Notícia de Concurso - TRE Paraná

NOTÍCIA DE CONCURSO
O TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DO ESTADO DO PARANÁ (TRE/PR)
 
EDITAL IMINENTE!
 
Para os candidatos que almejam uma vaga no Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Paraná (TRE/PR) devem intensificar os estudos uma vez que a publicação do edital é iminente com a escolha da Fundação Carlos Chagas (FCC) como a banca organizadora do concurso.
 
Aqui no TEC Concursos temos um material excelente para a sua preparação. São módulos das disciplinas exigidas no edital, com teoria e questões comentadas separadas conforme o edital, todas elas resolvidas pelos nossos professores.
Acesse o Curso para o TCE/GO conforme a especialidade:
 
DO CONCURSO
 
O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-PR), em seu novo concurso, abrirá vagas para os cargos de Técnico Judiciário e Analista Judiciário.
 
O Edital pode ser publicado a qualquer momento, uma vez que a banca organizadora do concurso já foi definida, sendo a FCC a banca organizadora do concurso.
 
DO CARGO
 
O cargo de ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: ADMINISTRATIVA requer Diploma de curso superior, em nível de graduação, em qualquer curso, exceto a Licenciatura Curta, devidamente registrado no Ministério da Educação.
 
Dentro das descrições das atividades estão: Executar atividades de pesquisa de legislação, jurisprudência e doutrina; elaborar pareceres técnicos, atos administrativos, informações, relatórios, e outros documentos decorrentes da instrução processual, de acordo com a área de atuação; acompanhar e analisar sistematicamente a legislação relacionada com a sua área de atuação; executar atividades relacionadas com o planejamento operacional, a execução e o monitoramento de projetos, programas e planos de ação; acompanhar as matérias sob sua responsabilidade, propor alternativas e promover ações para o alcance dos objetivos da organização; executar as suas atividades de forma integrada com as das demais unidades da Secretaria do Tribunal, contribuindo para o desenvolvimento das equipes de trabalho; promover o atendimento aos clientes internos e externos; operar os equipamentos disponíveis e os sistemas e recursos informatizados, na execução de suas atividades; executar qualquer outra atividade que, por sua natureza, esteja inserida no âmbito de suas atribuições.
 
Se prepare para este cargo – Acesse:
 
O cargo de ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: JUDICIÁRIA requer Diploma de curso superior, em nível de graduação em Direito, devidamente registrado no Ministério da Educação.
 
Dentro das descrições das atividades estão: Executar atividades de análise processual; pesquisar e analisar legislação, jurisprudência e doutrina; elaborar pareceres jurídicos, atos administrativos, informações, relatórios, e outros documentos de informação técnico-jurídica; acompanhar e analisar sistematicamente a legislação relacionada com a sua área de atuação; executar atividades relacionadas com o planejamento operacional, a execução e o monitoramento de projetos, programas e planos de ação; acompanhar as matérias sob sua responsabilidade, propor alternativas e promover ações para o alcance dos objetivos da organização; executar as suas atividades de forma integrada com as das demais unidades da Secretaria do Tribunal, contribuindo para o desenvolvimento das equipes de trabalho; promover o atendimento aos clientes internos e externos; operar os equipamentos disponíveis e os sistemas e recursos informatizados, na execução de suas atividades; executar qualquer outra atividade que, por sua natureza, esteja inserida no âmbito de suas atribuições. Executar atividades privativas de bacharel em Direito relacionadas com processamento de feitos, apoio a julgamentos e execução de mandados.
 
Se prepare para este cargo – Acesse:
 
Por fim, o cargo de TÉCNICO JUDICIÁRIO – ÁREA: ADMINISTRATIVA requer Certificado de conclusão do ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação.
 
Dentro das descrições das atividades estão: Executar as atividades de pesquisa, organização e armazenamento de legislação, jurisprudência e doutrina; instruir procedimentos administrativos e elaborar relatórios, informações, atos e documentos internos e externos e outros instrumentos de suporte gerencial, de acordo com a área de atuação; proceder à requisição, à substituição e ao controle de bens materiais e patrimoniais; executar atividades relacionadas com o planejamento operacional e à execução de projetos, programas e planos de ação; acompanhar as matérias sob sua responsabilidade, propor alternativas e promover ações para o alcance dos objetivos da organização; promover o atendimento aos clientes internos e externos; acompanhar a publicação da legislação relacionada com sua área de atuação e organizá-la sistematicamente; executar as suas atividades de forma integrada com as das demais unidades da Secretaria do Tribunal, contribuindo para o desenvolvimento das equipes de trabalho; operar os equipamentos disponíveis e os sistemas e recursos informatizados, na execução de suas atividades; executar qualquer outra atividade que, por sua natureza, esteja inserida no âmbito de suas atribuições.
 
Se prepare para este cargo – Acesse:
 
DA REMUNERAÇÃO
 
O último concurso para o Tribunal ocorreu em 2011 e as remunerações iniciais eram de R$ 4.052,96 para Técnico Judiciário, com exigência em Nível Médio, e R$ 6.611,39 para Analista Judiciário, com formação em Nível Superior.
 
A remuneração atual é entre R$ 5.699,91 e R$ 8.871,15, já acrescida do auxílio-alimentação, de R$751,96. Os servidores poderão contar ainda com auxílio-creche de R$594,15, caso tenham filhos de até seis anos de idade.
 
Para todos os cargos a jornada máxima de trabalho será de quarenta horas semanais, na forma do artigo 19 da Lei n.º 8.112/90, de 11 de dezembro de 1990.
 
DA PROVA OBJETIVA
 
No último concurso, as avaliações contaram com provas objetiva e discursiva, sendo a discursiva apenas para Nível Superior.
 
Os candidatos responderam questões de Conhecimentos Básicos e os Específicos de cada função.
 
Para os Analistas, a seleção contou com provas objetivas, com 60 questões, sendo 20 de conhecimentos básicos  (com peso 1) e 40 de conhecimentos específicos (com peso 3).
 
O concurso também contou com redação, com peso 2, exceto para a área de odontologia.
 
Para os Técnicos na área administrativa foram 30 de conhecimentos básicos (com peso 1) e 30 de conhecimentos específicos (3) e para técnicos na área de enfermagem, 20 de conhecimentos básicos (1) e 40 de conhecimentos específicos (3).
 
A preparação deve ser iniciada imediatamente, pois cada questão acertada terá peso 1 ou 2 conforme a disciplina do conteúdo programático.
 
VEJA COMO TEC CONCURSOS TE AJUDA!
 
O TEC Concursos já conta com um curso específico para a sua preparação. Veja qual a sua especialização e inicie a sua preparação!
Acesse o Curso para o TCE/PR conforme a especialidade:
 
A qualidade do material é algo indiscutível. Dos 100 primeiros colocados do último concurso de Auditor da Receita Federal, 62 passaram pelo TEC. Não perca tempo! O nível dos candidatos está cada vez mais exigente e é de suma importância para o seu sucesso ter uma ótima preparação por meio de cursos direcionados.
 
Saia na frente e faça parte do TEC CONCURSOS. Você vai encontrar os melhores Professores e os melhores materiais, tudo para a sua aprovação.
 
Seja Bem-Vindo e Bons Estudos!
 
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.