A fórmula da aprovação

Por: Vítor Menezes

Olá pessoal! Depois de um tempo afastado da seção de artigos do site, retomando hoje com uma série sobre preparação para concursos públicos.
 
O primeiro vídeo da série trata do tema "A fórmula da aprovação".
 
Muitas pessoas, após sucessivas reprovações em concurso público, passam a buscar por uma fórmula de aprovação no sentido literal do termo. Aqui pode ser qualquer coisa: mapas mentais, flash cards, fichas, métodos de revisão etc.
 
Quando pegamos qualquer uma destas ferramentas e passamos a tratar como tábua de salvação, como peça chave que resolverá todos os nossos problemas, no fundo estamos buscando por uma fórmula de aprovação no sentido literal do termo. O resultado disso é uma inversão na ordem das coisas: supervalorizamos o que é acessório e deixamos de lado o essencial. Compreender que fórmula mágica não existe, e que nada pode garantir sua aprovação, isso é o primeiro passo para você entrar nos trilhos. Não vai garantir sua aprovação (nada vai!), mas ao menos te coloca na disputa real por uma vaga.
 
 
 

Vítor Menezes

Sócio-fundador do Tec Concursos. Professor de matemática, matemática financeira, estatística e lógica. Engenheiro eletrônico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica. Dá aulas em cursos preparatórios para concursos públicos desde 2005. Classificado e aprovado nos concursos de Analista do MPU/2004, Agente e Escrivão da PF/2004, Auditor Fiscal do ICMS/MG/2004, Auditor Fiscal do ICMS/SP 2013 (Agente Fiscal de Rendas), Auditor Federal de Controle Externo do TCU 2006. Exerceu os cargos de Auditor Federal de Controle Externo do Tribunal de Contas da União (período de 2006 a 2019) e Auditor Fiscal da Sefaz/MG (2005 a 2006).