3 Mitos e Verdades Sobre Concurso Público

Por: Redação Tec Concursos

conheça os mitos e verdade sobre concurso público

Existem muitos mitos e verdades sobre concurso público que podem confundir os candidatos. Para quem é inexperiente e nunca participou de um certame, muitas informações falsas podem se passar por verdadeiras, dificultando até a motivação para os estudos.

Por exemplo: há quem acredite que só passa em um concurso as pessoas que estudam mais de 12 horas por dia. Mas será que isso realmente se aplica? Confira as principais dúvidas sobre esse assunto!

Por que é importante conhecer os principais mitos e verdades sobre concurso público?

Além de estudar para conseguir um cargo público, é importante que você entenda como acontece a seleção. Assim, será possível se preparar melhor.

Desse modo, conhecer os mitos e verdades sobre concurso público evita que você caia em ciladas, como deixar de concorrer porque simplesmente te disseram que você não pode, ou mesmo estudar de maneira errada.

Veja quais são as informações que mais geram dúvidas:

1. Basta estudar bastante para passar — MITO

Embora seja importante estudar bastante para passar, não é isso que irá garantir a sua vaga. A aprovação é fruto de planejamento, estudo — o que inclui leituras e revisões — e prática, ou seja, exercícios e simulados.

O tempo perfeito varia de pessoa para pessoa. O ideal é que nas horas dedicadas ao estudo você tenha bastante foco e atenção. Precisa parar para descansar? Não tem problema.

As pausas também devem fazer parte do seu planejamento, afinal, o cérebro precisa de um descanso para absorver os conteúdos.

2. Não existe um prazo certo para passar — VERDADE

Pode ser que a sua amiga tenha estudado durante seis meses e passado, enquanto o seu vizinho levou dois anos. O tempo entre o começo do estudo e a aprovação não é certo, pois vários fatores influenciam no momento que a pessoa faz a prova.

Então, não se apavore com relação a isso. Mantenha os seus estudos, foco e determinação. Uma hora a tão sonhada aprovação irá chegar!

3. Tatuados não são nomeados — MITO

Muitas pessoas deixaram de fazer uma prova por confundir os mitos e verdades sobre concurso público, como a questão da tatuagem. O Supremo Tribunal Federal já se posicionou quanto a isso, deixando claro que proibir alguém de assumir um cargo público por ter tatuagem é inconstitucional.

Os órgãos só podem impedir a nomeação se o desenho na pele incitar a violência ou for contra os valores inconstitucionais. Caso contrário, o candidato pode concorrer e, se houver a aprovação, entrar para a carreira pública.

Gostou de saber mais sobre o universo dos concursos públicos? Então continue se informando no blog do TEC Concursos!