Concurso Câmara Porto Alegre RS: provas em abril!

Por: Bruna

Concurso Câmara Porto Alegre

Inscrições encerradas para o concurso Câmara Porto Alegre!

A Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, será aplicada para todos os cargos na data prevista de 10 de abril de 2022.

Quer saber tudo sobre o assunto? Neste conteúdo você fica por dentro do panorama completo da seleção. Saiba detalhes sobre os cargos, remuneração e muito mais. Navegue pelo índice abaixo!

Informações sobre o edital

Detalhes da instituição e das últimas seleções:

Outras informações relevantes:

Guia para o concurso Câmara Porto Alegre RS

A equipe do TEC Concursos elaborou um Guia exclusivo para o concurso Câmara Porto Alegre com todas as informações resumidas sobre a seleção da instituição.

O que você vai encontrar no material?

  • Uma análise geral dos concursos anteriores
  • Cadernos por matéria
  • Informações resumidas sobre o edital
  • Edital verticalizado e muito mais.

Acesse o material abaixo:

Concurso Câmara Porto Alegre RS: informações importantes

O concurso terá validade de dois anos, com a possibilidade de prorrogação pelo mesmo período.

No quadro a seguir veja datas importantes que constam no cronograma do edital.

Provas objetivas: 10/04/2022

Movimentações e linha do tempo

Você que está estudando para o concurso Câmara Porto Alegre certamente quer saber detalhes da seleção, por isso, logo a seguir confira todos os andamentos até o momento.

  • 03 de março de 2022: inscrições encerradas.
  • 04 de fevereiro de 2022: inscrições abertas.
  • 25 de fevereiro de 2022: editais 01/2022, 02/2022 e 03/2022 retificados.
  • 04 de fevereiro de 2022: inscrições abertas.
  • 04 de fevereiro de 2022: edital publicado.

Veja também:

Cargos, vagas e remunerações

Para esta seleção são ofertadas 45 vagas, além de formação de cadastro de reserva, para cargos de níveis médio e superior. Confira as atribuições e requisitos dos cargos!

Procurador – C.R.

  • Requisito: curso superior completo; diploma de curso superior de Ciências Jurídicas e Sociais; inscrição no órgão de classe; prova de estar regularmente habilitado para o exercício da profissão.
  • Atribuições: representar a Câmara Municipal em juízo quando designado pela Presidência; dar assistência jurídica à Presidência, à Mesa, aos Vereadores, às Comissões e à Direção-Geral; emitir parecer prévio sobre as proposições submetidas ao Legislativo.
  • Remuneração: de R$ 4.779,30 podendo chegar a R$ 21.506,85

Analista de Tecnologia da Informação – C.R.

  • Requisito: curso superior completo na área de tecnologia da informação.
  • Atribuições: analisar, projetar e executar sistemas de processamento de dados, estudando as necessidades, possibilidades e métodos referentes aos mesmos, a fim de assegurar a exatidão e rapidez dos diversos tratamentos de informações; prestar assessoramento à Presidência da Câmara Municipal em questões relativas à tecnologia de informação.
  • Remuneração: R$ 4.257,30 podendo chegar a R$ 12.306,90.

Contador I – C.R.

  • Requisito: curso superior completo; diploma de curso superior em Ciências Contábeis; inscrição no órgão de classe; prova de estar regularmente habilitado para o exercício da profissão.
  • Atribuições: ser responsável por serviços de contabilidade no órgão legislativo; assessorar e executar trabalhos de ordem técnica no campo contábil, financeiro, orçamentário e tributário.
  • Remuneração: R$ 4.257,30 podendo chegar a R$ 13.986,10.

Engenheiro Civil – 2 + C.R.

  • Requisito: ensino superior completo em engenharia civil; e diploma de curso superior de engenharia civil expedido por estabelecimento oficial ou reconhecido, inscrição no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Sul (CREA – RS) e prova de estar regularmente habilitado para o exercício da profissão de engenheiro civil.
  • Atribuições: executar e supervisionar trabalhos técnicos de projeto, construção e conservação em geral de obras, iluminação e manutenção predial.
  • Remuneração: R$ 4.257,30 podendo chegar a R$ 12.306,90.

Jornalista Radialista – C.R.

  • Requisito: diploma de curso superior de Comunicação Social, com habilitação específica em Jornalismo, ou de Jornalismo, ou habilitação profissional correspondente, de Jornalista, nos termos do Decreto-lei Federal no 972, de 17.10.1969 – com as alterações das Leis federais nos 5.696, de 24.8.1971 e 6.612, de 7.12.1978 – e Decreto Federal no 83.284, de 13.3.1979; inscrição no órgão de classe; prova de estar regularmente habilitado para o exercício da profissão.
  • Atribuições: executar, segundo diretrizes e orientação superior, serviços jornalísticos de interesse para a Câmara Municipal, divulgando os fatos políticos, a atividade parlamentar e o trabalho institucional da mesma; exercer assessoria em assuntos jornalísticos e de comunicação social em geral.
  • Remuneração: R$ 4.257,30 podendo chegar a R$ 13.554,70.

Jornalista Repórter – 1 + C.R.

  • Requisito: diploma de curso superior de Comunicação Social, com habilitação específica em Jornalismo, ou de  jornalismo, ou habilitação profissional correspondente, de Jornalista, nos termos do Decreto-lei Federal no 972, de 17.10.1969 – com as alterações das Leis federais nos 5.696, de 24.8.1971 e 6.612, de 7.12.1978 – e Decreto Federal no 83.284, de 13.3.1979; inscrição no órgão de classe; prova de estar regularmente habilitado para o exercício da profissão. (Alínea alterada pela Resolução nº 1.286, de 1995).
  • Atribuições: executar, segundo diretrizes e orientação superior, serviços jornalísticos de interesse para a Câmara Municipal, divulgando os fatos políticos, a atividade parlamentar e o trabalho institucional da mesma; exercer assessoria em assuntos jornalísticos e de comunicação social em geral.
  • Remuneração: R$ 4.257,30 podendo chegar a R$ 13.554,70.

Jornalista Repórter Fotográfico – C.R.

  • Requisito: diploma de curso superior de Comunicação Social, com habilitação específica em Jornalismo, ou de Jornalismo, ou habilitação profissional correspondente, de Jornalista, nos termos do Decreto-lei Federal no  72, de 17.10.1969 – com as alterações das Leis federais nos 5.696, de 24.8.1971 e 6.612, de 7.12.1978 – e Decreto  Federal no 83.284, de 13.3.1979; inscrição no órgão de classe; prova de estar regularmente habilitado para o exercício da profissão. (Alínea alterada pela Resolução nº 1.286, de 1995).
  • Atribuições: executar, segundo diretrizes e orientação superior, serviços jornalísticos de interesse para a Câmara Municipal, divulgando os fatos políticos, a atividade parlamentar e o trabalho institucional da mesma; exercer assessoria em assuntos jornalísticos e de comunicação social em geral.
  • Remuneração: R$ 4.257,30 podendo chegar a R$ 13.554,70.

Médico – C.R.

  • Requisito: diploma de curso superior de Medicina, expedido por estabelecimento oficial ou reconhecido;  inscrição no órgão de classe; prova de estar regularmente habilitado para o exercício da profissão.
  • Atribuições: prestar assistência médica aos Vereadores e funcionários da Câmara Municipal de Porto Alegre.
  • Remuneração: R$ 4.779,30 podendo chegar a R$ 14.306,76

Taquígrafo I – C.R.

  • Requisito: curso superior completo.
  • Atribuições: executar trabalhos taquigráficos nas sessões plenárias, nas reuniões de comissões e em outros eventos de interesse da Câmara Municipal, traduzindo-os e digitando-os em linguagem correta.
  • Remuneração: R$ 3.792,30 podendo chegar a R$ 11.376,90.

Assessor Legislativo I – 5 + C.R.

  • Requisito: ensino superior completo.
  • Atribuições: exercer atividade de nível superior de grande complexidade, envolvendo o assessoramento em assuntos específicos do Legislativo, bem como pesquisas, estudos e elaboração de normas, pareceres e informações.
  • Remuneração: R$ 3.792,30 podendo chegar a R$ 11.376,90.

Assistente Legislativo 33 + C.R.

  • Requisito: ensino médio completo.
  • Atribuições: executar trabalhos de digitação, de redação, de secretaria de comissões legislativas, elaboração de atas das sessões plenárias e outros trabalhos específicos do Legislativo.
  • Remuneração: R$ 2.680,50 podendo chegar a R$ 8.229,14.

Eletrotécnico – 2 + C.R.

  • Requisito: ensino médio completo; e habilitação funcional em eletrotécnica, com registro no órgão de classe.
  • Atribuições: exercer atividades relacionadas com serviços de execução, elaboração, conhecimento, acompanhamento, instalação e manutenção de equipamentos elétricos em geral.
  • Remuneração: R$ 3.009,20 podendo chegar a R$ 5.416,56.

Técnico em Informática – 2 + C.R.

  • Requisito: ensino médio completo; habilitação em curso de técnico em Informática.
  • Atribuições: realizar atividades de nível médio, envolvendo apoio ao usuário e manutenção de equipamentos, sob supervisão técnica.
  • Remuneração: R$ 3.009,20 podendo chegar a R$ 4.513,80.

A remuneração é composta do vencimento básico, podendo o servidor, de acordo com a necessidade da Administração, ser convocado para Regimes Especiais de Trabalho previstos na Lei Complementar 133/1985 e das gratificações previstas na Lei Complementar 5.811/1986.

Confira os benefícios:

  • Auxílio-Alimentação de R$ 692,60 podendo chegar a R$ 865,75; e
  • Vale Transporte nos termos da legislação.

A carga horária de trabalho será de trinta horas semanais para todos os cargos.

Concurso Câmara Porto Alegre: etapas

As provas e etapas serão realizadas do modo especificado a seguir. Confira!

Para o cargo de Procurador:

PROVAS ÁREA CONTEÚDO Nº DE QUESTÕES VALOR POR QUESTÃO TOTAL DE PONTOS DURAÇÃO E TURNO
1ª FASE: Teórico-Objetiva (E)/(C) Bloco I Direito Constitucional 20 1 100 5h Tarde
Direito Municipal 8 1
Bloco II Direito Administrativo 20 1
Legislação Institucional 7 1
Bloco III Direito Processual Civil 15 1
Direito Civil 10 1
Bloco IV Direito Tributário 8 1
Direito Financeiro 5 1
Direito do Trabalho e Processual do Trabalho 7 1
2ª FASE: Discursiva e Prática (E)/(C) Discursiva Questões Discursivas 5 20 100 4h A definir
Prático – Processual Parecer Peça Judicial 100 4h A definir
3ª FASE: Títulos (C) Prova de Títulos Títulos

Para o cargo de Analista de Tecnologia da Informação

PROVAS ÁREA CONTEÚDO Nº DE QUESTÕES VALOR POR QUESTÃO TOTAL DE PONTOS DURAÇÃO E TURNO
1ª FASE: Teórico – Objetiva (E)/(C) Conhecimentos Gerais Língua Portuguesa 12 1 100 5h Tarde
Ética e Legislação Municipal 8 1
Raciocínio Lógico e Matemático 10 1
Conhecimentos Específicos Conhecimentos Específicos 70 1
2ª FASE: Discursiva (E)/(C) Discursiva Questões Discursivas 5 20 100 4h A definir

Para os cargos de Contador I, Engenheiro Civil e Médico:

PROVAS ÁREA CONTEÚDO Nº DE QUESTÕES VALOR POR QUESTÃO TOTAL DE PONTOS DURAÇÃO E TURNO
1ª FASE: Teórico – Objetiva (E)/(C) Conhecimentos Gerais Língua Portuguesa 12 1 100 5h Tarde
Ética e Legislação Municipal 8 1
Informática 5 1
Raciocínio Lógico e Matemático 5 1
Conhecimentos Específicos Conhecimentos Específicos 70 1
2ª FASE: Discursiva (E)/(C) Discursiva Questões Discursivas 5 20 100 4h A definir

Para os cargos de Jornalista Repórter, Jornalista Repórter Fotográfico e Jornalista Radialista:

PROVAS ÁREA CONTEÚDO Nº DE QUESTÕES VALOR POR QUESTÃO TOTAL DE PONTOS DURAÇÃO E TURNO
1ª FASE: Teórico- Objetiva (E)/(C) Conhecimentos Gerais Língua Portuguesa 12 1 100 5h Tarde
Ética e Legislação Municipal 8 1
Informática 5 1
Raciocínio Lógico e Matemático 5 1
Conhecimentos Específicos Conhecimentos Específicos 35 2
Redação (E)/(C) Redação Redação 100
2ª FASE: Prática (E)/(C) Prática Prática 100 4h A definir

Para o cargo de Taquígrafo I:

PROVAS ÁREA CONTEÚDO Nº DE QUESTÕES VALOR POR QUESTÃO TOTAL DE PONTOS DURAÇÃO E TURNO
1ª FASE: Teórico- Objetiva (E)/(C) Conhecimentos Gerais Ética e Legislação Municipal 20 1 100 5h Tarde
Informática 10 1
Conhecimentos Específicos Língua Portuguesa 35 2
Redação (E)/(C) Redação Redação 100
2ª FASE: Prática (E)/(C) Prática Prática 100 4h A definir

Para o cargo de Assistente Legislativo I:

PROVAS ÁREA CONTEÚDO Nº DE QUESTÕES VALOR POR QUESTÃO TOTAL DE PONTOS DURAÇÃO E TURNO
FASE ÚNICA: Teórico- Objetiva (E)/(C) Conhecimentos Gerais Língua Portuguesa 12 1 100 5h Manhã
Ética e Legislação Municipal 8 1
Informática 5 1
Raciocínio Lógico e Matemático 5 1
Conhecimentos Específicos Conhecimentos Específicos 35 2
Redação (E)/(C) Redação Redação 100

Para o cargo de Eletrotécnico:

PROVAS ÁREA CONTEÚDO Nº DE QUESTÕES VALOR POR QUESTÃO TOTAL DE PONTOS DURAÇÃO E TURNO
FASE ÚNICA: Teórico- Objetiva (E)/(C) Conhecimentos Gerais Língua Portuguesa 12 1 100 5h Manhã
Ética e Legislação Municipal 8 1
Informática 5 1
Raciocínio Lógico e Matemático 5 1
Conhecimentos Específicos Conhecimentos Específicos 35 2

Para o cargo de Técnico em Informática:

PROVAS ÁREA CONTEÚDO Nº DE QUESTÕES VALOR POR QUESTÃO TOTAL DE PONTOS DURAÇÃO E TURNO
FASE ÚNICA: Teórico- Objetiva (E)/(C) Conhecimentos Gerais Língua Portuguesa 12 1 100 5h Manhã
Ética e Legislação Municipal 8 1
Raciocínio Lógico e Matemático 10 1
Conhecimentos Específicos Conhecimentos Específicos 35 2

Para o cargo de Assessor Legislativo I:

PROVAS ÁREA CONTEÚDO Nº DE QUESTÕES VALOR POR QUESTÃO TOTAL DE PONTOS DURAÇÃO E TURNO
FASE ÚNICA: Teórico- Objetiva (E)/(C) Conhecimentos Gerais Língua Portuguesa 12 1 100 5h Tarde
Ética e Legislação Municipal 8 1
Informática 5 1
Raciocínio Lógico e Matemático 5 1
Conhecimentos Específicos Conhecimentos Específicos 35 2
Redação (E)/(C) Redação Redação 100

(E) Eliminatório / (C) Classificatório

Confira o detalhamento de cada etapa da seleção nos editais de abertura para os cargos de: Procurador, nível superior e nível médio.

Tudo sobre a instituição Câmara de Porto Alegre e progressão salarial

A Câmara Municipal de Porto Alegre, localizada no estado do Rio Grande do Sul, é o órgão responsável pela elaboração das leis que regulam o município, a conduta dos cidadãos e das organizações públicas e privadas.

Exerce controle sobre a administração local, principalmente sobre os atos e contas do Poder Executivo.

A Lei Municipal Nº 5.811, de 8 de dezembro de 1986 estabelece o Sistema de Classificação de Cargos e Funções da Câmara de Porto Alegre e dá outras providências.

Edital Câmara de Porto Alegre de 2013

O último edital da Câmara de Porto Alegre foi publicado em 2013.

O concurso público foi organizado pela Fundatec.

Confira abaixo os cargos que foram ofertados:

  • Procurador – 2 vagas;
  • Bibliotecário-Pesquisador – 1 vaga.

Assine o TEC Concursos

A plataforma do TEC Concursos possui mais de 1,7 milhão de questões cadastradas, além de aulas teóricas com conteúdos atualizados que já auxiliaram concurseiros e concurseiras em aprovações.

Direto ao ponto e sem rodeios! Com a plataforma do TEC você pode direcionar os estudos para uma banca, um cargo, seleção de uma Instituição e muito mais.

E você pode começar estudando de graça. Veja os benefícios da conta gratuita:

  • Resolva 15 questões por dia, com exceção de questões inéditas e adaptadas;
  • Leia três capítulos de teoria por dia;
  • Participe da comunidade;
  • Baixe editais, provas e gabaritos; e
  • Crie caderno de questões.

Estude de forma direcionada! A plataforma possui mais de 3,3 mil questões específicas para as provas da Legalle Concursos.

Concursos previstos para 2022

A Lei Orçamentária de 2022 prevê 43.192 vagas, sendo 38.929 para a realização ou continuidade de concursos públicos e outras 4.263 para criação.

Além disso, outros concursos públicos, já estão com trâmites em andamento. A equipe do Tec Concursos preparou um conteúdo completo sobre a previsão de editais.

Resumo do concurso Câmara de Porto Alegre

  • Câmara de porto Alegre RS (CM POA)
  • Situação atual do concurso: inscrições encerradas
  • Ano de publicação do último edital: 2022
  • Vagas ofertadas: 45 + C.R.
  • Cargos e escolaridade: Vários (níveis médio e superior)
  • Remuneração: de R$ 2.680,50 a R$ 21.506,85 (de acordo com o cargo)
  • Banca organizadora: Legalle Concursos
  • Período de inscrição: de 04/02/2022 a 03/03/2022
  • Taxa de inscrição: R$ 88,85 | R$ 98,72 | R$ 172,77 | R$ 259,15 (de acordo com o cargo) e deve ser paga até o dia 04/03/2022
  • Data prevista para a prova: 10/04/2022
  • Veja aqui o último edital da Câmara de Porto Alegre para os cargos de: Procurador, nível superior e nível médio.

 

ASSINE AQUI O TEC CONCURSOS

Bruna

Formação em marketing e considerável experiência em estratégia e produção de conteúdo direcionado aos segmentos de educação e desenvolvimento de carreira. Exerceu atividades de natureza técnico-administrativa como servidora pública no Governo do Estado de São Paulo e na Prefeitura de São Paulo entre os anos de 2008 e 2011. Dedica-se, atualmente, ao marketing.