'Novo' Caderno de Questões

Oi Pessoal!
 
Thiago “falando”...
 
Quem não quiser ler meu "desabafo", pode ir direto para a parte do artigo que mostra como ficou o "novo" caderno e a disposição dos recursos clicando aqui.
 
Vamos lá...
 
Este artigo é de extrema importância para os alunos do Tec (não é questão de sensacionalismo, que fique claro). Importante, pois novamente vamos mexer num “vespeiro” que, via de regra, gera muitas reclamações (por isso chamei de “vespeiro” – não liguem para minha gíria de caipira do interior, rs!): experiência e usabilidade do usuário em um recurso essencial do sistema (caderno de questões). Na verdade, vamos desfazer a “mexida no vespeiro” anteriormente feita.
 
 
Para quem não está entendendo nada (rs!) recomendo a leitura deste artigo (que foi nossa primeira “mexida no vespeiro” – a reforma do caderno de questões).
 
Continuando...
 
Nós sempre tentamos oferecer a melhor experiência para o aluno juntamente com a maior gama de recursos possíveis para melhorar seu estudo. Creio que isso não precisa nem ser dito de tão óbvio que é, mas optei por ser explícito aqui para deixar o mais claro possível o nosso desejo de ofertar um produto cada vez melhor. E nessa gana e ambição de ofertar mais e melhorar o desempenho dos alunos nós nos perdemos um pouco. 
 
- O que isso quer dizer, Thiago?
Isto quer dizer que, apesar de estarmos imbuídos das nossas melhores intenções quando reformulamos o caderno, e, à época fazer muito sentido para a gente, nós ERRAMOS. Em outras palavras: nós PIORAMOS a experiência do usuário no caderno de questões, local sagrado de estudo no Tec. 
 
- Como vocês chegaram a essa conclusão, Thiago?
Ora, é Simples: vocês nos falaram, rs! O famoso e belo Feedback de vocês, nossos valiosos clientes. Nunca um recurso foi tão criticado, surrado, xingado e destruído (que drama, mas é verdade, rs!) em nosso SAC como esta reforma no caderno de questões foi. A cada crítica recebida e a cada usuário insatisfeito a “pulga atrás de nossa orelha” ficava maior. E, deixando o “orgulho” de lado, nós nos colocamos no lugar do usuário (fizemos isso antes, quando decidimos reformar o caderno), mas desta vez municiados de outras visões, de muitos dados que anteriormente não tínhamos e não teve jeito: a conclusão foi VOCÊS TINHAM RAZÃO!
 
 
É incrível que a primeira versão do caderno, desenhada lá trás (meados de 2010), seja a mais bem recebida e a mais perfeita já concebida pelo Tec. O sentimento aqui é paradoxal: ao mesmo tempo que isso nos enche de orgulho (quem já empreendeu ou empreende sabe o quanto é difícil acertar de primeira em uma coisa inovadora), nos “envergonha”, tendo em vista que não tivemos essa percepção (e por esse equívoco irritamos nossos alunos, gastamos dinheiro sem necessidade e mais uma série de coisas ruins para qualquer empresa). Na verdade, empreender é essencialmente isso: planejar e pôr em prática. Você imagina mil coisas, toda uma percepção positiva do novo recurso, que vai agradar, que vai revolucionar, etc., mas quando o coloca à prova (entenda clientes usando) é que você vai saber se acertou ou errou (e, no fim das contas, é isso que interessa). No nosso caso, fizemos um baita estudo e planejamento, mas a realidade nos mostrou que erramos, e, reconhecendo o erro, estamos recuando.
 
- O que significa esse recuo, Thiago?
Retomando o início deste artigo, significa que vamos voltar à forma original do caderno. Na verdade, a forma original repaginada, de acordo com o novo padrão de layout e totalmente RESPONSIVA (muitas pessoas usavam a versão antiga do caderno, mas ela não era responsiva – responsiva significa funcionar perfeitamente em diversos dispositivos distintos: computador, tablet e celular).
 
Aqui temos a versão original do Caderno de Questões (momento nostalgia):
 
 
E aqui a versão repaginada (caderno de questões "vintage 2.0", rs!):
 
 
Todos os recursos estão praticamente no mesmo lugar e incorporamos as demais funcionalidades que havia somente no caderno reformado (“primeira mexida no vespeiro”). Percebam que agora não há mais uma seção à parte de gestão do caderno. Tudo está a um clique do usuário.
 
Por fim, trago, abaixo, um resumo de todos os recursos e suas funções:
 
 
  • A: Ocultar/Mostrar Assunto.
  • B: Pausar/Ligar Cronômetro.
  • C: Aumentar/Diminuir espaçamento entre linhas.
  • D: Aumentar/Diminuir tamanho da fonte.
  • E: Atualizar caderno - permite:
    • atualizar questões - importa novas questões para seu caderno de acordo com os filtros selecionados.
    • atualizar resoluções - importa resoluções das questões feitas em outros cadernos ou cursos.
  • F: Imprimir caderno.
  • G: Compartilhar caderno.
  • H: Índice do caderno - permite:
    • Navegar pelo índice do caderno.
    • Organizar o índice por matéria ou por prova (concurso).
    • Exibir distribuição das questões por quantidade (absoluta e percentual).
    • Editar caderno, podendo ser removidos tópicos que não seja de interesse do aluno.
  • I: Informação da questão - permite:
    • Visualizar todos os dados da questão.
    • Visualizar o desempenho dos demais alunos naquela questão.
    • Remover a questão individualmente de seu caderno.
  • J: Comentário do Professor
  • L: Fórum da questão - Ver/Fazer postagem.
  • M: Favoritar questão e Inserir anotação.
  • N: Resumo do Caderno - permite:
    • Ver informações gerais do Caderno.
    • Ver desempenho Geral e por matéria no Caderno.
    • Zerar cronômetro
    • Criar cadernos (cópia, somente com questões resolvidas, somente com questões erradas, somente com questões corretas e somente com questões não respondidas no caderno).
    • Ver filtros utilizados e copiá-los para o gerador.
  • O: Botões de navegação.
  • P: marcar e tachar alternativas.
  • Q: resolver questão e mostrar gabarito.
  • R: recurso visível apenas caso o aluno marque alternativa mas não resolva a questão. Permite visualizar gabaritos e desempenho posteriormente.
  • S: informar erro na questão.
 
É isso, povo! Espero que gostem. Em breve teremos mais novidades.

Thiago Signoretti
TecConcursos
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.