Remando 'contra a maré' - aprovada no ICMS SP 2013 - TI

Faz um bom tempo que não postamos histórias de alunos nossos aprovados em concursos (OK, falha nossa rs!). Que fique claro que não é por falta de aprovados, pois isso tem de monte. Para compensar a nossa falta vamos apresentar a vocês uma história de aprovação pouco ortodoxa. Mas aí vocês me perguntam: por que a aprovação desta concurseira é "incomum"? Bom, vou contar o caso e vocês vão entender. Primeiramente os dados da personagem da façanha:
 
Nome: Fabiana Teixeira                                             
 
Formação: Contabilidade
 
Concurso no qual foi aprovada: Agente Fiscal de Rendas do Estado de SP (ICMS SP) 2013 - área: Tecnologia da Informação
 
Acho que só com as informações acima já deu para perceber algo estranho, né? Formação em Contabilidade e aprovada em um concurso de primeira linha na área de Tecnologia da Informação?!! Pois é!!! É exatamente isso que me chamou a atenção. 
 
Conheci a Fabiana por acaso em um churrasco de um amigo de faculdade que é AFRFB aqui em São Paulo (aliás, parece que AFRFB atrai AFRFB, pois o que mais tinha nesse churrasco era gente da Receita rs!). Entre conversas e risadas, cervejas e muita carne ela me contou sua história (a qual me deixou bastante orgulhoso. Na hora pedi para fazer um artigo o que ela gentilmente topou). Digamos que ela é uma "estranha no ninho", pois é a primeira história de sucesso que conheço, em concursos de TI, em que a pessoa não é formada em cursos da área. Geralmente o que ocorre é o contrário: muitas pessoas formadas em TI "fogem" deste mundo e prestam concursos das áreas mais genéricas (olha que eu sei o que estou falando, pois eu sou um desses casos rs! Inclusive meu amigo AFRFB "churrasqueiro"citado acima também). Com esse relato, surgem alguns questionamentos que sintetizo abaixo:
  • O que fez a Fabiana encarar este desafio e "nadar contra a maré"?
  • Por que trocar concursos em que sua formação se encaixava como uma luva (visto ser contadora) e encarar toda a complexidade de mundo da Tecnologia da Informação (que assusta muita gente e não é a toa)?
Bom, acho que a resposta só ela pode nos contar. Então abaixo palavras da 77ª colocada do último ICMS-SP área TI:
Olá a todos! Primeiramente, gostaria de agradecer o convite do TEC Concursos para contar um pouquinho da minha trajetória!
 
Assim como a maioria das pessoas que perseguiam o objetivo de passar no concurso do ICMS-SP, meu intuito inicial era a área de Gestão Tributária (até por conta da minha formação em Ciências Contábeis) e assim comecei meus estudos em 2012. 
 
Dividia meu tempo entre cursos presenciais, telepresenciais e muuuuitas HBCs! Fiz cursos específicos de Legislação Tributária, IPVA, ITCMD e Simples. No entanto, com a divulgação do edital (e com o tradicional pânico que me abateu assim que terminei de lê-lo), me deparei com a seguinte decisão: continuar meus estudos para Gestão Tributária ou me aventurar no desconhecido mundo da Tecnologia da Informação? 
 
Essa dúvida já me perseguia há um tempinho, desde uma conversa informal em um fórum com um colega que já era AFR-TI na SEFAZ/SP. Na ocasião, ele nos informou sobre alguns requisitos que norteavam a área de TI e sobre a não necessidade de formação específica na área para a condução dos trabalhos realizados por eles. Neste momento, pensei em alguns benefícios prováveis que a mudança de estratégia poderia me trazer:
 
  • Nota de corte de TI no último concurso foi inferior à nota de GT;
  • Possibilidade de melhor aproveitamento na prova específica (P3), uma vez que tenho uma grande experiência relacionada às disciplinas de Contabilidade;
  • Certeza de ficar lotada em São Paulo – Capital (o que para a maioria dos candidatos não era a opção ideal);
  • Apesar de ter trabalhado a vida inteira em Finanças, sempre tive muito contato com a área de Informática. 
  • E, por fim, como estava estudando somente há um ano, achei que se eu me esforçasse bastante para aprender as disciplinas de TI seria mais fácil de atingir meu objetivo do que continuar meus estudos para GT. Um concurso como o ICMS-SP tem muitos concorrentes de peso que estão se preparando há bastante tempo e, sinceramente, não estava confiante de que conseguiria me sair bem o suficiente nas disciplinas específicas. 
 
Tendo essas informações em mente, tive uma longa conversa com o meu marido (que tem bastante experiência no mundo dos concursos) que no começo ficou apreensivo com a minha indecisão. Foi neste momento que resolvi lançar mão de uma ferramenta que já utilizava bastante desde que comecei a estudar para concursos: o TEC Concursos! Decidi que iria fazer a prova de TI do ICMS-SP de 2009 no TEC e se eu fosse razoavelmente bem, iria prestar para a área de TI. Resultado: 43% de acertos sem nenhum contato prévio com as matérias (exceto um tópico ou outro de Gestão de TI que havia estudado na faculdade e na pós-graduação). Diante deste resultado, resolvi mudar o foco dos meus estudos e me preparar para a prova de TI! Deu certo!!! :-D
 
O TEC Concursos foi crucial nesta decisão e na minha aprovação também! Intercalava minhas horas de estudos de teoria com muitos exercícios. Para mim era até uma forma de descansar. Sempre que eu via que o estudo não estava mais rendendo muito, partia para a resolução de questões. Para otimizar meu tempo de preparação, utilizei muito o TEC também para revisar as matérias que eu já estava com um melhor rendimento e, principalmente, para estudar matérias que eu não tinha muito contato, mas que não tinham um peso relevante na prova (estudava pelos comentários das questões).
 
Em resumo, apesar da minha falta de conhecimentos prévios em TI, sou mais uma prova de que se dedicando bastante seja por meio de livros, materiais em PDF e resoluções de muitas questões, é possível conseguir aquela tão sonhada vaga!
 
Bons estudos a todos e que vocês possam sentir em breve a emoção de passar no concurso dos seus sonhos!
 
Um abraço,
Fabiana Teixeira
Uma história para quebrar paradigmas, não é mesmo pessoal? 
 
Fabiana, a equipe Tec lhe parabeniza pela sonhada conquista!!!
 
Thiago Signoretti
Em nome da Coordenação do Tec Concursos
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.