graduação em comunicação social com habilitação em Jornalismo. Cursando pós-graduação em Marketing, Branding e Growth pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).