3º Colocado - Auditor Fiscal da Receita Federal

A julgar pelos depoimentos e entrevistas, é uma pessoa bem tranquila, objetiva, e que sabe equilibrar estudos para concurso com lazer. Um fanático pelo Esporte Clube "Baêa". Alguém que, no começo dos estudos, não sabia como ser organizado e manter a disciplina, mas que soube como criar para si uma rotina de estudos. Assim é Rafael Garrido, o 3º colocado da Receita Federal.

O Rafael, que nunca deixou de ter seus momentos de folga para ir aos jogos de seu time, ou de "sair para curtir" nos finais de semana, soube montar um esquema de estudos que fosse compatível com seu perfil. Que deu certo, isso ninguém questiona!

Para quem quiser conferir mais detalhes, o novíssimo Auditor da Receita deu uma entrevista no Estratégia e um depoimento no Fórum Concurseiros. Neste último, listou os materiais que utilizou e indicou o Tec Concursos.

Entramos em contato com ele, para podermos publicar este artigo. Já tínhamos feito algo similar em posts anteriores. Em dois dos nossos últimos artigos, publicamos as histórias de Marcos Marino, aprovado com apenas 21 anos para Auditor da Receita Federal, e de Thomas Araújo, o primeiro colocado da Receita. Ambos mencionaram o TecConcursos em seus depoimentos.

Muito bem, agora ao Thomas e ao Marcos se junta o Rafael. Com ele, pensamos em fazer algo diferente.

O TecConcursos é um site muito diferente de outras fontes de estudo porque te dá muita liberdade. A responsabilidade é toda do aluno - ele é quem decide o que e quanto estudar. E muitos alunos às vezes ficam sem saber por onde começar.

Para servir como uma espécie de guia/referência/sugestão, pedimos então para o Rafael nos contar, brevemente, como era sua rotina de estudos por meio de exercícios. Assim vocês têm a noção de como um concurseiro de ponta, aprovado nas primeiras colocações daquele que talvez seja o concurso mais difícil do país, utiliza o sistema.

O Rafael, muito atencioso, nos atendeu. Com vocês as palavras do mestre:

Pessoal,
Tive o prazer de ser convidado pela equipe do TECCONCURSOS para fazer um pequeno depoimento para o site. Agradeço muito o convite, em especial ao professor Cyonil que me ajudou muito em seus cursos em PDF, aulas presenciais e exercícios comentados (Todos excelentes).

 A ideia é fazer um depoimento um pouco diferente do normal. Sendo assim, vou tentar ajudar os iniciantes no site, passando um pouco de como eu utilizava tal ferramenta, que foi essencial para a minha a provação.

Fiquei sabendo da criação do TECCONCURSOS num curso presencial de Cyonnil em Salvador. Desde aquele momento eu achei a ideia muito interessante e, assim que entrou no ar, fiz questão de conferir o site.

Acho que o grande diferencial do TECCONCURSOS é que os exercícios são comentados por professores especialistas nas respectivas disciplinas, sendo muitos deles famosos em todo o Brasil. Além disso, a forma como o site é organizado é muito interessante, permitindo a criação de cadernos com filtros variados e o acompanhamento de seu desempenho em cada disciplina.

Penso que cada pessoa tem seu estilo de estudo, não existe fórmula do sucesso. Mesmo assim, vou explicar como eu fazia uso do site para que as pessoas avaliem se o meu método funciona de acordo com suas características.

Na montagem dos cadernos,  selecionava uma disciplina por caderno. Assim,  conseguia controlar quantas questões  tinha feito de cada uma e me organizar em relação aos pesos de cada matéria. Eu sempre fazia mais questões das matérias mais importantes.

Nos cadernos de cada disciplina, selecionava somente exercícios comentados da banca específica (No meu caso era ESAF) e excluía as questões anuladas ou desatualizadas. Sempre evitei fazer questões não comentadas para não perder tempo tentando entender as respostas. Em alguns casos excepcionais, que não tinham muitas questões comentadas da banca, usava de outras bancas tradicionais como FCC e CESPE.

Tente ser o mais objetivo possível e evite perder tempo de estudo com besteira.  Por isso, não aconselho que faça questões sem comentários ou desatualizadas. Muitas vezes não é fácil descobrir o erro da questão e, com isso, perde-se um tempo grande tentando desvendar os detalhes de cada exercício.

Depois de ter resolvido um bom número de questões, acompanhava as estatísticas de cada disciplina. É uma ótima forma de avaliar o nível em cada caso.  Na reta final da prova de AFRFB/12, tinha como meta obter 80% em cada matéria. Quase nunca consegui atingir a meta (rsss), mas isso me fazia querer resolver cada vez mais exercícios para aumentar o meu desempenho.

Existe também no site a possibilidade de acompanhar o tempo de resolução dos cadernos. Para muitos, o tempo é um inimigo no momento da prova. Com isso, é importante aumentar a velocidade de resolução durante o treinamento.

Acredito que a melhor forma de estudar, revisar e se tornar um concurseiro competitivo é resolver o maior número possível de questões, mesmo que tenha que fazer a mesma diversas vezes. Claro que precisamos passar um tempo estudando a teoria para adquirir o conhecimento. Entretanto, com o decorrer do tempo, o estudo teórico deve diminuir e o número de questões resolvidas por dia deve aumentar. Na reta final,  basicamente resolvia exercícios e complementava com a leitura de resumos de alguns assuntos.

Espero que todos os concurseiros usem o máximo possível essa ferramenta. Tenho certeza que todos vão perceber uma grande evolução após um tempo de uso do TECCONCURSOS. Torço que o site seja tão útil pra todos como foi para mim.

Desejo boa sorte a todos os usuários e bons estudos. Continuem firme que a hora de cada um de vocês vai chegar.

Abraços,
Rafael Garrido
Deixe seu comentário:
Ocorreu um erro na requisição, tente executar a operação novamente.